WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

fevereiro 2016
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829  



drupal counter

:: 11/fev/2016 . 17:23

Torcida Criptonita organiza caravana para Ilhéus

Da Redação

12669430_10205020521864291_3808267294920769299_n

A Torcida Criptonita está organizado uma caravana para o jogo entre o Vitória da Conquista e Ceará, que acontece neste domingo (14), às 16 horas, no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus, válido pela primeira rodada da Copa do Nordeste.

A saída será neste sábado (13), às 23 horas da Praça Barão do Rio Branco e o retorno será logo após a partida.

O valor da passagem é R$70,00, incluindo o ingresso. Aceita Cartão de crédito.

Interessados ligar para 98815-7092 (SamuelTavares) ou 99117-3600 (Tiago Brito).

Vagas limitadas.

Baianos e pernambucanos dominam a Copa do Nordeste

Esporte Total

20150320104457_0

A Copa do Nordeste começou a ser disputada em 1968, quando o Sport Clube do Recife ganhou o titulo em cima do CSA de Alagoas. De lá prá cá a competição foi realizada 16 vezes com pleno domínio das equipes baianas e pernambucanas.

Dos 16 títulos disputados, os estados da Bahia e Pernambuco conquistaram 12 vezes, 7 e 5 títulos, respectivamente, ficando o estado do Ceará com dois títulos, um para a Paraíba e outro para o Rio Grande do Norte. Alagoas, Sergipe, Piauí e Maranhão ainda não conseguiram vencer a competição.

O Sport Clube do Recife.foi campeão cinco vezes: 1968/1970/1994/2000/2014, sendo que o rubro negro chegou em decisões do evento por 6 vezes. Outras equipes pernambucanas, a exemplo de Náutico e Santa Cruz, ainda não conseguiram nenhuma conquista na competição.

O Esporte Clube Vitória decidiu a competição 8 vezes e ganhou 5: 1976/1997/1999/2003/2010. O Bahia, que decidiu 5 vezes a Copa do Nordeste, conseguiu ser campeão duas vezes seguidas, em 2001 e 2002. Cabe uma menção honrosa ao Galícia que foi vice campeão em 1969 e ao Fluminense de Feira de Santana que decidiu o titulo em 2003, perdendo a final para o Vitória.

O Ceará Sporting, que decidiu três vezes a Copa do Nordeste, perdeu a final de 2014 contra o Sport e foi impiedoso diante dos baianos, Galícia em 1969 e Bahia em 2015, para conquistar seus dois títulos na competição. Já o Fortaleza, detentor de uma das maiores torcidas do Nordeste, teve seu melhor desempenho em 1970, quando ficou em segundo lugar, numa decisão diante do Sport e Recife.

O América do Rio Grande do Norte fez duas decisões da Copa do Nordeste contra o Vitória da Bahia, perdendo em 1976 e ganhando em 1998. O mesmo Vitória enfrentou outra equipe potiguar em uma final, quando ganhou do ABC em 2010.

Já os alagoanos chegaram três vezes a uma final da Copa do Nordeste, mas não sentiram o gostinho do titulo: em 1968 o CSA perdeu a disputa para o Sport, fato repetido em 1994 quando o CRB também foi derrotado diante do rubro negro pernambucano. O ASA de Arapiraca protagonizou, ao lado do Campinense da Paraíba, um fato inusitado na competição, fazendo pela única vez uma decisão com duas equipes do interior, isso ocorreu em 2013, oportunidade em que o time paraibano foi campeão.

Outra curiosidade da Copa do Nordeste, refere-se ao fato de que a Bahia é o único estado a fazer decisões caseiras, isso ocorreu duas vezes: uma entre Vitória e Fluminense de Feira, conquistado pelo rubro negro, e outra num BA-VI, quando o tricolor levou a melhor.

A maior goleada da Copa do Nordeste ocorreu no confronto Bahia 10 x 2 Confiança, sendo que os maiores artilheiros foram Magno Alves, atuando pelo Ceará, autor de 18 gols em 2014, Sérgio Alves do Bahia fez 13 gols em 2002. O terceiro maior artilheiro da competição é Kuki do Náutico, que assinalou 12 vezes em 2001. Wesley do Bahia em 1999 e Cristiano Alagoano do Confiança em 2010 marcaram 10 gols cada.

Treinador Evandro Guimarães reclama da arbitragem de Jailson Macedo

Da Redação

images

Em entrevista ao repórter Elias José, da Rádio Clube FM, após o empate contra o Vitória na noite desta quarta (10), o treinador Evandro Guimarães reclamou muito da arbitragem de Jailson Macedo de Freitas: “Não entendo porque o departamento de árbitros da FBF escala um árbitro de Salvador para apitar um jogo que tem envolvido um clube da capital. Isso me dá muita tristeza e faz até a gente pensar em mexer com futebol. Isso infelizmente machuca muito a gente, deixa a gente chateado. Ele amarelou nossa equipe todinha e poupou os jogadores do Vitória”, disparou.

Evandro disse, que isso não é de agora, está acontecendo a muito tempo: “Infelizmente nós estamos convivendo com isso e nós estamos muito calados e não podemos calar. Esse árbitro não tem capacidade para apitar o Baiano, infelizmente. É uma pessoa que não se pode nem falar com ele, é arrogante, pensa que é o dono do jogo. Ele poderia tranquilamente ficar no Carnaval de Salvador para poder fazer o showzinho dele, não o que ele veio fazer aqui”, completou.

Depois do confronto, o elenco do Alviverde retornou para Conquista, para se preparar para a estreia na Copa do Nordeste, neste domingo (14), contra o Ceará, também no estádio Mário Pessoa.

Em duelo inédito, Bahia e Flamengo de Guanambi se enfrentam pelo Baianão

Globo Esportes

1_7

Onze dias após estrearem no Campeonato Baiano, Bahia e Flamengo de Guanambi, enfim, voltam a campo para a sequência da competição. Logo após a pausa para o carnaval de Salvador, as duas equipes se encontrarão na Arena Fonte Nova para um duelo inédito no Baianão. Veterano com 46 títulos estaduais, o Tricolor terá pela frente o caçula, com pouco mais de seis anos de fundação em sua primeira participação na elite do futebol estadual. O confronto está marcado para as 20h30 (horário de Salvador).

Enquanto Salvador pulsava alegria com o carnaval, os jogadores do Bahia treinavam. Com apenas um dia de folga durante a folia, o técnico Doriva aproveitou a semana de treinamento para aprimorar fundamentos e corrigir os erros – principalmente defensivos – apresentados pela equipe na estreia do Baianão. Depois de sofrer para bater o Juazeirense por 3 a 2, o Tricolor espera ter que suar menos e acertar mais para emplacar a sua segunda vitória na competição.

O Beija-flor do Sertão, por sua vez, empatou com o Vitória da Conquista na sua estreia e agora espera se reabilitar e surpreender um dos times favoritos ao título. Para isso, o técnico Edson de Souza Nogueira, o Mazola, espera evolução da equipe campeã da Série B do Baiano do ano passado e que tem no seu elenco o meia Peixoto, que já passou por equipes como Feirense, Colo Colo e Bahia de Feira.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Flu de Feira e Juazeirense revive final da Copa Governador nesta quinta (11)

Da Redação

Jacobina-Notícia-01208

Após decidirem o titulo da Copa Governador do Estado do ano passado, as equipes do Fluminense de Feira e Juazeirense se enfrentam nesta quinta (11), as 20h30, no Estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, pela segunda rodada do Baiano.

O Fluminense fará a sua estreia jogando em casa. Para esta partida, a diretoria espera que os tricolores invadam, no bom sentido , a cidade vizinha que está acolhendo o Touro do Sertão, enquanto o Estádio Joia da Princesa se encontra fechado para reformas.

Para ter um grande número de torcedores presentes em Riachão do Jacuípe, os dirigentes do Touro do Sertão conseguiram 10 ônibus para transportar a torcida até Riachão e lançaram uma promoção “casada”, onde o torcedor vai comprar o ingresso e terá o transporte de ida e volta garantido. “Desde a semana passada já vínhamos articulando junto a empresários e conseguimos de imediato 10 ônibus, cada um com 50 lugares para que o nosso torcedor possa prestigiar a nossa estreia em casa. Para tanto, ele vai desembolsar R$ 25 que dá direito a ele a passagem de ida e volta, além do ingresso para ver o jogo, sendo que R$ 15 é o valor do transporte ida e volta e R$ 10 é o valor do ingresso do jogo”, explicou Mizael Freitas, diretor financeiro do Touro do Sertão.

Na Juazeirense, os comandados de Sérgio Araújo, voltam a campo em busca da reabilitação após a derrota para o Bahia na estreia. No último domingo, em jogo-treino, o Cancão venceu o selecionado da cidade de Remando-BA por 3 a 0, em Petrolina-PE. Na ocasião, Sérgio Araújo testou uma nova formação e promoveu várias experiências ao longo da partida.

Galícia e Jacobina complementam a 1ª rodada do Baiano

Da Reddação

IMAGEM_NOTICIA_5

Galícia e Jacobina se encaram nesta quinta (11), às 18 horas, Arena Fonte Nova fechando a primeira rodada do Campeonato Baiano.

Contratação de maior peso do Galícia para o Campeonato Baiano, o atacante Paulo Roberto (foto) está confiante para a sua estreia pelo time azulino. De volta a um clube de Salvador, o jogador, que se destacou pelo Bahia em 2008, vê a oportunidade como uma maneira de recomeçar.

“Vejo isso como um recomeço. É a cidade que nasci e fui criado. Poder voltar a minha terra é bem melhor. Já sei os caminhos, conheço os jogadores, sei a filosofia do trabalho. Com certeza isso me fará muito bem lá na frente”, disse o jogador, em entrevista

No Jacobina a Torcida Jegue de Ouro (TJO) organiza caravana para invadir a Fonte na estreia do Jacobina no Baianão deste ano.

Vitória denuncia estrutura precária de vestiário do Mário Pessoa

Galáticos Online

mário pessoa ilhéus

Entra ano e sai e as condições dos estádios do Interior do estado seguem sendo o principal destaque negativo do Baianão. Nesta quarta-feira (10), apenas na segunda rodada da edição 2016 da competição, uma estrutura deficiente já pôde ser vista.

Foi no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus, palco do empate entre Vitória da Conquista e Vitória. Ainda antes do início do confronto, profissionais de imprensa presentes na cobertura presenciaram a grama sendo cortada e ainda pintada há cerca de 30 minutos do começo do jogo.

Já durante o confronto, a TV detentora dos direitos de transmissão do estadual mostrou, ao vivo, um refletor fumaçando e, em seguida apagado. Mas, o pior foi relatado depois do duelo.

A denúncia partiu da assessoria de imprensa do Vitória. Em conversa com o repórter Emidio Pinto, da Equipe dos Galáticos, o assessor de imprensa do Leão, Roque Mendes revelou que os vestiários do Mário Pessoa não reuniam condições de abrigar os jogadores.

“Não teve banco para sentar e não teve água para tomar banho. Sentou todo (jogadores) mundo no chão para a preleção do técnico e depois corremos para o hotel para tomar banho. Todo ano é a mesma coisa. Se faz diversas exigências lá no Barradão, mas no Interior não vemos nada disso”, protestou.

O estádio Mário Pessoa, que no próximo domingo receberá o confronto entre o Bode e o Ceará, pela Copa do Nordeste, chegou a passar por uma reforma de gramado antes do início do Baianão.

Personagem de empate no Mário Pessoa, Tatu elogia Conquista: ‘Time equilibrado’

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Responsável por marcar um gol em um lance posterior a perda de um pênalti, o atacante Tatu elogiou a postura do Vitória da Conquista no empate com o Vitória, na noite desta quarta-feira (10), no Mário Pessoa, em Ilhéus (leia aqui). O jogador destacou a superioridade do time do interior.

Quem veio ao Mário pessoa viu que somos um time equilibrado. Independente de ter tomado o gol, tocamos a bola. Foi um jogo equilibrado, mas as melhores chances foram nossas. Tive a responsabilidade e perdi o pênalti, mas centroavante vive assim. Deus foi poderoso e me deu mais o gol. Agora é virar a página, pois domingo tem Copa do Nordeste”, disse.

O time comandado por Evandro Guimarães volta a atuar neste domingo (14), pela Copa do Nordeste, diante do Ceará, também no Mário Pessoa. A equipe do sudoeste fará a sua primeira participação no regional.

outdoor_pq

Vagner Mancini elogia segundo tempo e credita empate a “erros individuais”

Globo Esportes

4803040_640x360

O Vitória empatou com o Vitória da Conquista em 1 a 1 na noite desta quarta-feira de cinzas, no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus, pela segunda rodada do Campeonato Baiano 2016. Após a partida, o técnico Vagner Mancini analisou rapidamente o confronto. Elogiou o segundo tempo rubro-negro e disse que “erros individuais” possibilitaram o gol de empate do Bode, marcado pelo atacante Tatu.

– Não tem como exigir que todas as coisas no segundo jogo do ano deem certo. Fizemos um bom segundo tempo e alguns erros individuais deram peso maior e nossa equipe levou o gol de empate – disse o técnico logo após o apito final da partida.

O primeiro tempo do jogo entre Conquista e Vitória foi de raras emoções. Na segunda etapa, os times passaram a criar mais. O gol rubro-negro foi marcado por Marinho. Poucos minutos depois, Rayllan foi derrubado na área e Jailson Macedo Freitas assinalou pênalti para o Bode, cobrança que foi desperdiçada por Tatu. Na sequência da jogada, Marinho vacilou ao puxar contra-ataque, perdeu a bola e Artur tocou para o próprio Tatu marcar o gol de empate.

O resultado mantém o Vitória na liderança do Grupo 1, com quatro pontos conquistados. O Rubro-Negro pode perder posições nesta quinta-feira, com o complemento da rodada. Vagner Mancini terá pouco mais de uma semana para consertar os erros da equipe até a próxima partida, marcada para o dia 21 deste mês, contra o Jacobina, no Barradão, pela terceira rodada do Campeonato Baiano.

Sufoco! São Paulo supera retranca no fim e se classifica

Terra

spfernandodantasgp

Demorou a sair, mas o São Paulo conseguiu um único gol para derrotar o Universidad César Vallejo, na noite desta quarta-feira, no estádio do Pacaembu, e assegurou sua presença na fase de grupos da Taça Libertadores da América. O nome da bola na rede foi Rogério, pedido incessantemente pelos torcedores devido à fraca apresentação de Centurión, que mostrou oportunismo e anotou o tento do 1 a 0 tricolor já aos 43 minutos da etapa final.

Com o resultado, o clube do Morumbi entra na chave 1 do torneio, ao lado do River Plate, atual campeão da competição, The Strongest-BOL e Trujillanos-VEN. A estreia será já na próxima quarta-feira, dia 17 de fevereiro contra os bolivianos, no mesmo Pacaembu.

Antes de pensar no torneio continental, porém, os são-paulinos terão no domingo o primeiro clássico sob o comando de Edgardo Bauza. No estádio de Itaquera, vão encarar o Corinthians, no domingo, às 17h (de Brasília), pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

Mancuello estreia bem, e Arão brilha em goleada do Fla sobre a Portuguesa

Globo Esportes

araomancu_1

No primeiro jogo oficial de Mancuello, o Flamengo massacrou a Portuguesa: 5 a 0, em Volta Redonda. Willian Arão (duas vezes), Guerrero, Emerson Sheik e Rodinei fizeram os gols. O argentino começou muito bem e deu assistência para o peruano abrir o placar. Mas a noite foi mesmo de Arão, maestro rubro-negro. Além de ter sido o artilheiro do duelo, apareceu muito na frente e deu lindo lançamento para Emerson Sheik sofrer pênalti. O próprio 11 converteu. E ficou barato para o adversário.

O Flamengo, segundo colocado no Grupo B com sete pontos, volta a campo no domingo, quando disputará seu primeiro clássico na temporada, contra o Vasco, às 17h, em São Januário. A Portuguesa, na sexta colocação do Grupo A, joga um dia depois, no Raulino de Oliveira, às 19h30, contra o time da casa, o Volta Redonda.

O público foi de 7.077 pagantes (8.205 presentes), e a renda, de R$ 181.765,00.

Palmeiras fica no zero com o Oeste e empata segunda seguida no Paulistão

r7

16s6op0ep4_8s8gy65o5n_file

O Palmeiras não saiu do zero contra o Oeste nesta quarta-feira (10), em São José do Rio Preto, e chegou ao segundo empate seguido no Campeonato Paulista. O Verdão já havia tropeçado contra o São Bento na última quinta-feira, no Pacaembu, e chegou a ouvir reclamações da arquibancada.

Em jogo de pouca inspiração dos palmeirenses, a melhor chance do time na primeira etapa saiu dos pés de Zé Roberto, aos 19 minutos, quando o lateral recebeu de Gabriel Jesus e chutou perto do gol. Aos 45, Dudu rolou para Jean e o volante chutou forte por cima do gol.

Na segunda etapa, o Oeste melhorou e a partida ficou mais equilibrada, com oportunidades para os dois lados. Aos 13 minutos, o zagueiro palmeirense Vitor Hugo acertou cabeçada na trave. Aos 32, Marcelinho Paraíba respondeu para o time do interior e exigiu boa defesa de Fernando Prass em cobrança de falta. Com os dois goleiros inpirados, o jogo terminou mesmo sem bolas na rede.

Depois de uma vitória e dois empates no Paulistão, o Palmeiras volta a campo pelo Estadual no próximo sábado (13), quando se reecontra com o Allianz Parque ao enfrentar o Linense às 17h. No mesmo dia, o Oeste pega o Ituano fora de casa.

unimarc-modelo-4





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia