WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

abril 2015
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  



drupal counter

:: 28/abr/2015 . 16:54

A mágica da união: entrosado e forte, Conquista chega perto de título inédito

Globo Esportes

vitoria

Na mágica, o grande segredo para o encanto da plateia está no mistério. Nunca revelar a chave de um truque é a primeira lição aprendida por aqueles que ousam burlar a realidade. Cartas escondidas nas mangas, a ilusão provocada pelos espelhos, o coelho na cartola, pequenos detalhes que deixam o público boquiaberto em busca de explicações para justificar aquilo que não podem acreditar. O Vitória da Conquista aprendeu a fazer mágica no Campeonato Baiano deste ano. Invicto, o time do interior venceu o favorito Bahia por 3 a 0 no último domingo, no estádio Lomanto Junior, na primeira partida da final, e se aproximou do primeiro título estadual da sua curta história. Ao contrário dos mágicos de fraque e cartola, os magos alviverdes não fazem o menor esforço para esconder o segredo. Nada de cartas marcadas, baús com fundos falsos e lâminas retráteis. A aposta é na união de um grupo marcado pela ausência de estrelas e pela sede de conquistas.

O passo a passo do truque foi relatado pelos atletas do Bode ao GloboEsporte.com. O atacante Neto Potiguar destaca o entrosamento e a força do grupo do Vitória da Conquista. O elenco foi formado apenas no início deste ano, mas possui peças identificadas, caso do zagueiro Sílvio, no clube desde a fundação, há dez anos, e o atacante Tatu, na terceira passagem pelo Alviverde.

– Acho que é um grupo. Todo mundo desde o começo, o primeiro jogo contra o Bahia, já pensava em ser campeão. Realmente temos um grupo forte. O Bahia tem uma excelente equipe, a gente vai respeitar, mas o que nos credencia é a nossa união. Um grupo, são vários jogos, não adianta ter só 11. Quem está entrando está dando conta do recado e estamos atingido nossos objetivos – disse.

Autor de um dos gols da partida contra o Bahia no último domingo, o volante Fausto destaca a mescla entre atletas experientes e jovens com potencial como parte da mágica do Conquista.

– Nosso diferencial primeiramente é Deus. Desde o início, colocamos Deus nessa competição, nessa caminhada. E esse grupo que foi formado… Um grupo de homens, de atletas comprometidos com o objetivo. Mesclado com jogadores experientes e jovens com potencial muito grande. Um time que chega à final invicto, para enfrentar o Bahia de igual para igual… Com todo respeito, sabemos da diferença, o Bahia é um time de Primeira Divisão, que está vivendo um momento na Segunda Divisão. Com esse respeito, vamos entrar em campo para fazer um grande jogo. São dois times fortes que vão se enfrentar e, se Deus quiser, no final vamos sair consagrados com o título do Campeonato Baiano – afirmou o volante.

O Vitória da Conquista disputou 11 jogos na atual edição do Campeonato Baiano. Foram seis triunfos e cinco empates, aproveitamento de 69%. Para ficar com o título estadual, o Bode pode até perder por dois gols de diferença na Arena Fonte Nova, no próximo domingo.

Bahia x Conquista: venda de ingressos para partida começa nesta terça-feira

Globo Esportes

fautso1_thumb

Começa às 18h desta terça-feira a venda de ingressos para a partida entre Bahia e Vitória da Conquista, pela final do Campeonato Baiano. Até a quinta-feira, apenas sócios adimplentes podem comprar os bilhetes, que serão disponibilizados ao público em geral com preço promocional entre quinta e sábado. No domingo, dia do jogo, as entradas saem pelo preço normal. O duelo será realizado às 16h de domingo, na Arena Fonte Nova.

Na noite desta terça, os sócios podem comprar os ingressos pela internet. Nesta quarta-feira, a venda será realizada também na bilheteria Norte do estádio, das 9h às 19h. De quinta a sábado, todos os torcedores podem adquirir suas entradas com preços promocionais nas bilheterias da Arena, entre 9h e 19h, além da internet. A venda para a torcida visitante começa a partir de quinta-feira.

Preços por setor

Até sábado:
– R$ 10 (meia-entrada) e R$ 20 (inteira) no setor Super Norte;
– R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira) no Norte;
– R$ 22 (meia) e R$ 44 (inteira) no Leste;
– R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira), no Oeste;
– R$ 140 – Lounge Premium;
– R$ 22 (meia) e R$ 44 (inteira), visitante.

Na quarta:
– R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira) – Super Norte;
– R$ 22 (meia) e R$ 44 (inteira) – Norte;
– R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira) – Leste;
– R$ 30 (meia) e R$ 60 (inteira) – Oeste;
– R$ 140 – Lounge Premium.

Pontos de venda

Terça-feira – PREÇO PROMOCIONAL (EXCLUSIVO SÓCIO)
– Internet – a partir das 18h (exclusiva time mandante)

Quarta-feira – PREÇO PROMOCIONAL (EXCLUSIVO SÓCIO)
– Internet – 24h (exclusiva time mandante)
– Bilheteria Norte da Arena Fonte Nova – 9h às 19h

Quinta a sábado – PREÇO PROMOCIONAL (TODOS OS TORCEDORES)
– Internet – 24h (exclusiva time mandante)
– Bilheterias da Arena – 9h às 19h

Domingo – PREÇO REGULAR (TODOS OS TORCEDORES)
– Internet – até 15h30 (exclusiva time mandante)
– Bilheterias da Arena – a partir das 9h (mandante e visitante)

Por causa de chuvas e tragédias em Salvador, concurso Musa do Baianão é adiado

Galáticos Online

montagem_musas_690_21042015

Por conta das fortes chuvas que caem em Salvador e que causaram grandes tragédias na capital soteropolitana, a Federação Bahiana de Futebol (FBF), em solidariedade às famílias que perderam seus entes queridos e ficaram desabrigadas, resolveu adiar a cerimônia da final do “Musa do Baianão 2015”.

A vencedora do concurso seria escolhida na noite da próxima quinta-feira (30), no setor Lounge Premium da Arena Fonte Nova. Respeitando o momento de dor dos baianos, muitos deles torcedores e apaixonados pelo futebol, a entidade transferiu a final do concurso para a festa dos “Melhores do Baianão 2015”.

A musa do Baianão será escolhida no mesmo evento de premiação dos destaques e de escolha da seleção do estadual. A festa acontecerá na noite do dia 5 de maio, no Clube Espanhol. A FBF também determinou a realização de um minuto de silêncio em homenagem póstuma aos falecidos nas decisões de ambas as categorias do Campeonato, a serem realizadas entre sexta-feira (1º) e domingo (3).

Concorrem ao posto de musa as representantes escolhidas por cada um dos 12 clubes. São elas Bianca Shauane (Juazeirense), Anne Santos (Bahia), Luana Santos (Vitória da Conquista), Naiane Oliveira (Vitória), Malena Cordeiro (Feirense), Tamires Miguel (Bahia de Feira), Milena Gabriela (Catuense), Bianca Carvalho (Jacobina), Ingrid Thaís (Jacuipense), Keyla Cassimiro (Colo Colo), Jéssica Nascimento (Galícia) e Liliane Borges (Serrano).

outdoor_pq

Diretor Júridico da FBF explica regulamento do Baianão: ‘O Conquista não quer a Série D’

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.ZsBqfjv9I8

Em resposta ao possível precedente no regulamento do Campeonato Baiano 2015, o diretor jurídico da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Manfredo Lessa, tranqüilizou as torcidas do Colo-Colo e Juazeirense ao explicar sobre as vagas na Copa do Nordeste e Série D do campeonato nacional.

“O artigo proposto (Parágrafo 3º do Artigo 13) não pode ser interpretado isoladamente. No próprio parágrafo 4º determinamos que a vaga será retirada da disputa de 3º lugar. Nele, apenas procuramos disciplinar outras questões referentes ao campeonato.

O Artigo Além do mais, na reunião do conselho técnico que realizamos, tivemos a proposta de definir a vaga da Série D, Copa do Nordeste e Copa do Brasil para campeão e vice do Campeonato Baiano, mas foram os próprios clubes que votaram para repassar as vagas ao terceiro e quarto lugar”, afirmou Lessa, que não se preocupa com um possível luta do Conquista pela vaga na quarta divisão nacional. “O Conquista não quer a vaga para a Série D. O próprio presidente do clube afirmou que fez apenas uma consulta sobre a possibilidade, mas ele mesmo está preocupado com o título do Baiano”, reiterou.

Em regulamento, FBF abre precedente para vaga da Série D ao finalista do Baianão

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.bBOzylDeZ6

Na última semana, a Federação Bahiana de Futebol confirmou que a vaga da Série D do Campeonato Brasileiro de Futebol não ficaria com o Vitória da Conquista, finalista do torneio. Segundo matéria publicada pelo jornal A Tarde, conversas entre o clube alviverde e a FBF acabaram por confirmar que apenas a decisão de 3º lugar definirá o clube participante do torneio nacional. Entretanto, ao se observar o regulamento do Baianão deste ano, presente no site oficial da Federação, é encontrado no Capitulo III (referente as vagas dos torneios nacionais e regionais) um parágrafo que pode abrir um precedente a favor do Bode do Sudoeste.

Enquanto o Artigo 12 dá ao campeão e vice do torneio as vagas para o Nordestão 2016, o Artigo 13 fala sobre a disputa do terceiro lugar, onde o vencedor escolherá a sua vaga no Nordestão 2016 ou na Série D 2015, com o quarto colocado herdando a competição que não for escolhida pelo vencedor da disputa. No próprio texto é salientado que se um dos dois times já estiver presente nas Séries A ou B, ele automaticamente não poderá escolher a disputa da quarta divisão do Brasileirão.

400x380xced.jpg.pagespeed.ic.pTQNllITZo

Entretanto, no Parágrafo 2º do mesmo artigo, existe uma abertura a essa disposição de vagas. Segundo o texto, a disputa do 3º lugar só definirá vagas para a Copa do Nordeste 2016 ou Série D 2015 se a final do Campeonato Baiano for disputada por equipes que já conquistaram vagas nas competições nacionais anteriormente dispostas (Série A ou B), o que acaba sendo confirmado no Parágrafo 3º, que sinaliza de forma clara que a disputa paralela a final só define participantes a quarta divisão “na hipótese da final do Campeonato Baiano de Futebol Profissional 1º Divisão – Edição 2015 ser disputada pelas Associações integrantes das Séries “A” ou “B” do Campeonato Brasileiro de Futebol”.

Estes parágrafos confirmam uma afirmação do presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, em entrevista exclusiva ao Bahia Notícias no sorteio dos grupos do Baianão 2015, realizado no final de 2014.

Após goleada, elenco do Vitória da Conquista retorna aos treinamentos

Por Luciano Pina
Foto Eliezer Oliveira

MG_0206-560x369

Após a goleada aplicada no Bahia, no último final de semana faz parte do passado, o elenco do Vitória da Conquista já retornou aos treinamentos visando a partida de volta que acontece neste domingo (3), ás 16 horas, na Arena Fonte Nova, valendo o título do Campeonato Baiano.

Na manhã de hoje (28), os jogadores participaram de um trabalho físico na academia e no periodo da tarde o treinador Evandro Guimarães comanda um treino técnico na Toca do Bode.

Nesta quarta (29), os trabalhos acontecerão nos dois períodos: pela manhã na academia na parte da tarde no estádio Lomanto Júnior.

Na quinta (30), o time treina pela manhã no Lomantão e a noite embarca para Salvador.
Sem nenhum problema de contusão ou suspensão, o comandante do Bode deverá repetir a mesma formação do último confronto.

Os organizadores de caravanas que vão assistir o jogoo na capital baiana deverão fazer um cadastaremento na sede do Vitória da Conquista.

unimarc-modelo-4

Confira a classificação de momento do municipal

Por Elias José

Após a abertura da terceira rodada do Campeonato Municipal de Futtebol, confira com ficou a classificação de momento.

10360782_430129297164554_3344074630098848999_n

ECPP 3 x 0 Bahia: Foi pouco, poderia ter sido 7 x 0

Futebol Bahiano
Por Danilo Pereira

ecpp x bahia

Até concordo que o Bahia, por seu tamanho, sua história, tivesse a obrigação de vencer o Vitória da Conquista. Mas quando a partida iniciou no Lomantão deu logo para perceber que o Vitória da Conquista estava com um comprometimento tático efetivo que certamente acabaria o primeiro semestre de Tite e CIA, é apertar a saída de bola até dizer chega, Tatu fez isso direitinho, a defesa do Bahia passou o tempo dando bicudas sem direção fingindo que estavam fazendo lançamentos, entre outras finas artes do desespero tático no qual o elenco do Bahia foi extremamente familiarizado durante os 90 minutos, em desrespeito com a grande torcida tricolor – que não era tão grande assim em Vitória da Conquista, já que a massa alviverde fez uma linda festa no Lomantão.

No primeiro tempo o time conquistense dominou amplamente a peleja, mas não soube transformar as oportunidades em gol, consequentemente o filme de Alemanha e Brasil não foi reapresentado, a impressão é que o time do Bahia era de doer, tão ruim ou mais que todos os adversários que o Conquista na humildade máxima deixou pelo caminho esse ano. A coisa estava funcionando surpreendentemente bem, e o Conquista só não deixou o primeito tempo com 3 a 0 porque Tatu treinou tudo menos finalização.

Começou o segundo tempo e um inexplicável baile conquistense entrava em ação, parecia até que os jogadores do Bahia estavam sendo pagos para não jogar. Naturalmente que com o Bahia perdidão e Tatu correndo igual Bolt começou a sair gol. Fausto vendo a defesa do Bahia bater cabeça, subiu e fez o dele com grande estilo, Diego Aragão, entortando pescoço e coluna dos pobres beques tricolores, fez outro gol lindo, lindo, e André beleza fez mais um, dessa vez chutando entre os zagueiros sem chance pro goleiro tricolor. 3×0 incontestável, o Vitória da Conquista, por hora desengasga o caroço dos 5 a 0, em Camaçari.

Poderia ter sido os 7 a 0, mas em respeito ao Brasil, fugindo da lembrança da Alemanha, Tatu perdeu um monte, o árbitro não deu pênalti claro em Carlinhos, mas a torcida conquistense não precisa se preocupar com o acréscimo da sacolada, pois jogou um futebol bastante superior, mostrou segurança, comprometimento tático e garantiu uma boa vantagem para o jogo de volta, a preocupação é única do tricolor, ou seja, a torcida do Bahia tem uma porrada de bons motivos pra não aparecer no estádio.

O Vitória da Conquista invicto, e agora com uma uma boa vantagem viaja pra Salvador com os pés no chão, pois está longe do Vitória da Conquista agir com soberba e arrogância, pois apesar de todas suas fraquezas o Bahia é um grande clube e deve ser respeitado. Do lado de lá tudo é desespero e tensão. Do lado conquistense o estilo é o mesmo humilde e reservado. É assim que se constroem grandes campeões.

Ah, sim, quase esquecia: Gol do Conquista!

Bahia pode voltar a perder estadual para clube do interior após mais de 40 anos

Galáticos Online

fluminense 1969

Com a derrota no último domingo, por 3 a 0, para o Vitória da Conquista, o Bahia pode voltar a perder um título estadual para clubes do interior depois de mais de 40 anos sem isso ocorrer.

Ao longo da história do Campeonato Baiano, o Bahia perdeu o título estadual duas vezes para equipe do interior. Em 1963 e 1969, ambos para o Fluminense de Feira de Santana.

Depois da derrota de 1969, o Bahia voltou a enfrentar equipes do interior nas finais e venceu como: Atlético de Alagoinhas, Itabuna, Catuense, Juazeiro e o próprio Fluminense de Feira de Santana.

468x60_simonassi127

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia