Site do Clube

00642

O Bahia de Feira foi o time que mais empatou na primeira fase – cinco vezes – sabe que amanhã, diante do Vitória da Conquista,  este resultado não pode acontecer, pois favorece ao adversário, que fez melhor campanha na primeira parte do Campeonato Baiano.

O técnico Nadélio Rocha e os atletas do Tremendão sabem muito bem da responsabilidade que o time tem de fazer prevalecer o mando de campo. “Muita gente reclama de tantos empates, mas isso faz parte do contexto, mesmo a gente sabendo que incomoda muito. Temos ainda problemas de ajuste, que esperamos superar a partir de agora, ainda mais porque só temos duas chances de continuar brigando pelo título”, disse Nadélio Rocha.

Os dois times se encontraram na 1ª fase, no Estádio Joia da Princesa, e o resultado foi um empate em 0 x 0. “Não jogamos muito bem naquela oportunidade, mas devido as circunstâncias foi um resultado importante porque nos ajudou na classificação final. Agora não podemos nem pensar no empate. Temos mais é que vencer para, na partida para administrar o resultado no jogo de volta na semana seguinte”, analisou o treinador.

Outro fator considerado por Nadélio Rocha é a ótima campanha do Vitória da Conquista, que terminou a 1ª fase com o melhor desempenho geral dentre os clubes participantes. “É mais uma prova da dificuldade que teremos pela frente, mas todos estão imbuídos da responsabilidade e vamos fazer de tudo para vencer a partida para reverter a vantagem do adversário”, comentou. 

unimarc-modelo-4