WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
PMVC

abril 2016
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930



drupal counter

:: 26/abr/2016 . 17:21

CBF vai exigir campeão e vice de estaduais na Primeira Liga

Terra

delnerobudamendesgetty

A queda de braços entre grandes clubes do futebol brasileiro e a CBF, por causa da Primeira Liga, promete novos capitulos até 2017. A confederação condiciona o apoio formal à nova entidade se campeões e vices dos Estaduais do Rio, Minas, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina estiverem na próxima edição do torneio organizado pela Liga.

Na prática, isso poderia excluir da competição alguns de seus fundadores, como Grêmio, Cruzeiro e Flamengo. Esses clubes estão fora da final de seus respectivos Estaduais. O Fluminense, por ter conquistado o título deste ano da Liga, teria vaga assegurada. Na hipótese dessas ausências, a competição estaria descracterizada e inviabilizada.

A CBF ja sinalizou de que lado vai ficar em razão das polêmicas que começam a surgir. Internamente, conforme apurou o Terra , dá apoio à manifestação da federação carioca de credenciar Vasco e Botafogo à edição do torneio em 2017. Os dois vão disputar a final do campeonato do Rio em duas partidas.

A Primeira Liga, porém, atesta que é independente da CBF e das federações e que, por isso, não dependeria de critérios dessas entidades para definir o formato de seu torneio. A entidade sofreu no ano passado e no início de 2017 uma forte campanha da CBF, que agia nos bastidores, para que não prosperasse. Apesar da oposição da confederação, conseguiu organizar seu torneio, vencido pelo Fluminense na semana passada e que teve ótima aceitação do público.

Para a CBF, a Liga representa uma ameaça, uma vez que a confederação não admite perder o controle das grandes competições nacionais para os clubes.

Enaltecendo Juazeirense, presidente do Flu destaca volta da ‘terceira força’ do estado

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Fluminense de Feira e Juazeirense decidirão a terceira colocação no Campeonato Baiano, no próximo domingo (1º). O jogo acontecerá com mando do Flu, no Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, às 16h. O presidente do clube, Gerinaldo Costa, enalteceu o trabalho feito pelo Cancão, mas celebrou o fato de ter voltado ao grupo dos melhores da Bahia.

“A Juazeirense vem há algum tempo se destacado no futebol baiano. Nós estamos voltamos nessa ascensão e ganhamos a Copa Governador em cima deles. Estamos retomando essa terceira força estadual que sempre foi nossa”, disse Costa, em entrevista ao Bahia Notícias.

O Fluminense de Feira não participava de uma semifinal do Baianão há sete anos. Após isso, o clube chegou a figurar durante dois anos na divisão de acesso do estadual.

Para voltar a ficar entre os três da Bahia, o Touro do Sertão precisa reverter a vantagem da Juazeirense. Por ter feito melhor campanha na primeira fase, o Cancão joga por dois resultados iguais, além de definir o confronto em casa.

13010866_763527323749434_1887758628180687307_n

Enquanto aguarda definição do jogo contra o Santa Cruz, Vitória da Conquista segue treinando

Da Redação
Foto Eliezer Oliveira

E2A00031

Ainda sem saber a data do jogo contra o Santa Cruz, que será realizado no estádio Lomanto Júnior, pela segunda rodada da Copa do Brasil, o Vitória da Conquista segue intensificando a preparação.

Na tarde de ontem (25), os jogadores participaram de um treino técnico no Country Club. Na manhã terça (26), os atletas folgaram e a tarde foi realizado um treino tático na Toca do Bode.

No restante da semana os treinos continuarão sendo realizados somente no período da tarde. Sendo na quarta (27), no estádio Lomanto Júnior e nos outros dias no CT do clube.

Já para o domingo (1º), a diretoria do Bode está tentando marcar um jogo treino.

Revista inglesa elege o clássico Ba-Vi como o 42º derby do futebol mundial

Bahia Notícias

IMAGEM_BAHIA_5

A rivalidade entre Bahia e Vitória ganhou mais um capítulo no futebol mundial. Depois de citado no site da Fifa, antes da realização da Copa do Mundo 2014, o embate entre Tricolores e Rubro-Negros foi eleito o 42º dos 50 maiores clássicos do mundo pela revista inglesa Four Four Two.

Até o momento, a publicação divulgou do 31º ao 50º derby mundial, e os baianos são os únicos brasileiros que aparecem nesta primeira leva de jogos. O jornal citou fatos curiosos da história dos Ba-Vis, como a confusão entre os ex-atletas Preto (Vitória) e Parreira (Bahia) em 1997 e o suicídio do tricolor Bitonha em 1934. O ex-jogador foi preso após atacar o árbitro e cometeu suicídio por estar envergonhado de suas ações. A final que nunca aconteceu, no estadual de 1999, também foi recordada pelo Four Four Two.

Figuram nesta primeira lista mais sete clássicos sul-americanos, como Newell’s e Rosário Central na Argentina, Barcelona e Emelec do Equador e Olímpia contra o Cerro Porteño no Paraguai. Confira abaixo a lista de clássicos já publicados pelo periódico britânico:

31° – Kaizer Chiefs x Orlando Pirates, Johannesburgo, África do Sul
32° – Dínamo Bucareste x Steaua Bucareste, Bucareste, Romênia
33° – Esteghlal x Persepolis, Teerã, Irã
34° – Barcelona x Emelec, Guyaquil, Equador
35° – Glentoran x Linfield, Belfast, Irlanda do Norte
36° – Cerro Porteño x Olimpia, Assunção, Paraguai
37° – CSKA Sofia x Levski Sofia, Sofia, Bulgária
38° – Alianza Lima x Universitario, Lima, Peru
39° – Hamburgo x St. Pauli, Hamburgo, Alemanha
40° – América de Cali x Deportivo Cali, Cali, Colômbia
41° – Dynamo Moscou x Spartak Moscou, Moscou, Rússia
42° – Bahia x Vitória, Salvador, Brasil
43° – FC Seoul x Suwon Bluewings, Coreia do Sul
44° – Everton x Santiago Wanderers, Chile
45° – Athletic Bilbao x Real Sociedad, País Basco, Espanha
46° – Newell´s Old Boys x Rosario Central, Rosário, Argentina
47° – Olympique de Lyon x Saint-Étienne, França
48° – Portland Timbers x Seattle Sounders, Estados Unidos
49° – Blooming x Oriente Petrolero – Santa Cruz de la Sierra, Bolívia
50° – Sheffield United x Sheffield Wednesday – Sheffield, Inglaterra

Barradão está pronto para sediar primeiro duelo da final

A Tarde

650x375_barradao-bavi_1629599

Desde que virou o mando de campo do Vitória, em outubro de 1994, o Barradão se tornou o principal palco das finais do Baiano. Nestes últimos 21 anos, viu a volta olímpica do campeão em 15 oportunidades.

E só não viu 16, 17 ou até mesmo 18 porque, em 1999, a final não ocorreu e virou uma batalha judicial que terminaria com a taça dividida pela dupla Ba-Vi. Em 2007, o Vitória chegou à partida derradeira do quadrangular já campeão e o 2 a 2 com o Bahia serviu apenas como jogo de festa. Já em 2014, o mando decisivo também era do Leão, que sediou a partida em Pituaçu porque seu estádio estava em reforma.

Neste ano, o Barradão parte para mais uma decisão, agora como arena coadjuvante, mas sem perder sua relevância. Domingo, sediará o jogo de ida da final entre Bahia e Vitória. A perspectiva de que seus 35 mil lugares estejam ocupados já poderá ser confirmada a partir desta terça-feira, 26, quando começam as vendas dos ingressos para a torcida do Leão, que, por ser o time mandante, terá direito a 90% dos bilhetes. O Bahia vai anunciar até quarta, 27, quando venderá sua carga de 10%.

Ainda sem suas instalações completamente construídas, o Barradão chegou a ter duas inaugurações, em 1986 e 1991. Depois de inaugurado em definitivo, virou amuleto rubro-negro. De 1995 para cá, o Vitória se deu bem em 14 das 19 vezes em que decidiu o Campeonato Baiano.

Delas, só em uma ocasião disputou a partida derradeira fora de casa. E é aí que mora o calo do Leão. Em 2012, como agora, fez o primeiro jogo no Barradão e o segundo em Pituaçu, então mando do Bahia. Os empates em 0 a 0 e 3 a 3 deram a taça ao Esquadrão.

O goleiro Marcelo Lomba é o remanescente daquele time tricolor e guarda belas lembranças: “Foi um título que marcou muito. Era uma pressão enorme para quebrarmos o jejum [o Bahia não conquistava o Estadual desde 2001]. Agora, temos um situação semelhante, pois jogamos com a vantagem [de decidir em casa e pelo empate na soma das duas partidas]. E estamos ainda mais confiantes. Naquela época, tínhamos um jejum. Hoje, o Bahia detém a hegemonia do estado. É o atual bicampeão. Porém, precisamos da humildade de saber que temos de fazer mais do que nos outros anos, pois somos mais visados”.

Por outro lado, o Vitória se apega na invencibilidade. Domingo, o último triunfo tricolor no Barradão completa cinco anos. Em 1º de maio de 2011, o Bahia venceu por 3 a 2, mas, por ter levado 1 a 0 na ida em Pituaçu, saiu eliminado na semifinal do Baiano. Na história, foram 46 clássicos no estádio. O Vitória venceu 24, empatou 12 e perdeu 10.

“Clássico é uma situação à parte, nunca tem favorito. Mas, domingo, vamos jogar em nossa casa. Temos tudo para fazer um grande resultado, que pode nos dar tranquilidade para o jogo de volta. Estamos realizando um trabalho bem feito e confiamos na qualidade do time”, declarou o lateral esquerdo Diego Renan.

unimarc-modelo-4

Íris Sport, Kadija, Beira-Mar e Vila da Conquista buscam primeira vitoria no municipal

Da Redação

marielson-ordem-420

Os times do Íris Sport, Kadija, Beira-Mar e Vila da Conquista buscam a primeira vitória na rodada que acontece neste final de semana no estádio Edvaldo Flores, pelo Campeonato Municipal de Futebol, promovido pela LCDT.

No sábado (30), as equipes do Íris Sport e Kadija se enfrentam as 15h45. No mesmo dia, o Beira-Mar joga contra o Moicana.

Já no domingo (1º), as 08h45, o Vila da Conquista joga contra o Grêmio em jogo adiado na primeira rodada. As 10:45, Botafogo e Ponte Preta duelam em busca de subir na tabela de classificação.

A quarta rodada será complementada no dia 08, com a partida entre o Maru e Vila da Conquista.

Panorama e Flamáster fazem a final do Campeonato Cidade de Máster neste domingo

Da Redação

IMG_8475

As equipes do Panorama e Flamáster decidem o título do Campeonato Cidade de Futebol Máster, neste domingo (1º), às 10 horas, no Campo do Panorama (fundo do posto de saúde)

Nenhuma equipe terá vantagem na final. Caso o confronto termine empatado a decisão será nas cobranças de penalidades
Para chegar a final o Panorama eliminou os Amigos de Mamá na semifinal. Já o Flamáster derrotou o Ajax da Urbis VI.

Na próxima sexta (29), será anunciada a arbitragem para a partida.

Definidos os jogos da 2ª fase do Campeonato de Futebol da Zona Rural

Da Redação

gol-PI-420

Confira os jogos que serão realizados na tarde deste domingo (1º), válidos pela segunda fase do Campeonato de Futebol da Zona Rural, promovido por Reinaldo Freitas.

Nas Duas Vendas
14:30
Goías x Cruzeiro (asp)
No Ribeirão
15:30
Ribeirão x Baixa do Cedro (tit)
Na Cachoeira
14:30
Cachoeira x Lazio (asp)
Na Vereda
15:30
Independente x Baixão (tit)
No Periperi
14:30
Portuguesa x Xavier (asp)
Em José Gonçalves
15:30
Serrano x Flamengo (tit)
Na Baixa do Cedro
14:30
Baixa do Cedro x Itapirema (asp)
Em Itapirema
15:30
Itapirema x Boca Júnior (tit)
No Baixão
14:30
Baixão x Palmeiras (asp)
Em Xavier
15:30
Xavier x Periquito (tit)
No Pradoso
14:30
Pradoso x Boca Júnior (asp)
Na Gameleira
15:30
Cruzeiro x Portuguesa (tit)
Na Lagoa Suja
14:30
Lagoa Suja x 100 Parea (asp)
Na Lagoa das Flores
15:30
100 Parea x Pradoso (tit)
Na Caiçara
14:30
Serraninho x Bahia (asp)
No Boqueirão
15:30
Boqueirão x Pau Ferro (tit)
No Sossego
14.00
Sossego x Periquito (asp)
15:30
Sossego x São Sebastião (tit)
Na Cachoeira das Araras
14:30
Cachoeira das Araras x São Joaquim (asp)
Na Lagoa de José Luiz
15:30
Lagoa José Luiz x Internacional (tit)

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

pmvc





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia