Futebol Interior

728x544

A Copa Libertadores da América 2015 está chegando ao final. Nesta quarta-feira, Internacional e Cruzeiro, os dois últimos brasileiros presentes na competição, terão uma prova de fogo pela frente. A Raposa enfrenta o temido River Plate. O clube argentino não vive uma de suas melhores fase, mas segue sendo muito respeitado. Já o Colorado desafia o Santa Fé, que sonha em levantar a sua primeira taça. As partidas prometem e tudo pode acontecer nos 90 minutos.

Apesar de estarem em lados opostos na chave, o caminho de Inter e Cruzeiro pode se tornar o mesmo. Os clubes se cruzam se seguirem vivos na competição. Uma derrota, seja para quem for, o trajeto continua como previsto, já que, nesta edição, a final não poderá ser entre dois clubes do mesmo país.

O River Plate, o que tudo indica, não terá a mesma sorte da última rodada, contra o Boca Juniors. Na ocasião, classificou no “tribunal” após o arquirrival ser corretamente eliminado por conta de um torcedor que jogou gás de pimenta nos jogadores do River. Porém, haviam vencido no Monumental por 1 a 0 e ainda tinham a vantagem, diferente do que acontecerá conta o Cruzeiro.

O alçapão foi feito, mas o resultado não ocorreu como previsto. O Cruzeiro se comportou melhor e acabou conquista uma excelente vitória por 1 a 0, o que complicou e muito a vida do River Plate, que terá que quebrar um tabu para avançar. Nesta edição da Libertadores, o clube argentino ainda não conquistou um triunfo sequer fora de seus domínios e a Raposa não perdeu.

O Internacional vem de uma vitória heroica contra o Atlético-MG e enfrenta o Santa Fé precisando correr atrás do prejuízo. Na partida de ida, na Colômbia, acabou perdendo por 1 a 0, fazendo com que precise marcar dois ou mais gols para avançar. Mesmo jogando por um empate, o time colombiano promete ir ao ataque.