Fonte: Globo Esportes

O Corinthians viveu o maior pesadelo de sua história quase centenária no Olímpico, onde foi rebaixado para a Segundona em dezembro de 2007. E agora viu o mesmo estádio ser o ponto final em um mundo de sonhos pós-título da Copa do Brasil. O Grêmio jogou muito, mais do que jamais jogou em 2009, e atropelou Ronaldo, Mano Menezes e quem mais tivesse o escudo corintiano na camisa, na tarde deste domingo. A vitória por 3 a 0, incontestável, foi a prova definitiva de que a queda nas semifinais da Libertadores não causou qualquer tipo de trauma no clube gaúcho.

Em ascensão, o Grêmio entrou de vez no Campeonato Brasileiro. E o Corinthians voltou à realidade de uma competição que exige competitividade máxima em cada segundo. Com a vitória, o Tricolor subiu momentaneamente para a sétima colocação, com 15 pontos, acima do próprio Timão, o oitavo, com 14.

Os gaúchos voltam a campo na quarta-feira, fora de casa, contra o Coritiba. No domingo, tem Gre-Nal no Olímpico. Os paulistas recebem o Sport na quinta.