Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.bQsMiFdB-E

O treinador espanhol Tito Vilanova, que trabalhou no Barcelona entre 2007 e 2013, morreu nesta sexta-feira (25). Ele não resistiu a um câncer na garganta, que o afastou do comando do clube catalão no ano passado, e nem uma cirurgia de emergência conseguiu salvá-lo.

Vilanova foi jogador de futebol, mas nunca se destacou, tendo se aposentado em 2002. Depois disso, estudou para ser treinador e acabou ganhando a confiança de Pep Guardiola, tendo se tornado o seu assistente e posteriormente o seu substituto, em 2012.

Tito Vilanova deixa sua mulher, Montse Chaure, e dois filhos. Um deles, Adriá, 17 anos, joga nas categorias de base do Barcelona. Ele atua como zagueiro central e pode ser integrado ao elenco profissional do time por conta da escassez de opções para a posição.