Globo Esporttes

17782097331_c971b2052c_o

O Vasco testa mais uma vez nesta noite no Maracanã o efeito da vitória – e agora também da eliminação do maior rival – sobre adversários do Brasileiro. E o desafio é contra um time que vem embalado, também em classificação emocionante na Copa do Brasil, mas que inspira cuidados na competição de pontos corridos. A grosso modo, o jogo das 18h30 no Maracanã reúne duas equipes que vêm embaladas de mata-mata atrás de uma sobrevida e esperança no Brasileiro.

O time do técnico Jorginho, que tenta motivar os jogadores vascaínos a cada dia, não vence no Brasileiro desde a 14ª rodada – no dia 19 de julho o treinador ainda era Celso Roth – e busca, mais uma vez, a arrancada para a missão que para muitos é impossível: escapar do terceiro rebaixamento para a Série B em oito anos.

– O time quer fazer esse jogo, aquele que a gente vai olhar e falar “esse mudou a história”, “daqui para frente a coisa vai mudar”. Estamos focados em reagir, precisamos levantar nesse torneio e não abandonar a luta – disse Martín Silva, o goleiro uruguaio, que ao seu modo é um dos líderes deste grupo vascaíno.

A classificação heroica na Copa do Brasil aumentou e muito a confiança dos catarinenses. Com pouco tempo para treinar e mais na conversa com René Simões, o Figueirense busca somar pontos no Rio de Janeiro para abrir distância do Z-4 e, de quebra, dificultar a vida de um rival que luta pela permanência na primeira divisão.