WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

março 2016
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



drupal counter

:: 17/mar/2016 . 21:07

Vitória da Conquista e Náutico ficam no empate na estreia na Copa do Brasil

Da Redação
Foto Rafael Gusmão

DSC_0174

Em uma partida bastante disputada com algumas oportunidades de gols para os dois lados, Vitória da Conquista e Náutico empataram pelo placar de zero a zero, na noite desta quinta (17), no estádio Lomanto Júnior, pela Copa do Brasil.

Com o resultado as duas equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 07 de abril, as 21h30, na Arena Pernambuco, em Recife. O Bode precisa de uma vitória, ou, um empate com gol para passar para a próxima fase.

Vitória da Conquista foi a campo com a seguinte formação: Carlos, Artur, Sílvio, Leandro Cardoso e Tiaguinho, Edimar, Maicon Costa, Diego Aragão, Kleber (Todinho), Tatu (Cacá) e Rafael da Granja.

3.652 torcedores pagaram ingressos, proporcionando uma renda de R$74.850,00.

O Bode volta a campo contra o Colo Colo, no próximo domingo (20), às 16 horas, no estádio Mario Pessoa, pelo Campeonato Baiano.

outdoor_pq

FBF divulga arbitragem para Colo Colo e Vitória da Conquista, pelo Baianão

Da Redação

11215875_542467535930729_3976305600706910467_n

A FBF anunciou na tarde desta quinta (17), a escala de árbitros para o confronto Colo Colo e Vitória da Conquista, que será realizado neste domingo (20), às 16 horas, no estádio Mário Pessoa, na luta contra o rebaixamento do Campeonato Baiano.

Apita o jogo Moisés Ferreira Simão, auxiliado por Alberto Tavares Neto e José dos Santos Amador. O 4º e 5º árbitros serão Eziquiel Souza Costa e Cleuber Silva Santos.

O jogo de volta está programado para o outro domingo (27), às 16 horas, no estádio Lomanto Júnior.

Por ter feito melhor campanha na fase de classificação, O Vitória da Conquista joga por dois empates.

Só 14 times das elites estaduais seguem invictos em 2016. Bota e Vasco, entre eles

Globo Esportes

treze_0_x_2_campinense_2

A temporada está apenas começando e, por isso, ainda é cedo para avaliações definitivas, mas poucos times das primeiras divisões estaduais ainda podem se orgulhar de não terem sido derrotados, dentre aqueles que fizeram mais de cinco jogos neste ano (leia abaixo sobre o critério). A lista dos 14 imbatíveis em 2016 chega à segunda quinzena de março com apenas dois times da Série A do Brasileirão, Botafogo e Chapecoense, e dois da Série B, Vasco e Paysandu. E o grande destaque é o Campinense, da Paraíba, que já entrou em campo 13 vezes e não saiu derrotado em nenhuma.

O Rubro-Negro de Campina Grande tem oito jogos disputados em seu estadual (com 6 vitórias e 2 empates) e mais cinco pela Copa do Nordeste (com 4 vitórias e um empate). O clube mais próximo da série invicta do Campinense em 2016 é a Chapecoense, de Santa Catarina, que já acumula 11 jogos, sendo nove vitórias e dois empates. O Verdão do Oeste encara o Guarani de Palhoça nesta quinta e pode melhorar a sua marca.

Dois rivais cariocas, Botafogo e Vasco – que empataram quando se enfrentaram – compõem o pelotão que vem em seguida, o dos times com nove jogos e nenhuma derrota. Esse grupo tem também o surpreendente São José-RS (líder do Gaúcho), o alagoano CSA, o mato-grossense Cuiabá e os piauienses Picos e Altos (que têm apenas três e duas vitórias, respectivamente, e sustentam suas invencibilidades com muitos empates). O CSA tem o melhor aproveitamento de pontos, com 93,3%.

Com oito partidas no ano e nenhuma derrota estão o Paysandu (7 pelo Paraense e 1 pela Copa Verde), a Desportiva Ferroviária (todos pelo Capixaba) e o Ceilândia (todos pelo Brasiliense). Com sete jogos no ano, o Luziânia também ainda não perdeu no Distrito Federal. Agora com seis jogos, o Operário-MS fecha a lista dos 14 times imabtíveis até agora.

Cruzeiro e Botafogo-PB estão fora da relação, mas têm o mérito de ainda não terem perdido em seus respectivos estaduais. A Raposa só foi batida na Primeira Liga, pelo Fluminense. Já o Belo perdeu do River-PI e do Sport pela Copa do Nordeste.

Há times que ainda não foram derrotados, mas que não foram considerados nesta lista, pelo seu número reduzido de jogos. O critério utilizado foi o de terem pelo menos 40% do número de jogos disputados pelo líder Campinense, o que dá 5,2 jogos. O percentual é o mesmo adotado, por exemplo, no Troféu Armando Nogueira, em que um jogador só pode disputar o prêmio se tiver participado do correspondente a 40% das 38 rodadas.

De qualquer forma, vale mencioná-los: no Acre, Rio Branco-AC, Galvez e Atlético-AC também não foram derrotados após 4 rodadas; em Rondônia, Genus, Ariquemes e Rondoniense, seguem sem perder após 2 jogos cada. O Nacional-AM, com dois jogos pela Copa Verde, também não foi batido. Vale lembrar que os estuduais do Amazonas, Amapá, Tocantins e Roraima ainda não começaram.

Gessé e Jaime já treinam com os novos companheiros de time

Esporte Total

Montagem-jogadores-Gesse-e-Jaime-16-03-2016-600x371

Os dois novos reforços contratados pela Juazeirense se integraram ao elenco e já iniciaram as atividades nesta quarta-feira 16 no Estádio Paulo Coelho.

O goleiro Gessé (15-10-1983), baiano de Feira de Santana, é cria das divisões de base do Vitória e já defendeu o Esporte Clube Bahia e Vila Nova. Também teve passagem pelo futebol iraniano em 2005. Ultimamente defendia as cores do Ypiranga-BA e já trabalhou sob a orientação de Borges, atualmente preparador de goleiros da Juazeirense. Em conversa com a reportagem, Gessé revelou ser fã do goleiro Dida, onde conheceu ainda no Vitória. Jogador de espírito competitivo, Gessé afirmou que “Chego para conquistar meu espaço, respeitando os colegas da posição. Vamos passar pelo Jacobina e chegar à Copa do Brasil com moral para crescer e alcançar novas fases da competição”.

Já o lateral-esquerdo Jaime (20-02-1987), pernambucano de Paulista, começou no Clube Náutico Capibaribe, onde disputou a Série B em 2006 e a Série A em 2007. Seu último clube foi o Ipanema-AL. Fã de Roberto Carlos e Marcelo, Jaime vai disputar pela primeira o certame baiano.

Jaime lamentou não ter chegado a tempo de disputar a Copa do Nordeste, mas “Espero lutar pelo título baiano e colocar a Juazeirense em competições nacionais, inclusive fazer uma boa participação na Copa do Brasil”. Finalizando, o lateral arrematou: “Os meus objetivos são os mesmos objetivos do clube”

Os dois já assinaram contrato e a documentação foi encaminhada para a Federação Bahiana de Futebol dentro do prazo.

FBF confirma partida entre Galícia e Flu de Feira, pelas quartas, no Estádio José Rocha

Jacobina Notícias

Jacobina-Notícias-7-87

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou, na tarde desta segunda-feira (14), os mandos de campo das partidas válidas pelas quartas de finais do Campeonato Baiano. Para surpresa do torcedor Azulino e do Touro, no dia 26 de março, na partida de volta, o confronto entre Galícia e Fluminense de Feira será no Estádio José Rocha, em Jacobina.

O Galícia terminou a fase de grupos do Baianão atrás apenas da dupla Ba-Vi, em terceiro, após aplicar uma goleada de 4 a 1 pra cima do Feirense. Já o Flu de Feira fechou a primeira fase em sexto, após um empate em 2 a 2 contra o conterrâneo Bahia de Feria. O primeiro confronto entre as duas equipes acontecerá no próximo sábado (19), em Senhor do Bonfim.

O Jacobina faz a primeira partida das quartas no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, contra a Juazeirense, às 16h, no dia 20 de março.

unimarc-modelo-4

Federação Baiana antecipa horário de Flamengo de Guanambi x Vitória

Guanambi Notícias

21-500x326

A Federação Baiana de Futebol (FBF) alterou, nesta quarta-feira (16), a programação da partida entre Flamengo de Guanambi e Vitória, válida pela rodada de ida das quartas de final do Baianão 2016.

A entidade antecipou o horário do confronto. O duelo, que seria realizado às 18h30 do próximo sábado (19), foi antecipado para as 16h do mesmo dia. O local do jogo, o Estádio Dois de Julho, em Guanambi, foi mantido.

A mudança foi feita em razão de uma solicitação da Globosat/Premiere, detentora dos direitos de transmissão do estadual. A modificação foi publicada através da RDT-25/16.

Em péssima situação, estádio de Jequié pode ficar fora da 2ª divisão do Baiano

Galáticos Online

IMG_20160317_103503

Integrante da segunda divisão do Campeonato Baiano, o Jequié pode atuar longe de sua torcida na disputa por uma vaga na elite do futebol local neste ano.

Isso porque o estádio Waldomiro Borges, que fica localizado no município, está em péssimas condições de uso, com um gramado em péssimo estado e preocupa a população de Jequié para a disputa do estadual. A Federação Bahiana de Futebol (FBF), inclusive, já deu o prazo até o dia 4 de abril para que a prefeitura local entregue os laudos para liberar a praça esportiva.

O Secretário Municipal de Esportes, Jairo Rodrigues, explica a situação do estádio. “Os laudos já estão todos prontos e aprovados, pelos seguimentos responsáveis. Em referência ao gramado, foi um problema na bomba de captação daria do rio, tudo já resolvido”, disse.

Libertadores custa o dobro do Brasileirão, mas tem púbico europeu

MSN

BBqzIS4

O torcedor brasileiro de fato é obcecado pela Copa Libertadores da América. Mesmo com os ingressos para o torneio continental custando o dobro do Campeonato Brasileiro, os públicos são muito maiores do que os vistos na competição da CBF.

Até agora, houve 10 partidas da Libertadores sediadas no Brasil. Nesses jogos, a renda total foi de R$ 20,313 milhões para 329.720 pagantes, o que dá um preço médio de R$ 62 para o ingresso.

Esse valor é exatamente o dobro do tíquete médio do último Campeonato Brasileiro: R$ 31.

Fazendo um paralelo com os Estaduais, o Campeonato Paulista, em 91 jogos realizados até agora, arrecadou R$ 22,113 milhões, o que dá uma média de R$ 243 mil a cada partida.

Já a ótima média de público da Libertadores está em 32.972 torcedores/jogo. Também é quase o dobro da média do Brasileirão de 2015: 17.051 fãs por partida.

O público do torneio da Conmebol, aliás, é de “nível europeu”, já que é maior do que o do Campeonato Espanhol (26.741 em 2014/15) e também que o Italiano (22.057 em 2014/15).

Entre os grandes públicos da Libertadores até agora para os brasileiros, destaque para os 37.073 de Palmeiras x Nacional-URU, os 42.403 de Corinthians x Cerro Porteño-PAR e os 41.927 de Grêmio x San Lorenzo-ARG.

O Atlético-MG também joga sempre com casa cheia, mas, pelo fato do Estádio Indpendência ter capacidade menor, fica com públicos na casa dos 20 mil torcedores, como os 20.851 da partida contra o Independiente Del Valle-EQU.

Já o São Paulo vem sendo “prejudicado” na questão público. Nos últimos anos, o clube acostumou-se a ver médias de 50 a 60 mil torcedores nos jogos no Morumbi. Como está com seu estádio em reforma, no entanto, a equipe tricolor tem números menores no Pacaembu, como os 27.168 da partida contra o The Strongest.

Em alta, Náutico estreia contra instável Vitória da Conquista na Copa do Brasil

Globo Esportes

10345545_679291565544184_55535593598115874_n

Vitória da Conquista e Náutico se enfrentam, nesta quinta-feira, às 19h15, no Estádio Lomanto Júnior, pelo jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil. A partida de volta está marcada para acontecer no dia 7 de abril, na Arena Pernambuco.

Pelo lado alvirrubro, o grande objetivo é tentar evitar o duelo da Arena. É que, de acordo com o regulamento da Copa do Brasil, se o visitante vencer por dois ou mais gols de diferença, nesta fase, não há necessidade da segunda partida.

O treinador e os jogadores do Náutico, no entanto, sabem que a missão não será fácil. E não ficarão totalmente insatisfeitos com um empate. Se for derrota, que pelo menos seja com gols marcados pelos pernambucanos.

Na briga contra o rebaixamento no Campeonato Baiano, o Vitória da Conquista vê na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste a possibilidade de reabilitação. O Bode dará seu pontapé inicial no torneio nacional com o objetivo de passar de fase pela primeira vez na história e se reerguer.

Para a partida, a tendência é que o técnico Sérgio Araújo mande a campo o mesmo time que goleou o Colo Colo, por 4 a 1, no último domingo. Com isso, o Bode deve ser formado por Carlos; Artur, Sílvio, Leandro Cardoso e Tiaguinho; Edimar, Maicon Costa, Diego Aragão e Kleber; Rafael da Granja e Tatu.

Dal Pozzo não revelou a escalação para o jogo. Mas não há muito mistério. O Náutico só deve ter duas mudanças. A escalação provável é: Júlio César; Walber, Rafael Pereira, Ronaldo Alves e Gastón (Henrique); Rodrigo Souza, Niel, Rony, Renan Oliveira e Caíque Valdívia; Thiago Santana.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Em jogo insosso, Bahia e Globo-RN empatam sem gols em Ceará-Mirim

Bahia Notícias

IMAGEM_BAHIA_5

O Bahia deu início a caminhada na Copa do Brasil com um empate. Na noite desta quarta-feira (16), no estádio Barrettão, em Ceará-Mirim, o tricolor não mostrou um futebol e ficou apenas no 0 a 0 com o Globo-RN. Foi o primeiro empate do Esquadrão no ano em jogos oficiais.

Com o resultado, o Esquadrão não conseguiu eliminar o jogo de volta. A segunda partida acontecerá no dia 6 de abril, às 19h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

No próximo domingo (20), o Bahia entra na fase de mata-mata do Campeonato Baiano. O adversário será o Bahia de Feira, no estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim.

Confiança supera expulsão no início e vence apático Flamengo no Batistão

Globo Esportes

fup20160316708

Confiança é o nome do rival, mas um Flamengo que parecia cheio de si não aproveitou a superioridade numérica – Elielton foi expulso no início – e perdeu para a equipe sergipana, no Batistão, em Aracaju, nesta quarta-feira. Everton marcou o gol da vitória por 1 a 0 dos anfitriões. Com posse de bola sempre acima de 70%, 11 impedimentos e mesmo número de finalizações, o time de Muricy Ramalho não ameaçou em nenhum momento.

Confiança e Flamengo voltam a campo no próximo domingo, ambos às 16h e para disputar clássicos. O primeiro encara o Sergipe, no Batistão, e os cariocas fazem o Fla-Flu no Pacaembu. O jogo de volta entre sergipanos e cariocas está marcado para o próximo dia 13. Para completar, os donos da casa ficaram com renda superior a R$ 1,5 milhão.

O Confiança chegou assustando logo aos 20 segundos, com finalização perigosa de Everton. Os donos da casa perderam Elielton aos oito minutos, quando o camisa 11 acertou violento chute no rosto de Ederson. Depois disso, o Rubro-Negro dominou e foi para o intervalo com 77% de posse de bola. A supremacia territorial, porém, não resultou em boas chances de gol. Só Sheik chegou perto em tentativa de encobrir Rafael Sandes. Guerrero também perdeu chance por preciosismo.

O primeiro lance de perigo do segundo tempo só saiu aos 30 minutos, em chute de Cirino. Quatro minutos depois, saiu o gol do Confiança. Numa jogada pela direita, a bola cruzou toda a área rubro-negra, Rodinei furou, e Everton soltou o pé. Um castigo à inércia do Flamengo e um prêmio à confiança do Confiança.

Cuca estreia diante do Nacional com duas opções: liderar ou se complicar

Terra

56e70e2b3de37

O Palmeiras tem duas opções no jogo que marcará a estreia de Cuca, contra o Nacional (URU), às 21h45 desta quinta-feira, no Parque Central, em Montevidéu: vingar a derrota da semana passada, vencer e assumir a liderança do Grupo 2 da Libertadores (na pior das hipóteses, empatado com o Rosario Central), ou provavelmente cair para a terceira posição com empate ou derrota.

O Nacional lidera o grupo com cinco pontos, seguido por Palmeiras e Rosario, cada um com quatro pontos e com campanhas idênticas. Os argentinos visitam o River Plate uruguaio, lanterna, com dois pontos, às 19h30 desta quinta.

O Palmeiras de Cuca deve ter seis mudanças em relação ao Palmeiras de Marcelo Oliveira que tomou 2 a 1 do Nacional no Allianz Parque. Thiago Martins, Thiago Santos, Jean, Robinho, Gabriel Jesus e Cristaldo, titulares na semana passada, darão seus lugares a Edu Dracena, Egídio, Arouca, Gabriel, Allione e Alecsandro. As principais novidades da escalação serão Zé Roberto como meio-campista, e não mais como lateral-esquerdo, e Gabriel retornando após sete meses afastado por uma lesão no joelho esquerdo.

Do lado uruguaio, a dúvida é a presença de Sebastián Fernández, que está concentrado, mas sente dores lombares. No treino desta quarta, o jogador treinou separado do elenco, e o comandante disse que irá esperá-lo até o último momento. A expectativa, porém, é de que o meia-atacante não jogue. Caso isto se confirme, Ignácio González começa a partida desta noite.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia