Fonte: ECVC

Mesmo fazendo uma boa apresentação na noite chuvosa desta quarta-feira, 3/3, contra o Bahia no Lomanto Júnior, o Vitória da Conquista acabou sendo derrotado pelo placar de 2×1, mantendo-se na segunda colocação do grupo A.

O jogo começou com as duas equipes se estudando e o Bahia um pouco mais ofensivo, tanto que abriu o placar aos 8 minutos através de Lima, que escorou de cabeça cruzamento de Apodi.
O gol do Bahia acordou o Vitória da Conquista, que partiu em busca do empate e teve duas excelentes oportunidades, em chutes de Brawn, que acabaram saindo pela linha de fundo, levando perigo à meta defendida por Fernando. O primeiro tempo terminou em 1×0.

Na etapa final o Bahia começou a “fazer cera”, principalmente através do goleiro Fernando, que inclusive recebeu cartão amarelo, tentando impedir o alviverde de chegar ao gol de empate. À medida que o tempo passava e a pressão do Vitória da Conquista aumentava, mas as chances não levavam perigo ao goleiro do tricolor. Aos 19 minutos, um castigo para o Bode, quando num contra-ataque, Ávine cruzou para Lima escorar de perna direita, sozinho, dentro da área para marcar o segundo gol do Bahia.

O treinador Ubirajara Veiga mandou o time para o ataque definitivamente, colocando Eder Caetité em lugar de Renilson, Carlinhos no lugar de Tiaguinho e trocou o lateral Mica por Alex. O time continuou em busca do gol, mas o campo pesado atrapalhava as jogadas. Até que aos 33 minutos, depois de um bate e rebate na área, o atacante Roni mandou para o fundo das redes. Apesar do sufoco no fim da partida, o placar terminou mesmo em 2×1 para o Bahia.