Futebol Interior

0002050157748_img

O São Paulo entra em campo apenas na quarta-feira para a “final” contra o River Plate-ARG, mas todos os tricolores estarão na torcida por um tropeço do The Strongest-BOL diante do Trujillanos-VEN nesta terça, quando quatro partidas movimentam a Copa Libertadores. E o Grupo 4 pode conhecer mais um classificado às oitavas de final: Huracán-ARG, que se juntaria ao Atlético Nacional-COL.

Já eliminado e com apenas um ponto, o Trujillanos amarga a lanterna do Grupo 1, mas quer conquistar pelo menos uma vitória na Libertadores e por isso o The Strongest não deve ter vida fácil no Estádio José Alberto Pérez. Na vice-liderança, com sete pontos, os bolivianos podem até mesmo assumirem a ponta de forma provisória e darem um importante passo rumo a classificação.

Classificado para as oitavas de final, o Toluca-MEX recebe o San Lorenzo no Estádio Nemesio Diez querendo a vitória para garantir a primeira colocação do Grupo 6. Os mexicanos estão na ponta, com dez pontos e ainda não perderam na Libertadores. Em terceiro lugar, com três pontos, os argentinos não podem pensar em outro resultado que não seja a vitória se ainda quiserem continuar na briga por uma vaga à próxima fase.

Uma derrota, ou até mesmo um empate, do San Lorenzo é visto com bons olhos pelo Grêmio, que está na vice-liderança, com cinco pontos, e poderia garantir a classificação de forma antecipada em caso de vitória sobre a LDU-EQU, na quarta-feira, fora de casa.

Com o Atlético Nacional-COL já garantido na próxima fase, o Grupo 4 pode conhecer o segundo classificado nesta terça-feira. Em segundo lugar, com seis pontos, dois a mais que o Sporting Cristal-PER, o Huracán-ARG precisa ganhar do lanterna Peñarol-URU, no El Palacio, e torcer para o time peruano não ganhar do líder Atlético Nacional, no Estádio Alberto Gallardo. Se isso acontecer, os hermanos estão garantidos nas oitavas de final.