Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.emy-O11z-q

A polêmica que cerca o Colo Colo após a descoberta de atletas irregulares na primeira rodada do Campeonato da Série D continua. Depois da demissão da equipe de Ilhéus, o técnico Duzinho acusou o presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues de impor esta decisão ao time do interior. “O Ednaldo (Rodrigues) pediu para o Colo Colo demitir a comissão técnica. Infelizmente, o sistema acaba fazendo essa imposição”, afirmou ao Bahia Notícias.

Por sua vez, o mandatário da entidade máxima do futebol da Bahia declarou ao BN que não tem poder nas decisões dos filiados e afirmou que o ex-treinador da equipe estava ciente da irregularidade dos jogadores. “A Federação não emprega comissão técnica. A responsabilidade disso é da presidência.

Ele (Duzinho) fala muitas coisas que não tem nexo. Nossa exigência é que os filiados tenham uma lisura dentro do quadro da entidade. O presidente do Colo Colo analisou e constatou que o treinador sabia da irregularidade”, rebateu.