Terra

palmeirasrosariobrigart

A noite desta quarta-feira do palmeirense foi muito tensa. A equipe parecia que conseguiria uma importante vitória na Argentina, chegou a ficar à frente do placar duas vezes, mas levou a virada do Rosario Central. Para piorar, Gabriel Jesus, que fez dois gols, foi expulso por agressão e deixou o time brasileiro em situação complicada. Menos mal que Lucas Barrios deixou tudo igual no fim e decretou o 3 a 3, que evita a eliminação alviverde, mas deixa o clube em situação bastante delicada no grupo 2 da Libertadores.

O time somou um ponto e não depende só de si para ir às oitavas de final. Recebe o River Plate uruguaio no dia 14, no Palestra Itália, e pode ser eliminado até se golear, caso Rosario Central e Nacional de Montevidéu empatem na última rodada, no mesmo dia – assim, ambos se classificam e o Palmeiras está fora. O time brasileiro chega a cinco pontos, três atrás do Rosario e do Nacional, que enfrenta o River nesta quinta-feira, no Centenário.