Por Luciano Pina/Patricia Oliveira

Foram quase que exatos quatro meses desde o primeiro jogo que aconteceu no dia 18 de janeiro, na cidade de Feira de Santana, no estádio Alberto Oliveira, contra o Flu de Feira, até a última partida que foi realizada no domingo passado, no estádio Lomanto Júnior. E por ironia do destino, justamente contra o mesmo adversário onde renasceu o caso de amor entre o torcedor conquistense e o time do Vitória da Conquista.

Neste período o caso viveu vários sentimentos: amor, raiva, esperança, ansiedade. Porém o que mais se viu foi um amor forte, consistente, que apesar dos pesares nos momentos mais difíceis da equipe ele estava presente, incentivando, empurrando o Bode na busca pelas vitórias.

A partir de agora as tardes de domingo com certeza não serão mais as mesmas, porque estará faltando o estádio Lomanto Júnior e a torcida apaixonada do Bode lotando a arquibancada.