WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

outubro 2015
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



drupal counter

:: 5/out/2015 . 8:36

Jacobina se prepara para estreia na Copa Governador; Presidente mostra confiança

Jacobina Notícias

Jacobina-Notícia-0125

No dia 18 de outubro, quando entrar em campo, no Barradão, o Jacobina fará sua estreia em uma edição da Copa Governador do Estado. Seu primeiro adversário será o dono da casa, o Vitória.

Pouco mais de um ano após ter retornado à elite do futebol baiano, o Jegue da Chapada vai em busca de mais um título. E esse título dará ao clube uma vaga para disputar a tão sonhada competição, Copa do Brasil ou Série D, a ser escolhida pelo campeão.

Por isso, o time jacobinense está encarando a Copa como uma grande oportunidade de conquistar um espaço no cenário nacional. Foi o que afirmou o presidente do clube, Rafael Damasceno.

A experiência do grupo vem de jogadores como o volante Ananias, ex-Vitória; o atacante João Neto, ex-Bahia e campeão baiano pelo Bahia de Feira em 2011; e o meia Dinda, que acumula passagens por clubes como Náutico, Ferroviário (CE) e Fluminense de Feira.

Eles se juntam a novos contratados e formam um elenco de 26 atletas. A maioria dos reforços veio da Série D do Brasileirão 2015, mais precisamente do Serrano. Um deles é o atacante Adílio, artilheiro da Série B do Baianão 2015 atuando pelo Botafogo.

O comando deste grupo será do também experiente Edson Ferreira. O técnico passou por diversos clubes, entre eles o Sport, Náutico, São Raimundo (AM) e Serrano.

Fluminense e Bahia de Feira ficam no empate de 1 a 1

Jornal Folho do Estado

38592-3

Jogando na tarde deste domingo (4), no Estádio Luiz Viana Neto, na cidade de Santo Estevão o Fluminense empatou em 1 a 1 com o Bahia de Feira, em jogo amistoso visando a preparação das duas equipes para a disputa da Copa Estado. O resultado de 1 a 1 mostrou o equilíbrio do jogo, na primeira etapa o Bahia de feira esteve melhor que o Touro do Sertão, mas na segunda etapa o Fluminense de Feira conseguiu equilibrar a partida.

Depois de um zero a zero na primeira etapa no retorno para o segundo tempo às duas equipes modificaram suas peças e a partida tomou outro rumo. O Fluminense marcou primeiro depois de uma jogada rápida do jogador Robinho que deu o passe para o atacante Balotelli, o mesmo invadiu a grande área e com categoria tocou na saída do goleiro Waldson.

O Bahia de Feira chegou ao empate em uma cobrança de penalidade. Em uma bola alçada na grande área do Fluminense o zagueiro Igor acabou tocando com a mão na bola, o árbitro Ailton Leal assinalou a infração. Na cobrança o meia Peixoto bateu forte no canto esquerdo do arqueiro Jair, que nada pôde fazer dando números finais à partida. O jogo foi marcado por um grande numero de faltas de ambos os lados, além das expulsões do meia Luizinho do Touro do Sertão e do volante Alysson do Tremendão, sendo o empate o melhor resultado para as duas equipes.

Para o técnico do Touro do Sertão Paulo Sales o amistoso foi produtivo apesar do empate. “Foi um bom teste tivemos algumas falhas que precisam ser corrigida, mas deu sim para fazer uma analise da equipe principalmente dos atletas que entraram na segunda etapa”, disse Sales.

Já o atacante Marcelo Pano saiu satisfeito com a entrega da sua equipe. “Sabemos que qualquer partida entre Fluminense e Bahia de Feira é sempre uma batalha e hoje não seria diferente. Eles saíram na frente, mas tivemos tranquilidade e determinação para buscar o empate”, afirmou.

Escalações: Fluminense- Jair, Edson, Alysson, Igor, Junior, Marcelo, Fausto, Everlan (Azevedo), Luizinho (Robinho), Bawa (Mateus) e Balotelli (Mica). Técnico Paulo Sales. Bahia de Feira- Léo (Waldson), Maicon, Menezes, Correia, Jorginho (Cazumbá), Jarbas (Alysson, Orlan), Robert (Duyzio), Ivanildo (Lucas), Bruninho, Wesley (Peixoto) e Marcelo Pano. Técnico Barbosinha.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n

BRASILEIRÃO: Corinthians leva susto da Ponte, vê Galo encostar e Palmeiras dá vexame

Futebol Interior

728x504

O Corinthians empatou com a Ponte Preta, por 2 a 2, em Campinas, neste domingo à tarde, no estádio Moisés Lucarelli, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro – o BRASILEIRO CHEVROLET. O resultado diminuiu para cinco pontos a diferença para o vice-líder Atlético Mineiro – 61 a 56 – que era de sete pontos antes desta rodada. Isso porque o time mineiro, sábado, fez 3 a 0, em cima do Coritiba, no estádio Couto Pereira, na capital do Paraná.

Na briga pelo G4, o terceiro colocado é o Grêmio, com 52 pontos, ao empatar sem gols com o Cruzeiro, no Mineirão, seguido pelo Santos que fez 3 a 1 no Fluminense, na Vila Belmiro. Chegou aos 46 pontos, igual ao São Paulo, mas leva vantagem no saldo de gols: 14 a 6.

O jogo em Campinas teve até virada. O Corinthians saiu na frente com Jadson, aos 42 minutos do segundo tempo. Mas a Ponte Preta virou em dois minutos, com Elton, de cabeça, aos 16, e Felipe Azevedo, aos 18 minutos.

O time da capital, porém, foi buscar o empate com Rodriguinho, aos 39 minutos. A Ponte Preta vinha de quatro vitórias consecutivas e chegou aos 41 pontos, se mantendo na nona posição.

Na Vila Belmiro, o Santos ganhou do Fluminense, por 3 a 1. E começou em cima do visitando, abrindo 2 a 0 em 10 minutos. O primeiro gol foi de Lucas Lima, aos cinco minutos, num lance curioso porque o goleiro Diego Cavalieri tentou aliviar a bola e chutou em cima do santista.

Marquinhos Gabriel, aos 10 minutos, ampliou. Neto Berola ampliou aos 38 minutos do segundo tempo, de cabeça, para depois Robert marcar o gol de honra carioca, aos 46 minutos. Esta foi a 12ª vitória consecutiva do Santos em seu estádio que realmente se transformou numa “panela de pressão”. Com esta vitória, o Santos assumiu a quarta posição no lugar do São Paulo, superado pelo saldo de gols: 14 a 6. Poderia, à noite, ser alcançado pelo Palmeiras, com 45 pontos, mas que acabou goleado pela Chapecoense, por 4 a 0, em Santa Catarina.

Situação ruim é do Fluminense. Mesmo semifinalista da Copa do Brasil o time carioca não engrena no Brasileiro, onde soma 37 pontos, em 12º lugar. Pela manhã, no estádio da Ressacada, o Vasco da Gama empatou com o Avaí, por 1 a 1. Saiu na frente com nenê, de pênalti, no primeiro tempo, mas sofreu o empate com André Lima, na etapa final. O resultado deixou o time carioca ainda na penúltima posição, com 27 pontos. O Avaí tem 33 pontos, ainda perto da zona de rebaixamento.

Tristeza de um lado, alegria de outro. No Rio de Janeiro, pela manhã, com mais de 58 mil pessoas no Maracanã, o Flamengo venceu o Joinville, por 2 a 0, com gols de Ayrton, de falta, e de Gabriel, ambos no segundo tempo. O Flamengo soma 44 pontos, em sétimo lugar, enquanto o time catarinense permanece na lanterna, com apenas 24 pontos.

No Mineirão, num jogo sem muitas emoções, Cruzeiro e Grêmio empataram por zero a zero. O time mineiro permanece em posição intermediária, em 13º lugar, com 37 pontos. O time gaúcho desperdiçou a chance de encostar no vice-líder Atlético Mineiro, porque ficou com 52 pontos, em terceiro lugar.

No estádio Serra Dourada, em Goiânia, na briga direta contra o rebaixamento, de virada, o Figueirense, fez 3 a 2 sobre o Goiás. Mesmo assim, o time catarinense continua na zona de queda, com 31 pontos, em 18º lugar. O Goiás, também com 31 pontos, está fora da degola pelo saldo de gols: -1. O Goiás saiu na frente com Zé Love, de pênalti, aos 50 minutos do primeiro tempo. Mas o Figueirense virou o placar com dois gols de Dudu, aos 11 e aos 14 minutos no segundo tempo. Depois o time da casa empatou com Rafel Forster, aos 21, mas levou o terceiro com Rafael Bastos, aos 41 minutos.

O Palmeiras desperdiçou a chance de se manter dentro do G4, grupo que vai garantir vaga na Copa Libertadores da América, ao ser goleado pela Chapecoense, por 5 a 1, neste domingo à noite, na Arena Condá, em Chapecó (SC) no fechamento da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na zona de rebaixamento, houve também uma mudança. Com sua expressiva vitória, a Chapecoense deixou a zona de degola, chegando aos 34 pontos, em 14º lugar. Quem entrou na zona de queda foi o Goiás, com 31 pontos, em 17º lugar, que perdeu o confronto direto para o Figueirense, por 3 a 2, em Goiânia. Mas o time catarinense tem menor saldo de gols – -1 a -16 – e fica em 18º lugar. Abaixo aparecem o Vasco da Gama, com 27, em penúltimo, e o Joinville, com 24, na lanterna.

São Caetano, Ypiranga, Lajeadense e River avançam

CBF

20151004191722_1

Neste domingo (4), foram definidos os últimos classificados para as quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Operário-PR, São Caetano, Ypiranga-RS, Lajeadense-RS e River-PI estão garantidos na próxima fase.

Em Campina Grande, o Campinense-PB marcou com Valdeir e devolveu o placar do jogo de ida contra o Operário, levando a decisão para os pênaltis. Melhor para a equipe do Paraná, que venceu por 4 a 3 e se garantiu nas quartas de final.

Após vencer a ida por 3 a 0, o São Caetano perdeu para o Coruripe-AL por 1 a 0, no Anacleto Campanella, mas garantiu a classificação para as quartas de final. O time alagoano marcou com Naôh.

Em Erechim (RS), o Ypiranga se classificou ao derrotar o Rio Branco-AC por 3 a 0, com dois gols de João Paulo e um de Diego Miranda. Na ida, o time gaúcho já havia vencido por 1 a 0.

Fora de casa, em Caruaru (PE), a Lajeadense derrotou o Central-PE por 2 a 1, com gols de Ramon e Michel, e confirmou a classificação para as quartas. Na ida, o time gaúcho havia goleado do Central por 4 a 0.

Após perder o jogo de ida por 2 a 1, o River derrotou o Estanciano-SE por 3 a 0, com dois gols de Fabinho e um de Lucas Bacelar, no Alberto Silva, em Teresina. Com o agregado de 4 a 2, o time piauiense garantiu a vaga na próxima fase.

Além dos cinco classificados neste domingo (4), as quartas de final da Série D de 2015 também terão Remo-PA, Caldense-MG e Botafogo-SP.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia