WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

outubro 2015
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



drupal counter

:: 22/out/2015 . 8:19

Peemedebistas reelegem Geddel à presidência estadual do partido

Blog da Resenha Geral

IMG_0310

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) da Bahia realizou a convenção estadual do partido, nesta quarta-feira (21), que reconduziu o ex-ministro Geddel Vieira Lima à presidência da legenda. Foram eleitos os membros do Diretório Regional da Bahia; delegados à Convenção Nacional; membros da Comissão Executiva, do Conselho Fiscal e da Comissão de Ética e Disciplina, e seus suplentes, além de deliberar e decidir sobre assuntos diversos de interesse do PMDB.

O deputado estadual Herzem Gusmão, uma das principais lideranças do partido no estado, participou da convenção e celebrou o evento. “Foi uma grande convenção, com a participação de lideranças de todas as regiões. O PMDB, mais uma vez, demonstrou a sua força”, disse Gusmão. O parlamentar afirmou também que ficou muito feliz com a possibilidade de o deputado Lúcio Vieira Lima assumir a presidência da Câmara. “Lúcio é um deputado que tem enorme prestígio em todo o país e está muito cotado para comandar a Casa”, disse Herzem.

Segundo parlamentar, o prestígio de Lúcio aumentou ainda mais depois que ele passou a defender até o rompimento do PMDB com o PT, em virtude dos escândalos de corrupção que envolvem o governo federal. “O PMDB é um partido histórico, de resistência, e não pode aceitar o que está acontecendo no país. Nós precisamos tomar uma decisão porque não compactuamos com a corrupção”, concluiu Herzem.?

Fluminense vence, mas gol fora de casa mantém Palmeiras confiante

Globo Esportes

11_2

Com o regulamento nas mãos, o Palmeiras perdeu, mas deixou o Maracanã esperançoso em chegar à final da Copa do Brasil. Com Fred em campo, o Fluminense abriu dois gols de vantagem no primeiro tempo, nesta quarta-feira, e parecia encaminhar a classificação. Sem o centroavante, substituído pouco antes do intervalo com torções no joelho e tornozelo esquerdos, o Verdão cresceu na etapa final, descontou para 2 a 1 com um pênalti duvidoso e deixou a disputa aberta. Os paulistas ainda reclamaram de um gol de Amaral anulado por impedimento.

Com diferença mínima, o Fluminense joga por um empate, na próxima quarta, em São Paulo, para ficar com a vaga. O Palmeiras avança com uma vitória simples por 1 a 0. Se placar se repetir, agora a favor dos paulistas, a decisão será nos pênaltis. São Paulo e Santos disputam a outra semifinal.

Fred deixou o campo nos acréscimos do primeiro tempo preocupando o departamento médico. Antes, abriu caminho para o Fluminense vencer. Foi dele a cabeçada que Fernando Prass fez um milagre e deu rebote para Marcos Junior abrir o placar. Em seguida, com um corta-luz, permitiu que a bola passasse por entre suas pernas após sutil desvio de Gum e entrasse no canto esquerdo. Se tivesse continuado…

O Palmeiras poderia ter obtido um placar mais favorável. Antes de sofrer os dois gols, o Verdão chegou com muito perigo ao gol de Diego Cavalieri. Vitor Hugo e Gabriel Jesus tiveram duas chances claras logo no início da partida e não aproveitaram. A defesa, tão criticada, voltou a falhar em lances de bolas paradas e atrapalhou os planos. O time só reagiu no segundo tempo, quando Zé Roberto converteu um pênalti polêmico sofrido por ele mesmo em disputa com Gum. Amaral chegou a empatar, mas o árbitro Leandro Pedro Vuaden marcou impedimento, também bastante duvidoso. No fim, a derrota por 2 a 1 não foi considerada ruim.

outdoor_pq

Santos supera tempestade e vence o São Paulo com boa vantagem na semi

r7

00819785-1024x681

O Santos soube jogar debaixo de uma tempestade nesta quarta-feira e derrotou o São Paulo por 3 a 1, no estádio do Morumbi, na primeira partida das semifinais da Copa do Brasil por 3 a 1. Por conta do regulamento do torneio, os gols marcados fora de casa permitirão que o Peixe perca por até dois tentos de diferença para ir às finais da competição. O time que avançar enfrentará o vencedor de Palmeiras e Fluminense. O Tricolor carioca saiu na frente no jogo de ida com um triunfo por 2 a 1, no Maracanã.

O São Paulo imprimiu o ritmo que queria no início do primeiro tempo, mas o Santos foi mais eficiente e chegou ao primeiro gol com o jovem Gabigol, aos 15 minutos. O empate do Tricolor veio aos 25, em finalização de Alexandre Pato dentro da área. O time até teve a chance de virar o jogo aos 40, mas Ganso conseguiu perder um gol inacreditável. O lance custou caro e, com o auxílio de falhas da defesa são-paulina, o Peixe balançou as redes mais duas vezes. Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel, aos 58 segundos e 4 minutos da etapa complementar, respectivamente, foram os autores dos tentos.

Chamaram a atenção no confronto dois elementos extracampo. Um apagão deixou o Morumbi completamente às escuras com menos de um minuto de jogo. Já nos minutos finais do primeiro tempo, uma tempestade prejudicou as condições do gramado e dificultou o trabalho da atrapalhada defesa são-paulina nos dois últimos lances de gol do rival.

O jogo de volta entre as equipes está marcado para a próxima quarta-feira, dia 28, na Vila Belmiro. Antes, porém, os times terão duelos importantes na luta por uma vaga no G4 do Campeonato Brasileiro. O São Paulo, que ocupa a sexta posição no torneio, viajará para enfrentar o Coritiba, no domingo, no estádio Couto Pereira. Já o Peixe, atual quarto colocado, medirá forças com o Figueirense, sábado, no Orlando Scarpelli.

River domina Chapecoense e vence por 3 a 1 no Monumental

Terra

pisculichiriverxchapecoensegabrielrossilatincontentgetty

Em confronto histórico para a Chapecoense , o River Plate teve grande volume de jogo e fez 3 a 1 na equipe catarinense na noite desta quarta-feira no Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires (Argentina), abrindo vantagem nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Os gols dos donos da casa foram anotados por Carlos Sánchez (duas vezes) e Pisculichi (de falta), enquanto Maranhão balançou as redes pela equipe visitante.

O duelo faz parte do segundo confronto oficial contra equipes internacionais na história do Verdão do Oeste. O primeiro aconteceu justamente nas oitavas de final, fase anterior desta Sul-Americana, nas quais o time de Santa Catarina empatou duas vezes por 1 a 1 com o Libertad, do Paraguai, e avançou nos pênaltis na Arena Condá.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (28), na Arena Condá. Como há o critério de desempate por gols fora de casa até a semifinal da Sul-Americana, uma vitória por 2 a 0 classifica a Chape de forma direta à semi. Apenas um novo 3 a 1 em favor dos mandantes leva a decisão para os pênaltis e, com qualquer outro placar, o Verdão precisa ganhar por três gols de diferença para seguir no torneio continental.

O adversário do vencedor deste confronto será quem levar a melhor entre Atlético-PR e Sportivo Luqueño, do Paraguai. No primeiro jogo, realizado mais cedo nesta quarta, o Furacão fez 1 a 0 na Arena da Baixada e abriu vantagem.

Furacão vence primeiro confronto diante do Luqueño e quebra jejum

Gazeta Esportiva

Furacão

No primeiro confronto das quartas de final da copa Sul-americana entre Atlético Paranaense e Sportivo Luqueño, do Paraguai, o Rubro-Negro fez valer o fator casa e, quebrando uma sequência ruim de resultados pelo Brasileirão, bateu o adversário por 1 a 0, na Arena da Baixada.

Com isso, os brasileiros levarão para a segunda partida a vantagem de poder empatar e seguir na competição.

Com o resultado, o Furacão joga pelo empate, na próxima quarta-feira, no Paraguai, para garantir a vaga para as semifinais da competição.

BANNER_500x100

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia