Globo Esportes

alemanha_taca_festa_get_95

O quarto título mundial, conquistado no último domingo sobre a Argentina, fez da seleção alemã a mais valiosa do mundo, de acordo com estudo da “Pluri Consultoria”. Os dados divulgados nesta terça-feira apontam uma alta de 15,5% no valor total da equipe, que era a quarta colocada no ranking antes da competição. A equipe comandada por Joachim Löw agora vale € 519,2 milhões (R$ 1,5 bilhões).

Antes líder, a seleção espanhola teve seu valor de mercado abalado pela eliminação na fase de grupos do Mundial. A queda de 7,3% levou os campeões de 2010 para a terceira colocação da lista. O Brasil, por sua vez, perdeu uma posição e agora é o quarto, depois de sofrer uma desvalorização de 4,6%.

Segundo o estudo, a soma do valor dos 736 jogadores participantes da Copa do Mundo teve alta de € 65,3 milhões (R$ 196,8 milhões), chegando a € 6,3 bilhões (R$ 19 bilhões) – uma alta de 1,1%. A seleção que mais se valorizou após o Mundial no Brasil foi a Costa Rica, considerada a grande surpresa da competição: o valor de mercado dos atletas subiu 28,4%. Os EUA e o México também apresentaram altas significativas. Por sua vez, Nigéria, Rússia e Gana apresentaram as maiores quedas.

outdoor_pq