Globo Esportes

dm_20150729_013

Com 35 pontos, o Atlético-MG pode quebrar o próprio recorde no primeiro turno e terminar a primeira metade do Campeonato Brasileiro com a maior pontuação da história da competição em pontos corridos, com 20 equipes. Em 2012, o Galo fez 43 pontos em 19 rodadas, feito que o rival Cruzeiro igualou no ano passado.

Faltam ainda três jogos para o término do turno, e o Galo tem pela frente Goiás, no Serra Dourada, o Grêmio, no Independência, e a Chapecoense, em Chapecó. Por isso, com nove pontos disponíveis, o time de Levir Culpi não pode empatar nenhuma partida para bater as marcas anteriores para chegar aos 44 pontos.

Em 2012, o Atlético-MG brigou pelo título com o Fluminense, que acabou se tornando o campeão brasileiro daquele ano. No primeiro turno, o Galo teve aproveitamento de 75,4%, assim como o Cruzeiro em 2014 – que terminou o turno com saldo melhor (23 a 19).

Atualmente, com 72,9% de aproveitamento, o time atleticano tem motivos para ficar otimista. Apesar de ter dois jogos fora de casa, é o melhor visitante do Brasileirão – 61,9% de aproveitamento. O Galo venceu quatro jogos, empatou um e perdeu dois em sete disputados fora de Minas Gerais. Ainda mais contra o Goiás, que está na zona de rebaixamento na classificação geral e tem rendimento ruim como mandante: venceu apenas dois jogos no Serra Dourada, empatando outros dois e perdendo três.

A Chapecoense, por sua vez, tem como força os jogos na Arena Condá. Dos 23 pontos conquistados até a 16ª rodada no Brasileiro, 19 deles foram em casa. O Grêmio, adversário da penúltima rodada do primeiro turno, conquistou sete pontos fora de casa – sábado foi derrotado pelo Fluminense no Maracanã.