WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

dezembro 2015
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



drupal counter

:: 12/dez/2015 . 10:55

Goleiro, artilheiro e cantor: Rogério Ceni se despede em festa no Morumbi

Globo Esportes

rib4475_1

Foram 1.237 jogos, 131 gols, muitos títulos e glórias, recordes incontáveis… Sobram números na histórica carreira de Rogério Ceni. Faltam palavras ao são-paulino para definir o sentimento vivido neste 11 de dezembro de 2015. Tão natural quanto o tricolor do uniforme era ter o Mito no gol. Foi assim por 25 anos. Não será mais. O ídolo pendurou as luvas para virar lenda eterna – e viva – do futebol mundial.

O ponto final nos gramados veio em noite mágica no Morumbi lotado. Com rock, reverência da torcida e uma constelação de ídolos, Rogério Ceni e o São Paulo reuniram os campeões mundiais de 1992, 1993 e 2005 para um jogo histórico. O resultado, mero detalhe, apontou vitória da equipe do tri por 5 a 3 sobre o combinado dos bicampeões do início da década de 90.

Um a um, os ídolos foram anunciados e ovacionados pela torcida. Muricy Ramalho, Diego Lugano, Raí e o próprio Mito foram os mais festejados. Telê Santana, representado pelo filho Renê Santana, também foi muito lembrado pelos tricolores. Não faltaram gritos de “volta, Lugano” para o zagueiro do Cerro Porteño, nome analisado pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, para 2016.

Antes de a bola rolar, Raí, Ronaldão e o próprio Ceni, capitães dos três títulos mundiais, receberam as respectivas taças de 92, 93 e 2005. Elas foram entregues pelo ex-presidente José Mesquita Pimenta, por Rochelle Siqueira Portugal Gouvêa, viúva do ex-presidente Marcelo Portugal Gouvêa, e Angelina Juvêncio, viúva de Juvenal Juvêncio, que morreu na quarta-feira.

unimarc-modelo-4

Jogos de ida das quartas do Baiano Feminino acontecem neste domingo

Por Luciano Pina

Larissa Marrentinha é a artilheira do time do Juventude

Larissa Marrentinha é a artilheira do time do Juventude

Quatro partidas serão realizadas neste domingo (13), válidas pelas quartas de final do Campeonato Baiano Feminino.

As 10 horas, o Vitória enfrenta Mundo Novo, no CT Manoel Tanajura. No mesmo horário ainda jogam Santo Antônio de Jesus e São Francisco, no estádio José Trindade Lobo e Flamengo de Feira e Juventude, na Vila Olimpica dos Amadores.

Fechando a rodada, Euclides da Cunha e Lusaca se enfrentam às 16 horas,, no estádio municipal de Euclides da Cunha

Os confrontos de volta serão realizados no outro final de semana.

Presidente do Jacuipense critica Bahia e Vitória: ‘Olham pouco para o interior’

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.DepoZDduKI

Os times do interior do estado não tem os mesmos investimentos que Bahia e Vitória por uma série de fatores. No entanto, para Felipe Sales, presidente do Jacuipense, os dois maiores times da Bahia também tem parcela de culpa nos baixos investimentos que os clubes pequenos recebem.

“A dificuldade é muito grande, não só pela crise que o país vive. Bahia e Vitória são clubes que olham pouco pro interior. Os jogadores do interior são esquecidos por essas equipes. Teve jogador meu que foi pra Europa. Teve o Bruno, indicado a melhor lateral-esquerdo do campeonato. Esse descrédito que nos incomoda pra caramba”, disse o presidente, em entrevista ao Bahia Notícias, nesta sexta-feira (11).

A Bahia vem tendo constantes fracassos em competições nacionais. Na maioria dos anos, as equipes do estado são eliminadas nas primeiras fases dos torneios regionais ou nacionais. Para Sales, o principal motivo para que clubes de Ceará e Pernambuco, por exemplo, tenham êxito nas competições, deve-se ao apoio recebido. “Falta apoio para nós, inclusive dos grandes da Bahia. Eles poderiam ajudar na montagem dos elencos, para que um time daqui suba pra Série C, ou B. Falta apoio de tudo. É possível que um time da Bahia suba, prova disso é que nós batemos na trave [em 2014]”, reclamou.

Apesar de reclamar da falta de apoio e patrocínios, Felipe não considera que os fracassos dos nossos clubes aconteçam por negligência da Federação Bahiana de Futebol (FBB). “Posso fazer uma série de críticas a Ednaldo em outras situações, mas com relação à Série D, ele ajudou o Jacuipense. Se empenhou para que chegássemos mais longe. Falta é dinheiro mesmo. Além do apoio de um dos grandes da Bahia. Mas a expectativa é que isso acabe. Temos que nos unir pra montar um time que tenha condições de subir a outras séries.

Com esse panorama, ele revelou que não pretende continuar na presidência da equipe, apesar de salientar que, mesmo não estando no cargo máximo da instituição, irá dar todo o apoio preciso. As eleições do clube acontecerão no final deste ano, sem data marcada ainda. “Minha expectativa é indicar um candidato até lá”, finalizou.

A apresentação em Riachão do Jacuípe acontecerá no dia 4 de janeiro do próximo ano e o treinador já está definido: Clebson Beleza.

Flu deve ter gasto de mais de R$ 160 mil mensais em 2016

Site do Clube

11-12-2015_17_01_18_

O Fluminense já tem definido o seu orçamento financeiro para 2016, quando terá um calendário alongado de atividades para todo o ano. De acordo com os cálculos feitos e apresentado pelo diretor financeiro, Mizael Freitas, durante reunião realizada esta semana o clube deve ter uma despesa total de R$ 165 mil mensais para manter as contas em dias, sem maiores preocupações.

O relatório com as despesas e projeções foi apresentado ao presidente Gerinaldo Costa e demais diretores do clube, que trabalham intensamente em busca de patrocínios para o Touro do Sertão, independente das receitas advindas das competições que o clube disputar. “Este orçamento prevê o pagamento de despesas como folha salarial de jogadores e funcionários de todos os setores do clube, além cobrir gastos decorrentes de jogos, além de pagamento regular dos tributos porque uma vez incluso no PROFUT o clube tem a obrigação de manter esta situação regular”, informou Mizael Freitas, diretor financeiro.

A prefeitura municipal – principal patrocinador na 2ª divisão e na Copa Estado este ano – mantém a parceria para 2016, mas ainda sim os dirigentes seguem de forma incansável buscando os recursos para manter o clube de forma equilibrada no ano novo. “Um dos fatores que contribuiu para o nosso sucesso este ano foi esta situação que temos mantido sob controle e isso nos colocou numa situação onde a nossa responsabilidade é maior ainda. Estamos negociando com novos parceiros, além de buscar manter os atuais. Juntar com as verbas vindas das competições para termos um equilíbrio”, afirmou o dirigente.

Mizael Freitas se mostra otimista em relação a chegada de novos parceiros para a próxima temporada. “Todos estão vendo o trabalho que esta diretoria está fazendo no sentido de mudar a imagem do clube e torna-la a mais profissional possível e isso com certeza nos motiva e deve motivar também as empresas para que venham a fazer parte do nosso grupo de investidores. Com a maior quantidade possível de recursos, mais forte o Touro virá para 2016”, argumentou Mizael Freitas;

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Presidente do Feirense critica dirigentes do Flu de Feira

Acorda Cidade

presidente

O Feirense deve mandar seus jogos do Baianão em 2016 em Teixeira de Freitas, cidade localizada no extremo sul da Bahia. A informação foi passada pelo presidente da Águia do Sertão, Dilson Carneiro Gamela, que alega que a saída da cidade é por falta de apoio.

“Nós estamos negociando com a prefeitura de Teixeira de Freitas, e o Feirense pode jogar lá o Campeonato Baiano do ano que vem. Aqui em Feira não tem espaço para o Feirense e nem para o Bahia de Feira”, disse Gamela.

Gamela se diz “bastante chateado com a ingratidão dos dirigentes do Fluminense de Feira, que não lhe agradeceram pela liberação do atacante Dadai”, que pertencia ao Feirense e saiu sem custo algum para o Touro do Sertão. “Eu liberei Dadai pra eles de graça, e eles ficam de ‘blábláblá’ nas rádios e falando bobagem”, desabafou Gamela.

pmvc




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia