r7

spnota

O São Paulo embarcou nesta segunda-feira (28) para o jogo de volta da fase preliminar da Libertadores com a tranquilidade de ter vencido a primeira partida contra o Bolívar por 5 a 0, mas preocupado com os efeitos dos 3,6 mil metros da altitude de La Paz. O goleiro Rogério Ceni ressaltou a necessidade de ter atenção com a situação para não ser surpreendido.

— A bola é mais rápida lá. Além do chute, há o perigo da bola cruzada, que perdemos um pouco do tempo. Quando acha que vai chegar, precisa dar um passinho para trás. Deixar passar para não ser enganado, principalmente porque não teremos tempo para treinar. Vai ser só o aquecimento do jogo.

A comissão técnica definiu que o São Paulo vai ficar em Santa Cruz de la Sierra até o dia do jogo com o Bolívar, quando vai para La Paz. Na opinião do meia Jadson, o time precisa se impor para não ser surpreendido.

— A equipe deles não é boba, está acostumada com a altitude e vão querer nos surpreender, mas nós já os conhecemos e precisamos impor nosso ritmo de jogo para sair com a vitória.

naturagua