Globo Esportes

walter

Fluminense e Atlético-PR, rivais deste sábado, às 17h, no Maracanã, têm extremos no Brasileirão. Bem no primeiro turno, com campanhas dignas de classificação à Libertadores, caíram de produção a ponto de terem preocupação com risco de rebaixamento no returno. São, respectivamente, o último e o penúltimo classificados na segunda metade da competição

Os dois times, para sair da crise, trocaram de treinador. Enderson Moreira deu lugar a Eduardo Baptista no Tricolor, Cristóvão Borges substituiu Milton Mendes no Furacão, afinal, o rendimento mudou – Flu fechou a primeira parte da competição em quarto enquanto o Atlético-PR em oitavo. Mas… o efeito foi pouco prático.

No caso do time carioca, a Copa do Brasil é a exceção – a equipe depende de um empate com o Palmeiras, quarta-feira, em São Paulo, para chegar à final. Porém, é o 20º no returno (12º no geral). O paranaense, com nove jogos consecutivos sem ganhar, é o 19º no returno (13º no geral). Depende também de empate com o Sportivo Luqueño para chegar à semifinal da Sul-Americana.

A partida terá um trio de São Paulo. Luiz Flávio de Oliveira (Fifa) apita, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Vicente Romano Neto.

Outros jogos
18:30
Figueirense x Santos
Internacional x Joinville
21:00
Palmeiras x Sport