MSN

BBtF9zZ.img

A situação econômica do Brasil foi um dos temas principais da insatisfação da população nos últimos meses. A chamada “crise” fez com que o poder de compra de muitas pessoas diminuísse, e o ingresso dos jogos do Campeonato Brasileiro foi um dos “produtos” que tiveram queda em seu valor de 2015 para 2016.

No geral dos 16 times que disputaram a primeira divisão no ano passado e seguem na elite neste ano, o ingresso médio caiu 21%. Apenas Internacional, Ponte Preta e São Paulo tem um valor superior neste ano do que tinham na temporada anterior.

Com a interdição do Maracanã, Flamengo e Fluminense tiveram de achar alternativas em cidades menores e, por essa razão, tiveram as maiores quedas de preço médio do ingresso, com 67% e 57%, respectivamente.

O Palmeiras, com ingresso médio a R$ 58,64 (era R$ 62,69 em 2015) segue como o time do ticket mais caro do Campeonato Brasileiro, seguido de Corinthians e Internacional. Com queda de 40% e ingresso a R$ 10,82 na média, a Chapecoense tem o ingresso mais barato da elite, seguida de Figueirense e Flamengo.