WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

agosto 2015
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  



drupal counter

:: 2/ago/2015 . 9:42

Minotauro mostra raça, resiste os três rounds, mas perde para Struve no Rio

Globo Esportes

72

Não foi desta vez que Rodrigo Minotauro voltou a vencer. Aos 39 anos, ele foi superado por Stefan Struve, 12 anos mais novo, na madrugada deste sábado para domingo, no card principal do UFC 190, na Arena da Barra. A vitória do holandês foi por decisão unânime (triplo 30-27), mas o brasileiro caiu de pé ao mostrar resistência para aguentar os golpes do rival por todo o combate. Após o duelo, Struve levantou Minotauro e mostrou respeito pelo atleta na entrevista no octógono.

– Sei que vocês queriam que seu ídolo vencesse hoje. Mas eu não poderia deixar que isso acontecesse. Eu respeito ele tanto quanto vocês. Ele não é normal, acertei tudo e ele não caiu, passei mal, vomitei três horas antes da luta, estava desidratado então meu preparo não estava bom. E ele é incrível, lutei com um cara incrível. É sensacional poder lutar com seu herói – afirmou.

Esta foi a terceira derrota seguida de Minotauro e a décima na carreira, que também conta com 34 vitórias, um empate e um “No Contest” (luta sem resultado). Já o holandês se recuperou após perder seus últimos dois compromissos e agora possui cartel de 26 triunfos e sete reveses.

outdoor_pq

Em revanche no UFC Rio, Shogun vence Minotouro pela segunda vez

Combate

101_1

Dez anos depois, Maurício “Shogun” Rua e Antônio Rogério “Minotouro” Nogueira se reencontraram, e o resultado foi o mesmo da primeira luta entre os dois: vitória do curitibano Shogun por decisão unânime (triplo 29-28), neste sábado, na Arena da Barra. O coevento principal do UFC Rio 7 (UFC 190) não teve o mesmo ritmo do combate de 26 de junho de 2005, válido pela segunda rodada do GP peso-médio do Pride e considerado um dos melhores da história do MMA, mas empolgou o público com grandes momentos para ambos os lados. A torcida, contudo, vaiou a decisão a favor de Shogun; em sua maioria, a plateia apoiava Minotouro, que treina a poucos quilômetros de distância do ginásio, no Recreio dos Bandeirantes, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Disposto a obter o mesmo resultado da primeira luta, Maurício Shogun tomou o centro do octógono e tentou ditar o ritmo da luta. Ele acertou bom chute no corpo e um direto de direita, mas Rogério Minotouro estava rápido na esquiva. O baiano mostrou seu bom boxe em linha e conectou um bom cruzado de direita. Os dois iam se igualando nos golpes de mão, e Shogun passou a investir nos chutes: soltou um alto, defendido por pouco por Minotouro, e encaixou um forte na linha de cintura. Minotouro respondeu e balançou Shogun com um direto de esquerda, que pegou no “pé da orelha”. Ao ver que o rival sentiu, o baiano partiu para cima, encaixando uppers e cruzados. Shogun se apoiou na grade, levou uma joelhada, mas nunca parou de “trocar chumbo”. A luta franca e corajosa levantou o público.

– Senti o golpe, realmente, fiquei muito grogue. Consegui me recuperar e vencer. Sabia que o Minotouro é um cara duro e viria preparado, mas consegui a vitória – disse Shogun após a luta.

Levando um atraso em pé, Shogun surpreendeu e buscou a queda. Com um single leg, derrubou Minotouro e avançou à meia-guarda, onde foi moendo o baiano faixa-preta de jiu-jítsu. Rogério Nogueira conseguiu se defender e se recolocar em pé, onde voltou a soltar os cruzados e diretos. Shogun travou o combate trabalhando no clinche. O árbitro Mário Yamasaki separou os dois, e Maurício Rua conectou fortes chutes na linha de cintura, além de um bom cruzado de esquerda.

Minotouro voltou a andar para frente no terceiro e último round, soltando o jab de direita e o cruzado de esquerda. Shogun respondeu com mais um forte chute à meia altura e, engolindo muitos jabs, buscou a queda e travou a luta no clinche. Minotouro se desvencilhou, ignorou novo chute sofrido na cintura e foi encaixando seus jabs e diretos. Shogun conseguiu um bom cruzado de direita e voltou a tentar o single leg, sem sucesso. Na segunda metade do round, o baiano diminuiu o ritmo, e o ex-campeão peso-meio-pesado do UFC passou a acertar mais golpes no boxe. Ele conectou mais um chute à meia altura e Minotouro voltou a atacar. Shogun buscou novamente o clinche e o baiano puxou para a guilhotina. Ele apertou com força, mas o curitibano livrou o pescoço com 22s restando. Shogun encerrou a luta com cotoveladas na cabeça.

Foi a primeira vitória de Maurício Shogun desde 2013, após duas derrotas seguidas. O brasileiro passa a somar 23 vitórias e 10 derrotas. Minotouro sofreu sua sétima derrota, contra 21 triunfos.

– Venci um round por dois pontos. No segundo round ele venceu sim por um ponto. Eu acho que venci por um ponto. Na guilhotina do terceiro round ele já estava roncando – analisou Minotouro.

Moicana e Ponte Preta ficam no empate pela semi do municipal

Por Luciano Pina
Foto Esportes do Sudoeste

LCDT-seifinal-ponte-1x1-Moicano-01-08-2015-033-cópia

As equipes do Moicana e Ponte Preta fizeram uma partida bastante equilibrada na tarde deste sábado (1º), no estádio Edvaldo Flores, na partida de ida das semifinais do Campeonato Municipal de Futebol, promovido pela LCDT. No final o placar de 1 a 1 acabou mostrando o equilíbrio.

O atacante Johnny (foto) marcou para o Moicana e se isolou na artilharia da competição com sete gols. Fagner empatou para a Ponte e chegou a cinco gols.

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo (9), decidindo uma vaga na final.

A Ponte preciosa apenas de um novo empate para ficar com a vaga. O Moicana vai à final vencendo por qualquer placar.

FBF lança intermunicipal de 2015

FBF

IMG_0832

A bola ainda não rolou, mas a “largada” foi dada em mais uma edição da maior competição de futebol amador do Brasil. Diante de uma imensa plateia e com direito a todas as pompas e holofotes a que merece, o Intermunicipal 2015 foi lançado na manhã deste sábado (1º).

O já tradicional Congresso do Campeonato foi realizado pela Federação Bahiana de Futebol. Dirigentes e representantes das Ligas Municipais, autoridades e profissionais da imprensa esportiva da Capital e do Interior do Estado se reuniram no Bahia Othon Palace Hotel, em Salvador, para acompanhar todos os detalhes da competição que mexe os corações dos baianos.

Até dezembro, quando será conhecido o campeão, a Bahia irá respirar Intermunicipal. Afinal, nenhum outro torneio de futebol no país é capaz de gerar 2000 empregos diretos e outros 8000 indiretos de profissionais que trabalham como treinadores, preparadores físicos, supervisores, massagistas, enfermeiros, porteiros, bilheteiros, vendedores ambulantes, prestadores de serviços etc.

Além dos mandatários da entidade máxima do futebol baiano, os congressistas puderam conferir e acompanhar as palavras do técnico do time feminino do São Francisco do Conde Esporte Clube, Mário Augusto Filgueiras, e da secretária da Comissão Estadual de Árbitros de Futebol da Bahia (Ceaf-BA), Tânia Regina Saldanha. Estes foram os responsáveis por ministrar as palestras “Expansão do Futebol Feminino no Interior do Estado” e “Aspectos do regulamento que refletem na arbitragem”, respectivamente. Todos compuseram a mesa diretora, ao lado, ainda, do presiente Ceaf-BA, Wilson Paim; da diretora técnica da FBF, Taíse Galvão; da prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva; do presidente do Conselho Fiscal da FBF, Wildberg Andrade; do presidente da ABCD, Márcio Martins, e dos vice-prefeitos de Luís Eduardo Magalhães e Mairí, Marcos Alecrim e Aliomar Muritiba, respectivamente.

Encerradas as exposições, foi iniciado o momento mais esperado do Congresso. A hora de conhecer o regulamento, tabela e divisão dos grupos regionalizados para a 1ª fase do Intermunicipal 2015.

As 66 Seleções participantes ficaram divididas em 18 grupos regionalizados, sendo 12 de quatro Seleções e seis de três Seleções cada.

Como antecipado pela FBF, a abertura do Campeonato acontecerá no dia 9 de agosto, às 10h30, na cidade da campeã da última edição. Cachoeira receberá, em casa, a Seleção de São Félix. No mesmo dia, mas às 15h, todas as outras Seleções entram em campo para fazer suas estreias e concluir a primeira rodada. Já a final está marcada para o dia 6 de dezembro.

Na estreia de Ronaldinho, Fluminense bate o Grêmio em casa cheia

Gazeta Esportiva

20024381849_66338cb536_k-1024x682

Não foi uma atuação de gala, mas a estreia de Ronaldinho Gaúcho deixou a torcida do Fluminense que compareceu ao Maracanã na noite deste sábado muito satisfeita. O camisa 10 mostrou a conhecida habilidade nos lances de bola parada e iniciou a jogada que resultou no gol de Marcos Junior.

A vitória por 1 a 0 fez o Tricolor das Laranjeiras subir para a terceira posição, com 30 pontos ganhos, enquanto o Grêmio segue com 27 pontos na sétima posição.

O Fluminense foi mais objetivo que o adversário e soube aproveitar a inferioridade numérica da equipe gaúcha, após a expulsão do volante Walace, no início do segundo tempo. O Grêmio não mostrou poder de reação e criatividade para fazer frente aos cariocas, e acabou perdendo para uma equipe que viveu uma noite mais feliz.

No próximo sábado, o Fluminense enfrenta o Avaí, na Ressacada, às 18h30 (de Brasília). Já o Grêmio tem clássico contra o Internacional, em casa, às 18h30 do domingo.

unimarc-modelo-4

Botafogo empata com o Luverdense e segue na liderança da Série B

CBF

20150801205846_0

Pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, seis jogos foram realizados na tarde deste sábado. Jogando em casa, o Botafogo empatou com o Luverdense e segue na liderança da competição. Empatados na pontuação, Vitória, Bahia e América-MG completam o G4.

No Estádio Nilton Santos, o Botafogo empatou em 0 a 0 com o Luverdense-MT e segue na primeira posição, com 30 pontos. O Luverdense, com 17, é o 16º colocado.

O América-MG quase chegou à liderança da competição diante do Vitória, no Barradão. A equipe visitante saiu na frente com gol de Marcelo Toscano, de pênalti, mas o time baiano conseguiu o empate aos 40 minutos do segundo tempo, com Rogério: 1 a 1. O Vitória é o segundo colocado e o América está na quarta posição. Os dois times estão com 28 pontos.

Na Arena Pernambuco, Fabiano Eller marcou para o Náutico, e Brinner deixou tudo igual para o Macaé: 1 a 1. Com o resultado, o time pernambucano deixou o G4 e agora está em quinto lugar, com 28 pontos. O Macaé, com 24, está na oitava posição.

Com gols de Jorginho, Arthur e Júnior Viçosa, o Atlético Goianiense venceu o Sampaio Corrêa-MA por 3 a 1, no Serra Dourada. Bruno Moura, contra, descontou para o Sampaio, sétimo colocado, com 25 pontos. O Atlético tem 18 pontos e está na 15ª posição.

Em Osasco, Rafael Martins marcou o gol da vitória do Oeste por 1 a 0 sobre o Santa Cruz. Com 23 pontos, a equipe paulista está em nono lugar, enquanto o Santa, com 22, aparece na 11ª posição.

No Durival Britto, Paraná e CRB-AL não saíram do 0 a 0. Com 20 pontos, a equipe paranaense ocupa o 13º lugar da tabela. O CRB, com 19, é o 14º colocado.

pmvc




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia