Yahoo

poster-galo-300x197

Com 38 clubes, a 55ª edição da Copa Libertadores iniciará a disputa pelo título de campeão nesta terça-feira, quando a bola rolar em Santa Cruz, na Bolívia, e em Morelia, no México, dando início aos 138 jogos que definirão o sucessor do Atlético Mineiro.

A Libertadores, que não apresenta mudanças no regulamento em relação ao ano passado, terá início com uma primeira fase eliminatória, na qual 12 equipes lutarão por seis vagas na fase de grupos, onde já esperam 26 clubes divididos em 8 grupos.

A fase eliminatória começa nesta terça-feira com as partidas de ida entre Oriente Petrolero, da Bolívia, e Nacional do Uruguai (confronto 6), em Santa Cruz de la Sierra, e Morelia, do México, e Independiente Santa Fe, da Colômbia (confronto 5), em Morelia.

Dois representantes brasileiros também terão que passar pela fase eliminatória e entram em campo nesta quarta-feira: o Botafogo, contra o equatoriano Deportivo Quito (confronto 2), e o Atlético Paranaense, que encara o peruano Sporting Cristal (confronto 1).

Nos outros duelos desta primeira fase, a Universidad de Chile encara o Guaraní, do Paraguai (confronto 3), e o Caracas FC mede forças como o Lanús argentino (confronto 4).

Os seis vencedores do mata-mata preliminar serão inseridos nos Grupos 1, 2, 3, 4, 5 e 6 da segunda fase (de 11 de fevereiro a 10 de abril), onde 32 equipes brigarão por 16 vagas nas oitavas de final (entre 15 e 30 de abril).

Dez equipes que já conquistaram a América no passado disputarão a Copa Libertadores em 2014 e serão novamente favoritas ao título: os uruguaios Peñarol (1960, 1961, 1966, 1982, 1987) e Nacional (1971, 1980, 1988); o argentino Vélez Sarsfield (1994); o colombiano Atlético Nacional (1989); e os brasileiros Cruzeiro (1976, 1997), Flamengo (1981), Grêmio (1983, 1995) e Atlético Mineiro (2013).