WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
PMVC

julho 2014
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



drupal counter

:: 9/jul/2014 . 20:13

Com brilho de Romero, Argentina supera Holanda e quebra tabu

Terra

penaltidefesa1vlaarrtsmichael-dalder2

A Argentina segue em busca de conquistar o tricampeonato mundial na casa do mais acirrado adversário. Sem apresentar um grande futebol nesta quarta-feira em duelo de poucas emoções na Arena Corinthians (SP), a seleção de Messi e companha precisou do drama dos pênaltis para eliminar a Holanda na semifinal do Mundial de 2014 após empate por 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação. Com brilho do goleiro Sergio Romero, os argentinos bateram os europeus nas cobranças de penalidade máxima por 4 a 2 para marcar encontro com a temida Alemanha no Rio de Janeiro.

Os comandados de Sabella acabam com um tabu de 24 anos da seleção albiceleste sem avançar à final de uma Copa – a última vez foi em 1990, exatamente contra a Alemanha, quando os argentinos acabaram derrotados na Itália. A última conquista argentina em um Mundial ocorreu no longínquo ano de1986.

A Holanda, por sua vez, buscava a quarta chance de conquistar um título mundial. Vice-campeã por três vezes (1974, 1978 e 2010), a seleção europeia era a única remanescente que poderia conquistar um título inédito, mas deixa o Brasil com mais uma frustração.

Agora, a seleção argentina prepara-se para disputar a sonhada final da Copa do Mundo em 13 de julho. Os sul-americanos encararão neste domingo a temida Alemanha às 16h (de Brasília) no Maracanã, palco da final da Copa de 1950. Já os holandeses se contentarão com a disputa do terceiro lugar, contra a Seleção Brasileira, às 16h de sábado, no Mané Garrincha (DF).

Vitória da Conquista estreia na Serie D no dia 19/7

Por Luciano Pina
Fonte Site Oficial do Clube

10456019_595754827210970_1238299581724514467_n

O Vitória da Conquista realizou uma enquete no site oficial do clube, procurando saber do torcedor os horários mais interessantes para a realização das partidas pela Série D do Campeonato Brasileiro deste ano.

O resultado apresentou domingo pela manhã na primeira colocação com 32%, quatro porcentto a mais que sábado às 16 horas, que ficou na segunda colocação.

Em reunião realizada entre a diretoria, comissão técnica e jogadores, a decisão acabou sendo de mandar os jogos no sábado às 16 horas, apesar do resultado da pesquisa. Alguns motivos foram colocados nesta reunião, entre eles, o principal é o rendimento dos atletas em jogos realizados neste horário serem menores, principalmente porque a partida terminaria depois do meio dia.

Alguns torcedores também demonstraram preocupação junto aos diretores, alegando que os domingos pela manhã são realizados diversos campeonatos de futebol amador e os “babas” dos praticantes do futebol aos finais de semana.

Com isso, a partida de estréia do Bode contra o Betim pela Série D, será no sábado, dia 9, às 16 horas no Estádio Lomanto Júnior.

outdoor_pq

Quatro times buscam o primeiro título no Campeonato Municipal

Por Luciano Pina
Foto Eliezer Oliveira

O Botafogo campeão da segundona no ano passado sonha com o título

O Botafogo campeão da segundona no ano passado sonha com o título

Quatro dos oito times que vão disputar as quartas de final do Campeonato Municipal de Futebol buscam o título pela primeira vez. Botafogo, Maru, Moicano e Ponte Preta ainda não tiveram o gosto de gritar é campeão na elite do futebol amador.

Para avançar a semi e brigar pelo título, o Botafogo campeão da segundona no ano passado terá que eliminar o Kadija atual campeão da primeira. Já Maru e Moicano disputarão em duas partidas quem segue com o sonho pelo título. Enquanto a Ponte Preta terá pela frente o time do Santos maior detentor de canecos da competição.

O outro confronto será entre os times do Beira-Mar e Simonassi que já tem títulos.

Devido a final da Copa do Mundo, os embates das quartas só serão realizados a partir do próximo dia 19.

Confira os jogos de ida:
19/7

Simonassi x Beira-Mar
20/7
Santos x Ponte Preta
26/7
Moicano x Maru
27/7
Botafogo x Kadija

Vitória da Conquista segue se preparando para a estreia na Série D

Por Luciano Pina
Foto Eliezer Oliveira

12458_476769825758860_7055415272869554911_n

O time do Vitória da Conquista segue se preparando para a estreia no Campeonato Brasileiro da Serie D, diante do Ipatinga-MG, no estádio Lomanto Júnior.

Segundo a diretoria existe a possibilidade desta partida ser realizada na tarde do sábado (19), 16 horas.

Na manhã de hoje (8), os jogadores folgaram e na parte da tarde foi realizado um treino técnico na Toca do Bode. Já nesta quinta (10), os trabalhos serão realizados nos dois períodos: pela manhã na academia e a tarde no CT do clube. Enquanto que na sexta (11), só haverá treino na parte da tarde na Toca do Bode.

O Bode deverá fazer um jogo treino na tarde do próximo domingo (13), possivelmente contra na cidade Uruçuca, contra a seleção local.

Confiança intensifica preparação visando a Serie D

Por Luciano Pina
Fonte site do clube

ori_3a2ce9072f1807a20890898075b017e5

Comissão técnica do Confiança intensifica atividade focado em ampliar a velocidade do time. A diretoria não descarta a possibilidade de contratar mais atletas para a temporada que terá sua primeira partida no dia 27 de julho, em Itabaiana, contra o Porto de Pernambuco, pela disputa da Série D do Brasileiro.

Ontem (7), a equipe treinou em Itabaiana durante a manhã. As atividades serão retomadas na tarde da quarta (9), com um jogo treino contra a Seleção de Aquidabã.

Nesta quinta (10) o grupo descansa pela manhã e treina à tarde no Sabino Ribeiro. Na sexta-feira, a equipe viaja às 6 horas para Salvador, onde vai fazer um jogo treino com o Bahia. a previsão é de que o time volte para Aracaju logo após o jogo. E no sábado pela manhã, encerrará a semana com o treino regenerativo, seguido de folga no domingo.

Na segunda (14), as atividades serão retomadas pela manhã.

unimarc-modelo-4

Porto-PE estuda adversário da estreia na Serie D

Por Luciano Pina
Fonte Globo Esportes

escudo_globo_fc

A Série D do Campeonato Brasileiro começa no dia 20 de julho e as equipe estão de olho nos adversários de seus respectivos grupos, buscando conhecer melhor os seus oponentes. Com o Porto-PE não é diferente. O Tricolor do Agreste já está analisando seus arquirrivais. A equipe caruaruense está no grupo “A4” com Betim-MG, Confiança-SE, Vitória da Conquista-BA e Globo-RN.

Este último será o adversário do Gavião na estreia da 4ª divisão nacional. A equipe do Globo Futebol Clube é da cidade de Ceará-Mirim, cidade que fica a 30 quilômetros de Natal, capital do Rio Grande do Norte. O time tem apenas dois anos de fundação e ganhou esse nome em homenagem à Rede Globo, pelo empresário Marconi Barreto, que tem uma forte admiração por Roberto Marinho, fundador da emissora.

Apesar da pouca idade, a equipe potiguar já tem algumas conquistas, como a 2ª divisão do estadual, campeão da FNF (competição estadual), Copa Rio Grande do Norte e, este ano, conseguiu ser vice-campeão do Campeonato Potiguar, que lhe garantiu a vaga na Série D 2014.

O elenco do Globo conta com alguns destaques que, inclusive, estiveram na seleção do campeonato estadual. São eles: Renatinho Potiguar (lateral-esquerdo), Josicley (voltante) e o técnico da equipe, Higor César, considerado o melhor treinador da competição.

Porto e Globo estreiam na Série D no dia 20 de julho, às 16h, no Estádio Lacerdão, em Caruaru.

Globo pronto para o amistoso contra o América nesta quarta

Site do Time

fc3e023651a9ca7542e72255a2406194

Nem a chuva que caiu na manhã da última terça-feira (8) impediu que o treinador Higor César realizasse um treino de apronto com o time que enfrenta o América em partida amistosa esta quarta-feira (9), às 20h, no estádio Nazarenão, em Goianinha. O técnico tricolor parou por várias vezes o coletivo para corrigir o posicionamento de alguns atletas e, também, para ensaiar jogadas.

– O futebol de hoje é muito dinâmico e se renova todos os dias. Temos que buscar inovar, sempre buscando surpreender o adversário. Foi assim que fizemos na pré-temporada para o estadual e a receita deu certo, pra quê mudar? Tenho uma equipe muito boa nas mãos e uma dorzinha de cabeça também, já que contamos com um elenco de qualidade – disse Higor.

Confira oe relacionados:

GOLEIROS: Rafael e Messi; – LATERAIS: Geovane, Glaubinho, Nininho e Itto Cruz; ZAGUEIROS: Mecinho, Róbson e Anselmo; VOLANTES: Ramon, Jozicley, Da Silva e Leomir; MEIAS: MIller, Renatinho Potiguar e Alemão; ATACANTES: Ricardo Lopes, Vavá, Índio Oliveira e Romário

Messi, Robben e Van Persie: para eles, vitória vale mais que vaga na final

Uol

FBL-WC-2014-ARG-TRAINING

Para um jogador de futebol, poucas coisas podem ser mais relevantes do que a chance de disputar uma decisão de Copa do Mundo. Entretanto, não será apenas isso que estará em disputa nesta quarta-feira, quando Holanda e Argentina jogarão semifinal no Itaquerão. Não para Lionel Messi, Arjen Robben e Robin van Persie, pelo menos. Para eles, há motivos pessoais para sonhar com um triunfo.

No caso de Messi, a Copa é uma questão de afirmação. Eleito melhor do mundo em quatro temporadas (2009, 2010, 2011 e 2012), o argentino tem talento inquestionável. Além disso, possui extensa galeria de títulos conquistados com a camisa do Barcelona. Na seleção, porém, o Mundial sub-20 de 2005 e os Jogos Olímpicos de 2008 são tudo que ele venceu até agora.

Messi nasceu em Rosário, cidade que fica a 300 quilômetros de Buenos Aires. Deixou a região em 2000, aos 13 anos, quando foi jogar nas categorias de base do Barcelona. Durante muitos anos, foi questionado por ter pouca identificação com a população do país em que nasceu.

Contudo, o peso que Messi carrega é muito maior do que a sombra de Tevez. O atual dono da camisa 10 já disputou duas Copas (três jogos em 2006 e cinco partidas em 2010), mas anotou apenas um gol.

Nas duas Copas em que a Argentina foi campeã havia jogadores dominantes com a camisa 10. Foi assim com Mario Kempes, que fez seis gols nos últimos quatro jogos de 1978, e foi assim de forma ainda mais clara com Diego Maradona, grande destaque individual do Mundial em 1986.

A Copa de 2014 é a chance para Messi sepultar tudo isso. Sobretudo depois da lesão de Di María, principal escudeiro do camisa 10, que não poderá jogar contra a Holanda nesta quarta-feira.

10363571_400533933422057_6760002703095188692_n

Mídia mundial repercute vexame: “desonra” e “7 Maracanaços”

Terra

marcareproducaoalemanhabrasil

A imprensa mundial deu enorme destaque em seus sites à goleada da Alemanha sobre o Brasil por 7 a 1 pela semifinal da Copa do Mundo. Americanos, ingleses, italianos e espanhóis trataram o resultado como “eterna desonra”, “surra histórica” e consideraram uma humilhação maior que o “Maracanaço” de 1950.

“Eterna desonra”, estampou o diário esportivo Marca em sua crônica do duelo, acrescentando no subtítulo: “banho histórico da Alemanha no Brasil nas semifinais de seu Mundial com cinco gols nos primeiros 30 minutos”.

Já o jornal AS, também espanhol, qualificou a derrota como “Sete maracanaços” e apontou que a “Alemanha chegou à final após infligir ao Brasil a pior derrota de sua história”.

“Marcou cinco gols em apenas 18min no primeiro tempo. Excepcional atuação de Kroos e Khedira. Klose já é o maior artilheiro da história das Copas”, lembrou a publicação, citando a marca que pertencia a Ronaldo e agora é do atacante alemão, com 16 gols – um a mais que o ex-camisa 9.

Os italianos do Corriere dello Sport seguiram a mesma linha: “Brasil humilhado. Alemanha vence por 7 a 1 e volta a final”. Vale lembrar que a última decisão dos alemães em Copas do Mundo foi justamente contra a Seleção Brasileira, em 2002, quando os comandados por Felipão conquistaram o pentacampeonato mundial.

O The Guardian, tradicional jornal britânico, lembra da goleada, mas também faz questão de elogiar a atuação dos comandados por Joachim Löw: “Alemanha humilha anfitriões em Belo Horizonte em uma exibição espantosa”.

Os americanos do The New York Times estamparam: “Brasil fica atordoado pela Alemanha na semifinal da Copa”.

O Bild, um dos maiores jornais da Alemanha, destacou uma foto de Löw e Schürrle, um grande 7 a 1 inserida nela e a frase: “obrigado, nós te amamos”.

Felipão: “A responsabilidade pelo resultado catastrófico é minha”

Globo Esportes

felipao_jogo4_reu_95

Explicar o inexplicável. Luiz Felipe Scolari foi para a entrevista coletiva após a histórica goleada sofrida pela seleção brasileira com essa missão. Na conversa com os jornalistas, Felipão assumiu a culpa pelas escolhas e pela derrota por 7 a 1 para a Alemanha, em jogo válido pelas semifinais da Copa do Mundo, mas afirmou que a vida não acaba após o time canarinho perder a chance de disputar a final da competição no Maracanã, no Rio de Janeiro.

– Vamos ter uma sequência de vida normal porque a vida não acaba com essa derrota. Vamos trabalhar no vestiário, na Granja Comary, para pensarmos no próximo jogo – disse o treinador, que vai precisar levantar o astral do grupo para a decisão do terceiro lugar, no próximo sábado, em Brasília, com o perdedor do duelo entre Holanda e Argentina.

O treinador comentou ainda o clima no vestiário após a derrota para a Alemanha. – Horrível. Claro que o clima não era bom. Não tenho nada para neste momento, nessas primeiras horas. Temos que mudar o nosso comportamento. Mudar o ambiente. Vamos seguir fazendo o nosso trabalho, sabendo que a história continua.

Felipão afirmou também que é o culpado pelo desempenho da equipe na Copa do Mundo. Foram três vitórias, dois empates e uma derrota. – Quem é o responsável pelas escolhas? Sou eu. A responsabilidade pelo resultado catastrófico é minha. Eu fui o responsável.

O treinador deixou uma mensagem para o povo brasileiro, mas não crê que o futebol do país tenha que ser alterado pelo resultado desta terça-feira. Segundo o treinador, a goleada alemã foi fruto de uma pane em sua equipe.

Sem Neymar, Brasil deixa a máscara cair e é humilhado pela Alemanha

Gazeta Esportiva

t_120415_miroslav-klose-em-solo-brasileiro-deixou-ronaldo-para-tras-e-o-maior-artilheiro-das-copas

A máscara caiu. Diante de milhares de torcedores fantasiados de Neymar, a Seleção Brasileira não transformou em realidade a ilusão de que poderia ser bem-sucedida sem o seu principal jogador. Foi humilhada pela Alemanha com uma histórica e eterna derrota por 7 a 1 nesta terça-feira, no mesmo Mineirão onde já havia sofrido para superar o Chile nos pênaltis, e está fora da disputa pelo título da sua Copa do Mundo. Os gols foram marcados por Muller, Klose (o maior artilheiro dos Mundiais, agora à frente de Ronaldo), Kroos (2), Khedira e Schurrle (2). Oscar fez o de honra.

Se queria apagar a derrota para o Uruguai na final da primeira Copa do Mundo realizada no Brasil, há 64 anos, o Brasil conseguiu de forma vexatória. Perdia por 4 a 0 em 25 minutos de jogo. Em um Mineirão que virou Mineirazo, viu os seus torcedores reagirem com um choro que a psicóloga Regina Brandão e nem o melhor de seus colegas seriam capazes de conter. A revolta nas arquibancadas também acabou extravasada com irônicos gritos de “olé”, vaias (principalmente para o centroavante Fred), insultos e brigas.

A traumática queda diante da Alemanha foi o desfecho de um sonho que o Brasil alimentou muito graças a Neymar, alvo de uma joelhada de Zúñiga na vitória por 2 a 1 sobre a Colômbia, nas quartas de final, quando fez a sua exibição mais apagada no Mundial. Antes, o atacante havia sido importante nas vitórias por 3 a 1 contra a Croácia e por 4 a 1 em cima de Camarões, no empate sem gols com o México e na disputa de pênaltis com os chilenos.

Com a derrota na decisão da Copa do Mundo de 2002 muito bem vingada, a Alemanha agora se prepara para jogar a final do Maracanã às 16 horas (de Brasília) de domingo, contra o vencedor do confronto entre Holanda e Argentina. Ao Brasil, restará a melancólica disputa de terceiro lugar com o perdedor da outra semifinal, às 17 horas (de Brasília) de sábado, no Mané Garrincha. Mais uma vez, sem Neymar.

468x60_simonassi127

pmvc





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia