WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

julho 2014
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



drupal counter

:: 2/jul/2014 . 8:10

Copa tem 8 campeões de chave nas 4ªs pela 1ª vez na história

Terra

50belgicaeuasegundogolcomemorartsyves-herman

A Copa do Mundo de 2014 bateu mais uma marca inédita nesta terça-feira. Após a classificação da Bélgica com vitória por 2 a 1 na prorrogação sobre os Estados Unidos, pela primeira vez na história, desde que é disputado entre 32 equipes, o torneio contará com os oito campeões dos grupos da primeira fase nas quartas de final: Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Holanda e França seguem em busca da taça na atual edição.

Em 2014, nenhuma das seleções que ficaram em segundo lugar em sua respectiva chave conseguiu surpreender o adversário e avançar para se posicionar entre as oito melhores do mundo. O fato é inédito desde 1998, ano em que a Fifa aumentou o número de equipes de 24 para 32, expandindo também o número de grupos da disputa.

O ano em que o fato ficou mais perto de ocorrer foi em 2010, quando sete dos oito campeões de chaves avançaram às quartas de final – dos líderes, apenas os Estados Unidos foram eliminados na segunda fase do Mundial, com derrota para Gana. Quatro anos antes, o número havia sido de dois: Ucrânia (segunda colocada do Grupo H) eliminou a Suíça (líder do Grupo G), e a França (segunda do Grupo G) tirou a Espanha (líder do Grupo H).

A Copa de 2002, por sua vez, foi a competição em que mais zebras ocorreram nas oitavas de final: metade das seleções classificadas em segundo desbancou as líderes da primeira fase. Na época, os Estados Unidos tiraram o México, a Inglaterra eliminou a Dinamarca, Senegal foi a algoz da Suécia, e a Turquia tirou o Japão.

No primeiro ano da Copa com 32 times, em 1998, dois líderes de grupo foram eliminados nas oitavas – Nigéria, com derrota para a Dinamarca, e Romênia, tirada da Copa pela Croácia. De fato, o recorde de 2014 por pouco não ocorreu, já que, das oito partidas das oitavas de final, cinco foram para a prorrogação, outro fato inédito na história.

Bélgica desencanta na prorrogação e volta às quartas após 28 anos

Gazeta Esportiva

t_119724_apos-atuacoes-criticadas-a-geracao-belga-jogou-bem-nesta-terca-feira-e-eliminou-os-estados-unidos-da-copa

A atual ‘geração belga’ chegou muito badalada ao Brasil, não se apresentou bem nos primeiros jogos, mas já recolocou o país de volta às quartas de final da Copa do Mundo após 28 anos. Nesta terça-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador, a Bélgica finalmente fez uma apresentação convincente. Com velocidade, o time europeu dominou os Estados Unidos, mas perdeu muitos gols ao longo dos 90 minutos e precisou da prorrogação para vencer por 2 a 1 e avançar na competição.

A salvação veio apenas no início do tempo extra. Lukaku saiu do banco de reservas, começou a jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para De Bruyne. O meia teve habilidade para sair da marcação e chutar ao fundo do gol, vencendo o goleiro Howard, que iria se consagrando até então. Depois de desencantar, ainda sobrou tempo para Lukaku também deixar sua marca. Já no final da prorrogação, Green conseguiu descontar para os Estados Unidos.

Com a vitória sofrida desta terça-feira, a badalada ‘geração belga’ consegue recolocar o país nas quartas de final da Copa do Mundo, feito que não era conquistado desde 1986, ano de melhor campanha da seleção (4º lugar). Na próxima fase, o adversário será a Argentina, que também precisou da prorrogação para eliminar a Suíça com uma vitória por 1 a 0. O duelo está marcado para o próximo sábado, às 13 horas (de Brasília), no Estádio Mané Garrincha.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia