Agência Estado

Assuncao

O técnico Gilson Kleina iniciará o seu trabalho em 2013 em um cenário muito pior do que o imaginado quando terminou o Campeonato Brasileiro: com apenas duas contratações e sem saber se poderá contar com Marcos Assunção na nova temporada. O volante ainda não renovou seu contrato e, por isso, nem é esperado na reapresentação do elenco, nesta quinta-feira, na Academia de Futebol.

O presidente Arnaldo Tirone quer resolver a situação do veterano volante até este domingo, mas se nega a pagar os cerca de R$ 100 mil de aumento pedidos por ele. Aos 36 anos, Marcos Assunção já não é mais considerado imprescindível para o time palmeirense.

A imprensa equatoriana noticiou que o Palmeiras tentou a contratação do zagueiro Gabriel Achilier, do Emelec, mas o clube de Guayaquil avisou que não foi procurado. Já o irmão e empresário de Hernán Barcos, David, disse a um site italiano que o atacante argentino dificilmente estará no Palmeiras após a Copa Libertadores. “A ideia é que o Barcos não jogue a Série B (do Campeonato Brasileiro)”.

Em 2013, o Palmeiras disputará quatro competições. No primeiro semestre, até a parada em junho para a Copa das Confederações, o time jogará o Campeonato Paulista, a Copa Libertadores e as primeiras rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro. Na volta das “férias”, terá a sequência da Série B e a Copa do Brasil, torneio em que começará jogando a partir da fase de oitavas de final.