WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

março 2013
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

:: 27/mar/2013 . 22:26

Vitoria da Conquista é superado pelo Juazeiro no Lomantão

Por Luciano Pina

198

O Vitória da Conquista encontrou muitas dificuldades e não conseguiu superar a boa equipe do Juazeiro e perdeu pelo placar de 3 a 1, na noite desta quarta (27), no estádio Lomanto Junior, pela terceira rodada da segunda fase do Campeonato Baiano.

Depois de um inicio de partida equilibrado, o Tricolor das Carrancas abriu o placar aos trinta e nove da primeira etapa através do lateral direito Jailson que escorou um cruzamento de Jackson e o primeiro tempo terminou 1 a 0, para o Juazeiro. Porém, após o intervalo do jogo, O Bode voltou determinado e chegou ao empate logo aos trinta segundos com Cacá que recebeu um belo passe de Carlos Alberto e mandou no canto esquerdo sem chances para o goleiro Marcos Vinicius. Aos quarenta e dois o arbitrou marcou pênalti e Márcio cobrou fazendo o segundo gol do Tricolor das Carrancas e aos quarenta e cinco Jean Carlos fechou o placar para Juazeiro.

Com o resultado o Bode perdeu a primeira partida, nesta fase da competição e segue na terceira colocação do grupo 03 com 02 pontos.

O Alviverde atuou com: Alex, Mica (Zé Leandro), Sílvio, Heverton e Raul, Edimar, Junior Gaucho, Alessandro Azevedo, Tiaguinho (Ila), Carlos Alberto (David Bala) e Cacá.

O Vitória da Conquista volta a campo pelo Baianão, no próximo dia 06/04, contra o Feirense, às 17 horas, no estádio Alberto Oliveira. Antes na próxima quarta (03), o Bode enfrenta o Sport, às 22 horas.

opcao-468x60

Em estreia de Autuori, Vasco empata com Olaria e aumenta jejum

Terra

autuoricarlosalbertolucianobelfordfutura

O técnico do Vasco mudou, mas a realidade do time continua a mesma: sem criatividade e de forma apática, o clube cruzmaltino ficou no 0 a 0 com o Olaria, em jogo que marcou a estreia de Paulo Autuori no comando.

Dessa forma, o Vasco completou quatro jogos seguidos sem vencer, sendo que está com apenas um ponto na Taça Rio até agora, praticamente eliminado da disputa. Já o Olaria tem cinco e segue vivo na briga pela classificação.

O novo técnico Paulo Autuori mexeu pouco na escalação do Vasco, apenas com as entradas de Fellipe Bastos e Tenório como grandes novidades na equipe titular. Mas a tática de apostar no entrosamento não deu certo, já que o time fez um primeiro tempo apático. Com mais posse de bola, mas sem criar chances, os vascaínos ainda tomaram um susto: aos 45min, Zé do Gol chutou de fora da área e fez a bola raspar o travessão.

Com Pedro Ken no lugar de Wendel, o Vasco teve un início de segundo tempo melhor: já aos 4min, após jogada de Carlos Alberto, Éder Luis acertou o travessão. Mas o Olaria continuou perigoso e com espaço no ataque, por isso criou novas chances: aos 6min, Victor acertou boa cobrança de falta, defendida em dois tempos por Alessandro; e aos 12min, Victor conseguiu superar Dedé na velocidade, mas falhou na hora de fazer a assistência.

Paulo Autuori fez outras mudanças simples para tentar acordar o Vasco, como as entradas de Elsinho no lugar de Thiago Feltri, e Dakson na vaga do discreto Fellipe Bastos. O time até avançou começou a pressionar no final, mas sempre em lances isolados, como no chute perigoso de Nei, aos 33min, defendido por Rafael Moreno; ou no bom lance individual de Dakson, aos 36min, que finalizou muito mal. Mas faltou organização para o Vasco conseguir enfim uma vitória.

Presidente da Federação sai em defesa do Baianão: “dentro dos padrões”

Uol

EDNALDO-RODRIGUES

A repercussão negativa em relação aos Estaduais, provocada pelo seminário sobre o calendário do futebol brasileiro, fez alguns presidentes de federações saírem em defesa dos campeonatos organizados por suas entidades. Um deles foi Ednaldo Rodrigues, responsável pela Federação Bahiana de Futebol (FBF). Segundo ele, o Baianão já está ‘dentro dos padrões’.

O Campeonato Baiano diminuiu pela metade: foi de 144 para 76 jogos. Além disso, os três clubes que disputaram a Copa Nordeste [Bahia, Vitória e Feirense] entraram no torneio dia 20 de março, sendo que ele começou dia 20 de janeiro. Ou seja, somente dois meses após o começo da competição”, disse o presidente da FBF.

Ednaldo deixou claro ainda que suas respostas não estão direcionadas ao presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho, que durante o seminário fez críticas ao Campeonato Baiano. “A Federação Bahiana inovou. O calendário do nosso estadual já está adequado e pode servir de modelo para outros”, disse o presidente, para depois se posicionar contra a disputa do Estadual no segundo semestre, sugerida pelo mandatário tricolor.

“No segundo semestre temos o Campeonato Brasileiro, a Copa Sul-Americana e a Copa do Brasil, o que tornaria impossível encaixar outro torneio”, acrescentou Ednaldo, que ainda se mostrou solícito para se adequar a qualquer mudança: “A Federação está à disposição para ouvir sugestões que possam ser benéficas aos clubes. Queremos ser a solução e não o entrave”.

O Campeonato Baiano se encerra dia 19 de maio. Atualmente, na segunda fase, os clubes estão divididos em dois grupos de quatro e os dois melhores de cada se classificam para as semifinais.

STJD e CBF fazem campanha preventiva nos estádios

CBF

IMAGEM_NOTICIA_0

Em parceria com o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) lançou a Campanha Preventiva nos Estádios. O projeto visa a conscientização dos torcedores brasileiros.

Por todos os estádios do país será espalhada uma mensagem de incentivo para que o público cumpra o que determinam as leis. Arremesso de objetos nos gramados, invasão de campo e tumultos são combatidos pelas entidades.

A campanha também alertará as torcidas para que utilizem sinalizadores, fogos ou objetos pirotécnicos de qualquer natureza dentro das praças esportivas. A mensagem será lida por todos os locutores e divulgada nos estádios.

Em caso de descumprimento das determinações, a partida poderá ser suspensa e o estádio interditado. Já o clube mandante do jogo poderá perder pontos ou ser punido com perda de mando de campo.

Em caso de identificação de infratores, os torcedores devem denunciar à ouvidoria da CBF, ou para a Federação de Futebol e até o próprio clube.

naturagua

No futebol amador, salário vem em envelope. E o jogador não pode abrir no vestiário

Por Luciano Pina
Fonte: Uol

futebolamador_117096342_961998422_425435359_689985773

O UOL Esporte mergulhou no universo do futebol amador, percebeu uma coisa: as pessoas são atenciosas, falam com prazer com a reportagem, mas sempre evitam alguns assuntos. Quanto, de verdade, os jogadores ganham? Para responder a essa pergunta, o Uol encontrou um espião.

No futebol amador, salário vem em um envelope lacrado, com o seu nome e uma instrução: “Não abra no vestiário!” Tem gente que não sabe, mas a maioria dos jogadores do amador recebe algum para entrar em campo. O valor depende do nível. Começa com R$ 10,00, só para ajudar no combustível. Pode chegar até a R$ 300,00 por jogo. Termina a partida, o atleta toma seu banho e o cara do envelope já está lá com o seu dinheiro. E ninguém abre. Alguns recebem mais, outros menos. Alguns nem dinheiro recebem. E é um problema, quem recebe ouve: “você que recebe, vai lá e resolve”.

Mas tem de tomar cuidado para não acreditar em tudo o que as pessoas falam. No amador, tem muito “garganta”. jogador que fala que está recebendo uma coisa, mas é só metade daquilo. Ele só está vendendo o peixe dele, aumentando o passe. Fala que está ganhando um valor para, no ano seguinte, trocar de time e receber aquilo que “garganteou”.

No próximo dia 28 de abril começa o Campeonato Municipal de futebol da nossa cidade, organizado pela LCDT e será a oportunidade do jogador amador conquistense ganhar seu dinheirinho.

Um raio não cai no mesmo lugar depois de 12 anos

Por Sergio Quintanilha transcrito do site www.istoe.com.br

Felipao-CBF-foto-AFP-300x217

Nenhum técnico na história do futebol conseguiu ganhar duas Copas do Mundo com 12 anos de diferença entre elas. Os números não estão a favor de Felipão, campeão há 11 anos

Felipão voltou à Seleção Brasileira porque, sob Mano Menezes, o Brasil não conseguia mais ganhar dos grandes do futebol mundial. Por grandes entenda-se: Uruguai, Itália, Alemanha, Inglaterra, Argentina, França e Espanha (todos campeões mundiais). Pois bem: Felipão já realizou três amistosos este ano, dois deles contra os grandes, e contabilizou uma derrota (1-2 Inglaterra) e um empate (2-2 Itália). Nesta segunda-feira 25, jogando na cidade favorita da CBF (Londres), desta vez no estádio Stamford Bridge, do Chelsea, o Brasil empatou com a Rússia (1-1, gol de Fred no finalzinho).

Se os números não mentem, dificilmente o Brasil ganhará a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014. O país do futebol corre o risco, isso sim, de igualar a façanha do México — único país que conseguiu perder duas Copas em casa (1970 e 1986). Mas o México não é considerado grande. Dos grandes, só a Itália, a França e a Alemanha fizeram duas Copas em casa. E cada país ganhou pelo menos uma (Itália 1938, Alemanha 1974, França 1998). O Brasil perdeu a Copa de 1950 em casa. Ganhará a de 2014?

Que o Brasil não jogou bem nos três amistosos sob Felipão, todo mundo sabe. Portanto, vamos continuar com as estatísticas, pois a matemática não tem nada de emocional e muito menos pode refletir opiniões pessoais (no caso, as minhas). Os números são frios. E revelam que a Seleção Brasileira não só perdeu a força diante das demais potências do futebol como também tem uma distante relação com a torcida verde-amarela, resultado da opção de trocar os campos brasileiros por outros estádios mundo afora.

A última vez que o Brasil ganhou de um grande foi em 14/11/2009, em Doha (Qatar): 1-0 sobre a Inglaterra. Três anos e quatro meses. A última vez que o Brasil ganhou de um grande dentro do patropi foi em 21/11/2007, no Morumbi (São Paulo): 2-1 sobre o Uruguai, nas Eliminatórias para a Copa de 2010. Cinco anos e quatro meses. Nos três jogos citados o técnico era Dunga, não exatamente um orgulho nacional como treinador. Três jogadores que participaram do empate em 1-1 com a Rússia, em Stamford Bridge, já estavam na Seleção Brasileira há 64 meses: Júlio César, Daniel Alves e Kaká.

A CBF, evidentemente, espera que a dupla Felipão/Parreira leve o Brasil à conquista da Copa do Mundo em casa. Tanto que ignorou dois fatos importantes ao chamá-los: Felipão comandou o Palmeiras em sua campanha de rebaixamento para a segunda divisão e Parreira estava aposentado.

Mas na história das Copas do Mundo somente um técnico conseguiu ganhar duas vezes a taça: Vittorio Pozzo, da Itália, em 1934 e 1938. Mesmo assim a diferença era de apenas quatro anos entre uma Copa e outra, e não de 12 anos, como se pretende com Felipão (campeão em 2002). Ah! E não, Zagallo não ganhou duas Copas como técnico. Ganhou em 1970 como técnico e perdeu em 1974. Ganhou em 1994 como auxiliar de Parreira e perdeu (como técnico) em 1998. É diferente, muito diferente, a função do técnico e do auxiliar. Ou consideramos Murtosa um campeão de 2002 com a mesma importância de Felipão?

Leia o restante da matéria :: LEIA MAIS »

Governo quer baixar MP para perdoar 90% de dívida bilionária de clubes

Uol

DIVIDASFUTEBOL

O governo federal prepara uma MP (medida provisória) para perdoar a dívida bilionária dos clubes de futebol em impostos, taxas e contribuições. Pelo projeto formatado por executivos do Ministério do Esporte e deputados federais, os clubes trocarão 90% da dívida que possuem com o governo pelo compromisso de realizar projetos sociais, que envolvem a abertura de suas estruturas esportivas gratuitamente para jovens das comunidades próximas aos clubes. A dívida dos 20 principais clubes do futebol brasileiro está avaliada em pelo menos R$ 4 bilhões pela pasta do Esporte.

Ainda não há data definida para a apresentação da MP, mas membros do governo e parlamentares favoráveis à solução esperam que ela esteja pronta antes da Copa das Confederações. De acordo com o secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, o jornalista Toninho Nascimento, a iniciativa não pode ser chamada de perdão, já que prevê uma contrapartida dos clubes de futebol em troca da anistia da dívida.

O que será proposto aos clubes é que, em troca do perdão de 90% das dívidas que possuem os clubes originárias da falta de contribuição ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), impostos não recolhidos à Receita Federal e falta de pagamento de FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), as entidades esportivas deverão investir em projetos sociais que envolvam atividades esportivas. Para isso, deverão abrir suas estruturas para jovens carentes receberem aulas de diversas modalidades, como natação e ginástica olímpica, gratuitamente.

Os outros 10% da dívida deverão ser pagos em dinheiro, de forma parcelada. Para os 90% anistiados, será criado um mecanismo de conversão da dívida, com desconto. “Por exemplo, se o clube deve R$ 100, pode investir R$ 70 ou R$ 80 em um bom projeto de base, e assim quitar essa dívida”, explica o secretário nacional de Futebol. “A dívida dos clubes é impagável. É uma maneira de investir na formação de jovens talentos e futuros atletas, de fortalecer o esporte brasileiro”, acredita Nascimento.

De acordo com ele, os clubes ficarão livres para retirar suas certidões negativas de débito com a União e voltar a pleitear financiamentos e linhas de crédito público. Ou seja, o clube poderá pegar dinheiro público emprestado para investir em suas infraestruturas esportivas e pagar os projetos sociais com os quais estarão pagando suas dívidas.

banner1

Agenda do futebol amador

Por Luciano Pina

futebolamador_117096342_961998422_425435359_689985773

Confira os jogos que acontecem neste final de semana pelo futebol amador.

1º Campeonato de Escolinha
Sábado
09:30
Nossa Senhora Aparecida x Bruno Bacelar – Cat 98
10:30
Nossa Senhora Aparecida x Bruno Bacelar – Cat 2000
09:30
Juventude x Auia de Ouro – Cat 98
10:30
Juventude x Águia de Ouro
Campeonato Aberto do Adelmário
Sábado
15:00
Recuperadora Modelo x Vila das Pedrinhas
16:00
Rosa Cruz x Resenha Pura
17:00
Tarbenaculo x Os Malas
Campeonato da Urbis VI
Sábado
14:30
JS x Real Adrenalina
15:50
Madeireira Aliança x Benfica
Domingo
Vila Nova x Boca Junior
11:00
Milian x Criciúma
Campeonato dos Campinhos
Sábado
14:00
Botafogo x Vitoria
16:00
Penharol x Santos
Domingo
10:45
Sport x São luiz
Campeonato do Santa Terezinha
Sábado
14:30
Cidade Modelo x Penharol
15:45
Criciúma x Botafogo
Domingo
Joinville x Morada Nova 
10:50
Estrela x Recuperadora Modelo
Campeonato do Pela Jegue
Domingo
10:15
Internacional x Fortaleza
11:15
Bragantino x Vasco
Campeonato Máster do Capinal
Domingo
09:00
América x Corinthians
Palmeiras x capinal
Periquito x Paraguai
Olimpico x Gama
Brasil x Fumaça
1º Campeonato Aberto Distrito do Capinal
Domingo
15:00
Corinthians x Santa Marta
Giribá x fumaça
Olimpico x Periquito
Bahia x Palmeiras
Campeonato do Vila América
Domingo
09:00
Pão Nosso x J.S
10:00
Serrana x Vasco
Campeonato do Adelmario Pinheiro
Domingo
10:00
Nacional x Pressão
11:00
Baneb x Bola +1
12:OO
Fluminense x Palmeiras

Vereador Álvaro Pithon quer urbanização de estacionamento em frente ao Lomantão

Assessoria do Parlamentar

download

Nos últimos anos o torcedor tem comparecido maciçamente para acompanhar as partidas dos times profissionais da cidade.

Em jogos importantes como o que ocorreu no domingo (17), por exemplo, entre o Vitória da Conquista x Bahia o vereador Álvaro Pithon (DEM) notou mais uma vez que é necessário urbanizar o estacionamento que fica em frente ao estádio Lomanto Júnior.

Segundo Pithon essa medida “além de melhorar o visual do local, possibilita o escoamento de água das chuvas evitando assim que o local fique cheio de lamas ao passo que a área no decorrer da semana poderia ser utilizada pelas auto-escolas para realizarem o treinamento dos alunos que estão aprendendo a dirigir e a fazer a chamada balisa, possibilitando inclusive que as provas do Detran-BA sejam realizadas no local”.

Transporte Coletivo – O vereador vem cobrando também da Secretaria de Mobilidade Urbana uma linha de ônibus com itinerário entre o Alto Maron, Nova Cidade, residenciais América e Europa Unida além do Veloso sentido ao estádio Lomanto Júnior em dias de jogos dos times profissionais.

3ª rodada da segunda fase do Campeonato Baiano começa na noite de hoje

Por Luciano Pina
Fonte: Futebol Interior

IMAGEM_NOTICIA_0

A terceira rodada do Campeonato Baiano promete muitas emoções. Os favoritos Bahia e Vitória assumiram a ponta da tabela e de lá não querem mais sair. Porém, o Feirense promete atrapalhar a vida dos clubes considerados grandes e quem sabe levantar a taça.

Nesta quarta-feira, o Juazeirense enfrenta o Botafogo para encostar no Vitória. O time está na segunda posição com três pontos, a três do líder Vitória, que joga na rodada apenas neste domingo. Já o Botafogo ocupa a última colocação do Grupo A e precisa da vitória para não deixar os adversários se distanciarem. O duelo está marcado para às 22 horas, no Estádio Adauto Morais.

Ainda nesta quarta, o Vitória da Conquista, terceiro colocado do Grupo B com dois pontos, pega o Juazeiro, também terceiro com um ponto, no Grupo A. As equipes jogam pelo mesmo objetivo: a reabilitação, uma vez que o Bode vem de dois empates e o Tricolor das Carrancas vem de derrota para o Bahia.

No domingo acontece os jogos mais esperados da rodada. O Bahia de Feira encara o seu xará Bahia, às 16 horas, no Estádio Joia da Princesa para tentar a sua primeira vitória na competição. O Tricolor de Aço está na primeira colocação e quer se distanciar ainda mais dos adversários, até porque o segundo colocado Feirense, segue na cola.

Feirense, que também entra em campo neste domingo, no mesmo horário, mas no Barradão. Além de se isolar ainda mais na liderança, o Leão poderá com a vitória ajudar o seu rival Bahia, já que o Feirense está na segunda colocação do Grupo A com três pontos, um a menos do que o Tricolor.

468x60_simonassi12

ECPP x Juazeiro fazem jogo importante hoje

Site Oficial do Clube

DSC_0112-e13643299821201

O ECPP Vitória da Conquista faz uma importante partida na noite desta quarta-feira, no estádio Lomanto Júnior contra o Juazeiro, em busca da manutenção da boa fase do clube no estadual e a aproximação definitiva da zona de classificação para a fase final da competição.

O time vive um bom momento na competição, já que não perde uma partida desde o dia 6 de fevereiro, contra o próprio Juazeiro pela primeira fase. De lá para cá foram 7 partidas, com 4 vitórias e três empates.

O jogo começa às 20:30h e o torcedor pode adquirir os ingressos a partir das 10 horas da manhã desta quarta, nas bilheterias do estádio.

Técnico do Juazeirense: ‘Temos que usar o gramado ruim a nosso favor’

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Não é nenhuma novidade. Toda equipe que vai atuar no Estádio Adauto Moraes já tem um discurso ensaiado na ponta da língua: reclamar do gramado. O técnico Quintino Barbosa, do Juazeirense, já passou por essa experiência no ano passado quando treinava o Atlético de Alagoinhas, Na ocasião, sua equipe empatou em 1 a 1 com o Cancão de Fogo e Barbosa soltou o verbo contra as condições do campo. Agora, ele quer usar essa arma a seu favor.

– Já enfrentei o Juazeirense e sei como é difícil vencer aqui no Adauto Moraes. Ano passado quando eu treinava o Atlético de Alagoinhas foi um sufoco. Agora temos que usar o gramado ruim a nossa favor – disse o treinador, em entrevista ao Bahia Notícias.

Mesmo assim, o comandante do Cancão de Fogo prevê um duelo complicado diante do Botafogo-BA, neste quarta-feira (27), no Adauto Moraes.

– Um jogo difícil e complicado. Nesta segunda fase o campeonato fica ainda mais difícil. Mas temos pontuar em todos os jogos dentro de casa e vamos em busca de um resultado positivo – finalizou.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia