WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

dezembro 2013
D S T Q Q S S
« nov   jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  



drupal counter

:: dez/2013

Faltando pouco mais de uma semana para o inicio do Baiano, times fazem os últimos ajustes

Por Luciano Pina

listas_posts_50360_jpg_485_485_1_0__jpg

Faltando apenas pouco mais de uma semana para o inicio do Campeonato Baiano. As equipes ainda tentam ajustar seus elencos para brigar por uma vaga na Copa do Nordeste ou na Copa do Brasil de 2015.

Enquanto a competição não começa, os times fazem amistosos: No último sábado (28), a Catuense empatou com o Sub-20 do Vitória. O Galícia empatou com o Sub-20 do Bahia. Já no domingo (29), o Juazeirense perdeu para o ASA-AL, pelo placar de três a zero. Enquanto o Jacuipense empatou com o Estanciano-SE, por um a um.

Serrano, Bahia de Feira, Feirense, Juazeiro e Botafogo seguem apenas treinando.

A primeira fase será disputada apenas por nove equipes: Galícia, Feirense, Juazeiro, Juazeirense, Botafogo, Catuense, Feira de Santana e Serrano.

As equipes do Bahia, Vitória e Vitória da Conquista, que vão disputar a Copa do Nordeste só entram na competição a partir da segunda fase.

Confira a primeira rodada
Quarta (08/01)
20:30
Catuense x Juazeiro
Juazeirense x Galícia
Jacuipense x Serrano
Bahia de Feira x Botafogo

Temporada 2014 vai marcar despedida de medalhões do futebol brasileiro

IG

download

A temporada 2014 vai marcar a despedida de grandes medalhões do futebol brasileiro. Destaques de seus clubes ao longo dos últimos anos, alguns trintões – e até quarentões –, como Rogério Ceni, Juninho Pernambucano e Seedorf estão com suas carreiras com os dias contados.

Maior goleiro da história do São Paulo, Ceni pretendia se aposentar já em 2013. O camisa 1, que completa 41 anos em janeiro, teve uma temporada marcada por alguns frangos, mas também por excelentes defesas. O bom desempenho, sobretudo no segundo semestre, fez com que o técnico Muricy Ramalho o convencesse a ficar na equipe. Mas 2014 deverá ser realmente o último.

“O que mais me motivou a renovar o contrato, primeiro, é a oportunidade de continuar aqui no São Paulo, minha segunda casa. Eu adoro isso aqui, é praticamente minha vida. Mas também pela insistência do clube, do presidente Juvenal Juvêncio, que vem sendo tão insistente comigo para que eu continue, assim como as declarações do Muricy pedindo a minha permanência, porque é muito bom trabalhar com a confiança de quem comanda o clube”, declarou Rogério ao site oficial são-paulino após a renovação.

Quem também parece estar certo de pendurar as chuteiras no ano que vem é o holandês Clarence Seedorf. Com contrato até junho de 2014, obotafoguense, diferentemente da grande maioria dos boleiros, já tem o futuro traçado para quando se aposentar: virar técnico. A imprensa europeia, inclusive, afirma que o meia estaria acertado com o Milan para começar sua vida de treinador.

Outros dois que devem deixar os gramados na próxima temporada são Zé Roberto e Juninho Pernambucano. O primeiro, de 39 anos, não teve um bom 2013 e amargou um lugar no banco de reservas do Grêmio. Justamente por isso disse que quer atuar por mais um ano para poder parar por cima. E, embora ainda sem contrato renovado, quer ficar no time gaúcho: “Minha cabeça agora é pensar no futuro e espero que o meu futuro seja o Grêmio”, falou Zé Roberto.

Já o vascaíno, prestes a completar 39 anos, ficou fora das últimas cinco rodadas do Brasileirão por causa de lesão na coxa direita. Embora tenha sua permanência desejada pela diretoria do time carioca para a disputa da Série B de 2014, ainda não anunciou se continua jogando: “Em janeiro vou sentir como estará a evolução do tratamento e aí vou tomar uma decisão sobre meu futuro. Não quero me precipitar e darei tempo ao tempo”, disse Juninho.

Um último caso de medalhão que talvez possa encerrar a carreira como jogador no próximo ano é Alex. Um dos principais destaques do Coritiba em 2013, o meia está com 36, mas fala que ainda não tem planos para sua aposentadoria. A única coisa que adiantou é que esperar parar na equipe paranaense.

Recentemente, Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do clube, afirmou que o atleta fica por, pelo menos, mais uma temporada: “Não vejo o Coritiba sem o Alex. Com a vinda do Dado (Cavalcanti, técnico) e de outros profissionais, ele vai nos ajudar muito em 2014”, disse o dirigente.

Veteranos que tiveram momentos de brilho nas últimas temporadas, como Marcos Assunção, Leo, Paulo Baier e Dida, também estudam largar os campos em 2014. Já Túlio Maravilha, artilheiro dos anos 90, irá parar assim que chegar ao milésimo gol na carreira. Segundo suas contas, ele tem 999. Confira mais na galeria acima.

Jacuipense fica no empate com o Estanciano, em Sergipe

Por Luciano Pina

estancianofotosize11

O Jacuipense empatou em 1 a 1, com o Estanciano, na cidade de Estância, em Sergipe, neste domingo (29). O amistoso visou preparar a equipe para a estreia no Campeonato Baiano no próximo dia 8 de janeiro, contra o Serrano, no Estádio Metropolitano de Pituaçu.

Os dois gols saíram no primeiro tempo. O Leão do sisal abriu o placar aos 19 minutos, com Da Mata. O atacante Cristiano Alagoano conseguiu descontar e igualar o placar aos 25 minutos. No segundo tempo o jogo caiu sensivelmente de produção e não houve mais gols no embate.

A renda do jogo foi R$ 4.065, para um público pagante de 408 torcedores no Francão.

Após a partida, o Jacuipense retornou para Salvador, onde treinou na manhã desta segunda (30), e depois folga na terça e na quarta em virtude da passagem de ano. A reapresentação será na próxima quinta (02), às 14 horas.

Rádio Taxi e Iris Sport vencem na rodada do Guarani

Por Luciano Pina

DSC033392

As equipes do Rádio Taxi e Íris Sport golearam seus adversários na 11ª rodada do Campeonato do Guarani, que foi realizada na manhã deste domingo (29).

O Rádio Taxi goleou o Vitória pelo placar de quatro a um. Lucas dua vezes, Erivelton e Leandro marcaram os gols. Rodrigo descontou para o Vitória.

Com o resultado, o time do Rádio Taxi está na quarta colocação com oito pontos. Já o Vitória continua na lanterna com apenas um ponto.

Pelo mesmo placar, o Íris Sport venceu o time do Bambocha. Lau (foto) duas vezes, Wesley e Jackson fizeram para o Íris. Ricardo descontou.

Com a vitória, a equipe do Íris segue firme na liderança da competição com dezesseis pontos. Enquanto o Bambocha é o terceiro com nove.

Na próxima rodada, que será realizada no próximo domingo (05), O Pax Perfeição enfrenta o Bambocha e a Ponte Preta joga contra o NDS Sport.

Santos é o paulista que melhor usa Copinha; fonte do São Paulo ‘seca’

Globo Esportes

montagem_sub20

A Copa São Paulo de Futebol Júnior começa na sexta-feira com 104 clubes e mais de 2.000 jogadores inscritos, numa grande “peneira” que abre o calendário do futebol nacional há mais de 40 anos. A expectativa maior, como de costume, recai sobre os quatro grandes paulistas. Nos últimos cinco anos, em quatro o troféu ficou no estado – o Corinthians foi campeão duas vezes (2009 e 2012), o São Paulo levou em 2010 e o Santos é o atual detentor do título. Só o Palmeiras não conquistou o torneio, mas tem mostrado evolução – foi semifinalista este ano e vice no Campeonato Brasileiro da categoria.

A torcida quer título, mas o maior objetivo dos clubes é, claro, revelar jogadores. E os números comprovam: dentre os quatro grandes clubes paulistas, o Santos é o que mais usa a Copa São Paulo como “laboratório”. Nos últimos três anos, 18 atletas escalados pelo Peixe no torneio foram usados no time de cima – muitos deles com destaque, como Gustavo Henrique, Alison, Neilton e Geuvânio. Antes disso, o Santos ainda teve jogadores como Neymar, Alan Patrick e André na Copinha (de 2009).

á o São Paulo, depois do sucesso da geração de 2010, com Lucas e Casemiro, teve poucos garotos promovidos a partir da Copinha de 2011 pra cá. Só 11 jogadores que disputaram o torneio nos últimos três anos acabaram sendo aproveitados no time profissional. Alguns se firmaram, como Rodrigo Caio e Ademilson. Mas a maioria teve poucas chances e acabou sendo repassada a outros clubes, como Luiz Eduardo, Henrique Miranda e Dener.

O Palmeiras viu também 11 jogadores oriundos da Copinha nos últimos três anos serem aproveitados no time de cima. Mas só um conseguiu se firmar como titular – o atacante Vinícius, que disputou o torneio em 2011 e 2013. A maioria teve poucas oportunidades e acabou sendo emprestada para ganhar experiência, como João Denoni, Bruno Dybal e Patrick Vieira. Essa prática, às vezes, dá certo. O lateral-direito Luis Felipe, por exemplo, disputou a Copinha de 2010, rodou por alguns times por empréstimo e voltou este ano como titular absoluto da posição com Gilson Kleina. O rápido destaque na Série B chamou a atenção de outros clubes, tanto que o atleta está perto acertar com o Benfica, de Portugal.

O Corinthians teve 13 jogadores da Copinha que foram promovidos – e entraram em campo – pelo time profissional. O zagueiro Marquinhos nem teve tempo para se firmar entre os titulares – foi negociado com o Roma e na sequência com o Paris Saint-Germain, numa ascensão meteórica que o levou à seleção brasileira, com chances reais de disputar a próxima Copa do Mundo. Caso raro.

Assim como no São Paulo e no Palmeiras, os garotos do Corinthians também penam para encontrar espaço no time de cima. Dentre os promovidos nos últimos três anos, o lateral-esquerdo Igor foi o único a ter sequência como titular – e isso por conta da lesão de Fábio Santos e da ausência de um reserva imediato.

Maior campeão da Copinha, o Corinthians inicia a busca pelo seu nono troféu do torneio no próximo domingo, às 19h, contra o Tuna Luso, em Limeira (SP). Atual vencedor, o Peixe encara no mesmo dia, mas às 17h, o Alecrim, na Vila Belmiro, no primeiro compromisso rumo ao tricampeonato no torneio.

Na sexta-feira, o São Paulo terá duelo internacional em seu primeiro jogo na competição – o Tricolor encara o Kashiwa Reysol, do Japão, na Arena Barueri, às 21h. No sábado, o Palmeiras encara o Fluminense-BA, às 19h, em São Carlos.

Em amistoso, ASA vence Juazeirense por 3 a 0, no Municipal de Arapiraca

Globo Esportes

asa_amistoso

O ASA venceu o primeiro amistoso na preparação para o Campeonato Alagoano. Neste domingo, no Municipal de Arapiraca, a equipe alvinegra derrotou o Juazeirense-BA por 3 a 0. O placar começou a ser construído ainda no primeiro tempo com Marielson. Na segunda etapa, Anderson Lessa marcou duas vezes e garantiu a vitória alvinegra.

O triunfo rendeu ao ASA o troféu Lauthenay Perdigão. O jornalista e historiador foi homenageado pela diretoria do Alvinegro durante o amistoso.

O ASA volta a campo no próximo sábado, para enfrentar o Penedense, em mais um amistoso de preparação para o Campeonato Alagoano. O time alvinegro estreia no Estadual diante do Murici, dia 12 de janeiro, às 15h15m, no Estádio José Gomes da Costa, casa do adversário.

O Juazeirense atuou com: Maicon; Nem (Joãozinho), Edi (Bruno), Sidrailson e Jackson (Daniel); Rodrigo, Vaguinho, Nenem e Tiago Laranjeira (Willian Carioca); Guerreiro (Júlio Carpegiane) e Déo. Técnico: Quintino Barbosa.

A estreia do Juazeirense no Campeonato Baiano será no dia 8 de janeiro, às 20h30m, contra o Galícia, no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro.

Bahia perde para São Francisco no 1º jogo da final feminina

Atarde

340x255_1378777

As meninas do Esquadrão perderam por 3 a 1, neste sábado, 28, para o São Francisco, no Estádio Municipal de Lauro de Freitas, pela primeira partida da final do Campeonato Baiano feminino.

O Bahia chegou a abrir o placar com a atacante Ceará, ainda na primeira etapa, mas Alanna, Bicê e Fafá viraram a partida para o São Francisco e abriram ótima vantagem para o jogo de volta.

Para conquistar a taça, o Bahia precisa vencer por três gols de diferença. Caso bata o São Francisco por dois gols, o campeão será definido nos pênaltis. O time do interior busca seu 12º título consecutivo na competição.

O segundo confronto está marcado para o próximo domingo, 5, às 15h, no estádio Junqueira Ayres, em São Francisco do Conde.

Visando estreia na Copinha, júnior do Bahia empata em amistoso contra o Galícia

Bahia Notícias

xIMAGEM_BAHIA_5.jpg.pagespeed.ic.QF-wazXl7X

No segundo amistoso preparatório para disputa da Copa São Paulo de Júnior, maior competição nacional da categoria, os meninos da equipe sub-20 do Bahia ficaram no empate com o Galícia em 2 a 2, no Fazendão.

Os gols do tricolor foram marcados pelo lateral-direito Railan, que retornou aos gramados após lesão muscular, e o volante Jeferson Silva.

O Bahia estreia na Copa São Paulo de Júnior no próximo domingo, dia 5 de janeiro, contra o Comercial.

Vitória Sub-20 empata amistoso com a Catuense

Galáticos Online

vitória sub-20 gol

Em preparação para a disputa da Copa São Paulo, o time Sub-20 do Vitória entrou em campo na manhã deste domingo (29). O Rubro-Negro ficou no empate por 1 a 1 com o profissional da Catuense em amistoso realizado no Barradão.

Orlan abriu o placar para a equipe de Catu. Guilherme, de cabeça, empatou para o Leão.

Comandado por Carlos Amadeu, a equipe da Toca atuou com Wallace; Guilherme, Josué, Vinícius (Rafaelson) e Alef (Alan Patrick); Darlan, Borges (Jardel depois Linik), Welison e Alex (Serafim); Léo e Wellington.

A estreia do Vitória na Copa São Paulo será no próximo domingo (5), diante do Juventus (SP).

Resultados da 6ª rodada do Interbairros

Por Luciano Pina

Jogo que o Sobradinho venceu o Alto Maron pelo placar de 3 a 1

Jogo que o Sobradinho venceu o Alto Maron pelo placar de 3 a 1

Confira os resultados dos jogos que foram realizados neste final de semana válidas pela 6ª rodada do Campeonato Interbairros de Futebol.

No sábado (28), no sete campos foram realizadas duas partidas. O Nossa Senhora de Lourdes venceu o Cidade Modelo, pelo placar de dois a um. Enquanto a Urbis IV goleou o Morada Nova, pelo escore de cinco a um.

Ainda no sábado, no Campo do Remanso, o Sobradinho venceu o Alto Maron, pelo placar de três a um. Na Arena da Liga, o Ibirapuera foi derrotado pelo Comveima, por dois a um. Nos Campinhos, o time do bairro foi goleado pelo Santa Terezinha, por quatro a zero.

Na manhã deste domingo (29), no Pradoso, a equipe local venceu o Ipamena, pelo placar de dois a zero. Enquanto na Morada dos Pássaros, o time da casa empatou com o Kadija, por um a um.

Palmeiras vence o Veloso e fica com o título no Pela Jegue

Por Luciano Pina

IMG_8293

Foi conhecido na manhã deste domingo (29), o campeão do Campeonato de Futebol Society, do Pela Jegue organizado pelos desportistas Nelson e Tifá.

O time do Palmeiras ficou com o título após golear a equipe do Veloso, pelo placar de quatro a um. Wesley duas vezes, Kim e Zé Linguiça marcaram os gols do Palmeiras. Mateuzinho descontou para o Veloso.

Wesley do Palmeiras foi escolhido como a revelação da competição. Já o artilheiro foi Igor do Veloso. Enquanto Rafinha do Palmeiras foi escolhido o melhor goleiro.

Um bom número de torcedores compareceu para prestigiar este evento.

Anderson sofre fratura chocante em chute, e Weidman mantém cinturão

Globo Esportes

andersonsilva_lesao5_get_85

Um fim totalmente imprevisível e dramático na luta mais esperada do ano fez Anderson Silva continuar sem o cinturão do UFC. O brasileiro sofreu uma fratura chocante na perna esquerda ao aplicar um chute em Chris Weidman no segundo round, foi ao chão na sequência e não pôde prosseguir no duelo. Sentindo muita dor, ele deixou o octógono de maca, com a perna imobilizada e foi direto para o hospital. O público que compareceu ao MGM Grand Garden Arena na noite deste sábado em Las Vegas (EUA) – madrugada de domingo no Brasil – demorou a entender o que havia acontecido e saiu da arena atônito. Declarado vencedor, Weidman manteve o título peso-médio (até 84kg) da organização. O americano, por sinal, estava bem até aquele momento e havia ganho o primeiro assalto.

O episósio é um duro golpe para Anderson, que diferentemente do primeiro encontro estava lutando de forma séria e sem fazer provocações. Foi a sexta derrota na carreira do atleta de 38 anos num total de 39 combates. Já Weidman, de 29 anos e cuja vitória foi considerada um nocaute técnico devivo à lesão do oponente, aumentou seu cartel invicto para 11 triunfos.

O foco de Anderson era total desde o início. Ele parou na saída do vestiário, agachou-se e refletiu. Depois de muitos segundos, levantou-se e seguiu o caminho. A caminhada em frente ao público até o octógono teve aplausos e incentivos. Nenhum sorriso. As luzes se apagaram, e foi a vez de Weidman entrar. O americano carregou consigo a bandeira dos EUA e contou com um misto de aplausos e vaias. Era chegada a hora do combate, e a voz de Bruce Buffer deu o tom do momento.

A luta começou com Weidman tentando achar a distância e botando pra baixo no single leg. Anderson se levantou rapidamente e ficou com as costas na grade, pressionado pelo rival. Os dois trocaram joelhadas no corpo, e Weidman acertou o rosto do Spider com uma bomba. O brasileiro sentiu, desequilibrou-se e caiu. O campeão aplicou boa sequência, mas foi travado. Por cima, Weidman soltou cotoveladas, mas também levou alguns socos de Anderson, que estava por baixo. Nesse momento, os fãs brasileiros e americanos faziam um duelo de gritos reverenciando seus países. Weidman ainda acertou uma cotovelada fortíssima no rosto no fim.

No segundo round, ambos se defenderam bem nos primeiros ataques por cima. Weidman acertou um chute no corpo do adversário, e foi neste momento que o inesperado aconteceu. O Spider acertou um chute na perna do campeão e sofreu uma fratura exposa no ato do golpe. No chão, ele gritou, e o árbitro deu fim à luta quando o relógio marcava 1m16s. Ele fará exames no hospital para ter mais detalhes da fratura e da recuperação que vem pela frente.

– Primeiro de tudo, gostaria de dizer que não importava o que acontecesse hoje, ele ainda é o melhor de todos os tempos. Ele merece muito que Deus o abençoe. Eu esperava que ele viesse chutar forte, e eles machucam muito mesmo. Não gostaria que ele se machucasse dessa maneira, mas isso é parte do esporte. A defesa desse chute é uma das coisas que eu vinha trabalhando no meu treino, mas é claro que não era o meu objetivo quebrar a sua perna. Agora quero relaxar um pouco, mas é claro que a luta contra Belfort será um grande combate – disse Weidman após a luta, ainda campeão do Ultimate.

pmvc




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia