WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

maio 2016
D S T Q Q S S
« abr   jun »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  



drupal counter

:: maio/2016

Volante Dimas, ex-Vitória da Conquista, fecha com o Fluminense de Feira, informa advogado

Acorda Cidade

images

A Carvalho Alves Soccer Agency informou, que o volante Dimas será o novo contratado do Fluminense de Feira para a série D do Campeonato Brasileiro. Segundo o advogado Rafael Carvalho, a diretoria do clube já confirmou a contratação. Ainda segundo ele, o jogador se apresenta ao clube na próxima segunda-feira (30).

“Ele recusou outras propostas, inclusive a do Qatar e do Nacional do Amazonas, para acertar com o Fluminense de Feira. Dimas vai estar à disposição do treinador Arnaldo Lira na segunda-feira”, declarou o advogado ao Acorda Cidade.

Dimas atua como volante, meia e nas duas laterais. Tem 24 anos e 1,80m, esteve na base do Esporte Clube Vitória desde os 10 anos de idade, de onde saiu apenas em janeiro deste ano. Disputou as Series A e B, Copa do Brasil, Sulamericana, Copa do Nordeste e Baiano pelo Vitória. Foi o volante titular do Vitória da Conquista nessa última temporada.

Série D: Juazeirense acerta contratação do técnico Quintino Barbosa

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Um velho conhecido da torcida da Juazeirense está de volta ao comando do clube. Trata-se do técnico Quintino Barbosa, que chega para a disputa da Série D. A informação foi confirmada na manhã deste sábado (28) por Roberto Carlos, deputado estadual e presidente da agremiação.

“Analisamos friamente entre os nomes colocados e decidimos por Quintino Barbosa. Um treinador experiente e que já trabalhou com a gente. Ele classificou o nosso time no ano passado para a Copa do Nordeste. Ele se apresenta na segunda para começar os trabalhos em busca do acesso para a Série C”, disse o parlamentar-cartola, em entrevista ao Bahia Notícias.

Segundo Roberto Carlos, a tendência é que o clube contrate de três a quatro jogadores para o certame. A base do time que disputou a Copa do Nordeste e o Campeonato Baiano foi mantida.

“Queremos contratar de três a quatro atletas. Nós renovamos com a maioria dos jogadores que atuaram na Copa do Nordeste e Campeonato Baiano. Na semana que vem iremos bater o martelo”, finalizou.

A primeira passagem de Quintino Barbosa na Juazeirense foi em 2013, quando levou o time para as semifinais do estadual e conquistou o título de melhor treinador. Ele ainda trabalhou na agremiação em 2014 e 2015.

A Juazeirense estreia na Série D contra o Icasa, no dia 12 de junho, no Estádio Adauto Moraes. O Cancão de Fogo integra o Grupo A5 da competição juntamente com o Icasa, Altos-PI e Maranhão.

unimarc-modelo-4

Chapecoense empata no fim e Santa pode perder a ponta neste domingo

Lancenet

leonardomourachapecoensesantacruzbrasileirao28052016gazetapress

Fechando os jogos de sábado desta quarta rodada do Brasileirão, a Chapecoense recebeu o Santa Cruz na Arena Condá. Este foi o primeiro duelo entre as equipes na história do futebol e já carregava um alto grau de importância. Quem deixasse o campo vencedor, seria o líder do campeonato. Mas a vitória não saiu para nenhum dos lados. Apesar de um jogo bastante movimentado e com bons lances para os dois lados, as equipes deixaram o campo de jogo com a igualdade em 1 a 1.

O atacante Arthur inaugurou o marcador, após cruzamento de Keno, ainda no primeiro tempo de jogo. No segundo tempo, a Chapecoense chegou ao empate já aos 38 minutos, com Tiago Costa marcando contra. Com o resultado, o Santa permanece imbatível sob o comando de Milton Mendes e invicto no Brasileirão, mas somou apenas um ponto, e agora tem oito, podendo ser ultrapassado por Grêmio, Internacional e Palmeiras. A Chapecoense também segue invicta, mas chega aos seis pontos e perde a oportunidade de liderar momentaneamente o torneio.

Atlético-PR bate o Figueirense e deixa a lanterna

Terra

574a21f2afd4d

Depois de passarem em branco nas três primeiras rodadas, Atlético-PR e Figueirense se encontraram na Arena da Baixada buscando a primeira vitória no Brasileirão. E quem levou a melhor foi o time da casa. Com um final emocionante e requintes de emoção, a equipe rubro-negra venceu por 2 a 1 diante do seu torcedor.

O nome da partida foi o atacante Ewandro, autor do primeiro gol, de cabeça, e responsável pela belíssima jogada que resultou no segundo gol, marcado por Thiago Heleno, também de cabeça. No segundo tempo, Bruno Alves fez o gol de honra do Figueirense, que correu atrás até os minutos finais, mas não conseguiu sair de campo sequer com um empate.

Com o resultado, o Atlético-PR foi aos quatro pontos e sai momentaneamente da zona da lanterna e da zona de rebaixamento, local que agora é frequentado pelo Figueirense, que segue com apenas três pontos na tabela.

Íris vence o Vila Nova e Vitória da Conquista e Grêmio empatam pelo municipal

Da Redaçao
Foto Esportes do Sudoeste

420-LCDT-2016-ponte-preta-1x1-Moicana-Beira-mar-0x0-Iris-024-cópia

Dois jogos foram realizados na tarde deste sábado (28), no estádio Edvaldo Flores, válidos pela penúltima rodada da fase de classificação do Campeonato Municipal de Futebol

Na primeira partida o Íris Sports derrotou o Vila Nova pelo placar de 2 a 0. Com o resultado o Íris somou cinco pontos e saiu da zona do rebaixamento. Já o Vila Nova com três pontos precisa vencer o Maru na última rodada para não cair para a segundona.

No outro confronto as equipes do Vitória da Conquista e Grêmio ficaram no empate pelo placar de 0 a 0. Com o empate o Bodinho foi a onze pontos. Já o Grêmio somou nove pontos.

Mais duas partidas serão realizados na manha deste domingo (29). As 08h45, o Beira-Mar joga contra o Botafogo. Já as 10h45, o Vila da Conquista enfrenta p Simonassi.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n

Cruzeiro empata clássico com América e segue sem vencer no Brasileiro

Gazeta Esportiva

Cjkk3FHW0AADnvr

O Cruzeiro continua sem vencer no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, a equipe celeste pressionou, mas não evitou um empate no clássico contra o América-MG, no Mineirão, por 1 a 1.

O time de Paulo Bento começou a partida melhor, abusou dos gols perdidos e viu Victor Rangel abrir o placar aos 29 minutos da primeira etapa. O empate veio apenas no segundo tempo, aos 36 minutos, após a entrada do ex-palmeirense Robinho. Estreante, o meia colocou fogo no jogo e deu uma bela assistência para Arrascaeta igualar o marcador.

Além das quatro rodadas sem vitórias no Brasileiro, o Cruzeiro amarga um jejum contra o América em 2016. Em quatro jogos, foram três empates e uma derrota. Na zona de rebaixamento com apenas dois pontos ganhos, a Raposa volta a campo na quarta-feira, às 21h45, contra o Botafogo, no Mané Garrincha, em Brasília.

O América também ainda não venceu no campeonato e tem os mesmos dois pontos que os rivais celestes. A equipe de Givanildo volta a entrar em ação na quinta-feira, contra a Ponte Preta, no Independência, às 19h30.

SÉRIE B: Craque Nenê empurra o Vasco e sorte deixa Atlético-GO com 100% de aproveitamento

Futebpç Interior

frm20160528195

Se um bom grupo de times já está preocupado com o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B, dois clubes estão rindo à toa. Tem 100% de aproveitamento em quatro jogos, somam 12 pontos e abriram cinco pontos dos demais. O Vasco da Gama só leva vantagem sobre o Atlético-GO pelo saldo de gols: 8 a 4.

Ambos venceram em casa, neste sábado à tarde. O Vasco da Gama venceu o Bahia, por 4 a 3, num jogo de muitas alternativas. O time carioca abriu2 a 0, mas levou o empate.

Depois marcou mais dois gols com o craque Nenê – porque ele não foi para a Seleção Brasileira ainda? – e o tricolor baiano ainda diminuiu. Ficou com sete pontos, fora da zona de classificação e num segundo bloco.

No estádio Serra Dourada, o Atlético-GO levou um susto ao sair atrás, mas virou o jogo com sorte: fez um gol aos 45 minutos do segundo tempo. O Vila Nova continua com três pontos, namorando a zona de descenso.

Destaque da tarde ficou para a goleada do Avaí, que contou com o centroavante William Bartoré inspirado. Ele marcou três gols. O time catarinense abriu 4 a 0 e nos últimos minutos sofreu dois gols, vencendo por 4 a 2.

Quem não embala é outro catarinense: o Joinville. Empatou em casa, por 1 a 1 com o valente Londrina, somando seu terceiro empate em quatro jogos. Com três pontos o JEC dorme na zona de queda. O time do norte do Paraná está com 11 pontos, em posição intermediária. Um bom começo para um time que veio da Série C ano passado.

A quarta rodada ainda não acabou. Dois jogos vão ser disputados a partir das 21 horas.

Real vence Atlético nos pênaltis e conquista a 11ª Champions

Terra

sergioramosrealmadridatleticochampions28052016efe

O Real Madrid dominou o primeiro tempo, aguentou a pressão do Atlético no segundo, sobreviveu à prorrogação e, nos pênaltis, conseguiu o seu 11º título na história da Liga dos Campeões. O duelo marcou a reedição da final de 2014, quando os madridistas também saíram campeões, e marca a consagração do agora técnico Zinedine Zidane, que assumiu um time desacreditado no meio da temporada e chegou à conquista.

No tempo normal, Sergio Ramos abriu o placar ao desviar cobrança de falta, ainda na etapa inicial, enquanto Ferreira Carrasco completou bom cruzamento de Juanfran, já na parte final. Na prorrogação, o empate persistiu e a decisão ficou para as penalidades. Foram sete acertos até Juanfran bater no pé da trave, dando a Cristiano Ronaldo a chance de fechar com chave de ouro sua performance no torneio.

Dessa forma, o Real chega à sua 11ª conquista do torneio, isolando-se ainda mais como maior ganhador da Liga. O principal perseguidor é o Milan, dono de 7 troféus. O último título foi conquistado justamente diante do rival, em 2014, também com gol de Sergio Ramos no tempo normal. Naquela ocasião, o zagueiro anotou o seu nos acréscimos do segundo tempo, empatou o duelo em 1 a 1 e, na prorrogação, os madridistas consolidaram um 4 a 1.

O triunfo também marcou a entrada de mais brasileiros na galeria de campeões do torneio. Foi o caso do lateral direito Danilo e do volante Casemiro, que terminaram a partida em campo. Marcelo, outro representante canarinho, por sua vez, havia sido campeão em 2014.

outdoor_pq

Rafael Granja está de volta ao Flu de Feira

Jornal Folha do Estado

48268-2

O meia Rafael Granja está de volta ao Fluminense de Feira, depois de ter disputado o Campeonato Baiano, Copa do Brasil e Copa Nordeste pelo Vitória da Conquista. Ele foi um dos destaques no tricolor feirense, na disputa da Copa Estado do ano passado, conquistada pelo “Touro do Sertão”.

Mesmo com todo o esforço dos dirigentes para manter Granja no tricolor feirense para o Campeonato Baiano, ele optou por retornar ao Vitória da Conquista. Rafael marcou o gol que deu o título da Segunda Divisão para o Flamengo de Guanambi e também foi o autor do gol que sagrou o Fluminense de Feira campeão da Copa Estado. “O gol do título foi importante, mas toda glória é de Deus e dos meus companheiros. Agora a história é outra, pois, temos uma competição muito complicada, mas, vamos com tudo em busca de novas conquistas”, afirmou o jogador.

Rafael Granja tinha outras propostas, porém, resolveu retornar ao Fluminense. “O time tem uma grande torcida, uma diretoria organizada com bons projetos e isso é que me motivou a retornar. Espero ser feliz aqui como aconteceu no ano passado, quando conquistamos a Copa Estado”, declarou o jogador.

Seleção Brasileira enfrentou Panamá três vezes na história e goleou todas

Terra

Marcelo-D-Sants-Estadao-Conteudo-Selecao-Brasileira-Panama-Brasil-4a0

Rival do Brasil neste domingo, em amistoso de preparação para a Copa América, o Panamá também serviu de teste para a Seleção Brasileira que se preparava para a Copa do Mundo de 2014. No dia 3 de junho daquele ano, as duas equipes se encontraram no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, e os canarinhos venceram de goleada 4 a 0.

Naquela tarde, o técnico Luiz Felipe Scolari viu Neymar abrir o placar e fazer uma grande atuação. Daniel Alves, com um belo chute, ampliou antes do intervalo. No segundo tempo, Hulk e Willian colocaram números finais ao jogo.

O Panamá também marcou a estreia do técnico Felipão em terras brasileiras, durante sua primeira passagem pelo comando da Seleção, em 2001. Naquele dia 9 de agosto, a Seleção Brasileira entrou em campo na Arena da Baixada, em Curitiba, para o amistoso cercada de desconfiança já que o time vinha de vergonhosa eliminação na Copa América, diante de Honduras, o que fez com que Luiz Felipe Scolari sofresse com muitas vaias. O primeiro tempo terminou sem gols e os brasileiros foram para o vestiário debaixo de xingamentos.

Após algumas modificações, o Brasil melhorou em abriu o placar aos 15 minutos, em pênalti convertido por Edilson. O lance furou o bloqueio panamenho e o segundo gol aconteceu apenas dois minutos depois, com Alex. Euller, Juninho Paulista e Roberto Carlos, que naquela ocasião foi considerado o melhor em campo, completaram o marcador.

No total, a Seleção Brasileira enfrentou o Panamá apenas três vezes na história. Além dos jogos citados, houve um duelo em 13 de abril de 1952, durante o Pan-Americano do Chile. Curiosamente, os canarinhos também golearam por 5 a 0, com gols de Baltazar, Rodrigues (2), Julinho e Pinga. O Brasil se sagraria campeão naquele Pan, na primeira conquista da Seleção Brasileira em um torneio disputado fora do país.

Jamais o líder na 3ª rodada ganhou o título do Brasileirão

Terra

grafite-santa-cruzeiro-gp

O Santa Cruz vive, com méritos, dias de euforia. Campeão da Copa do Nordeste e do Estadual de 2016, o time de Pernambuco lidera a Série A do Brasileiro com três rodadas disputadas. Melhor ainda: está nessa posição depois de amargar dez anos longe da principal divisão do futebol nacional. Contudo, o histórico recente da competição recomenda que seu torcedor se contenha. Desde que o Brasileiro passou para o sistema de pontos corridos, em 2003, jamais um equipe que o liderava na terceira rodada conquistou o título.

Nas últimas 13 edições da Primeira Divisão nacional, clubes que não têm no currículo o título mais importante do futebol do País chegaram à liderança no início da competição. Em 2004, a honraria coube ao Figueirense, que terminou campeonato em 11º. Já em 2007 foi a vez de o Paraná despontar em primeiro lugar depois de três rodadas. Mas, no final, o time não passou da 19ª posição e acabou rebaixado.

Há exatamente cinco anos, o Santa Cruz disputava a Série D do Brasileiro. Foi vice-campeão de 2011 e pulou para a Terceira Divisão. Já em 2013, conseguiu o título da Série C e deu um salto maior, então para a Segunda Divisão. Mais dois anos, e o centenário clube do Nordeste, em outra campanha de fôlego, acabou como vice-campeão da Série B.

Essa ascensão rápida é um contraste com a queda repentina da equipe no cenário nacional. Em 2006, o time foi rebaixado da Série A para a Série B. Em 2007, caiu para a Série C e em 2008, para a Série D. E na disputa da Quarta Divisão em 2009 terminou em 28º lugar.

Confira os líderes do Brasileiro após a terceira rodada, desde 2003. Ao lado o campeão.

2003 – Internacional (Cruzeiro)
2004 – Figueirense (Santos)
2005 – Santos (Corinthians)
2006 – Santos (São Paulo)
2007 – Paraná (São Paulo)
2008 – Cruzeiro (São Paulo)
2009 – Internacional (Flamengo)
2010 – Corinthians (Fluminense)
2011 – São Paulo (Corinthians)
2012 – Vasco (Fluminense)
2013 – São Paulo (Cruzeiro)
2014 – Corinthians (Cruzeiro)
2015 – Sport (Corinthians)
2016 – Santa Cruz

13010866_763527323749434_1887758628180687307_n

BRASILEIRÃO: Líder sensação, briga de foice e clássico da degola agitam o sábado

Futebol Interior

728x485

A abertura da quarta rodada do Campeonato Brasileiro promete muita emoção, neste sábado. Tem clássico mineiro que vale vaga na zona de rebaixamento, times do Sul lutando para deixar as últimas posições e duas sensações jogando em Chapecó. O Cruzeiro tenta sair da degola contra América-MG. Também no Z4, o lanterna Atlético-PR faz duelo de seis pontos contra po Figueirense. Por fim, o surpreendente líder Santa Cruz visita a “curva de rio” Chapecoense.

Sensação do Brasileirão, o Santa Cruz terá de suar sangue para se manter na ponta contra a Chape. Em confronto marcado para as 21 horas, na Arena Conda, em Chapecó, coloca frente a frente dois clubes que – contrário as previsões iniciais – vêm se destacando no início da competição. Os pernambucanos lideram o campeonato, enquanto os catarinenses estão na quinta colocação.

O Santa, do artilheiro Grafite com cinco gols, somou sete pontos até o momento, sendo que vem de uma goleada histórica sobre o Cruzeiro, por 4 a 1. A Chape tem dois pontos a menos e ocupa uma posição abaixo do Palmeiras, primeiro clube do G4 com seis pontos.

Clássico dos desesperados? Talvez seja exagero, mas é fato que o sinal de alerta já está ligado no Cruzeiro e no América-MG, que se enfrentam às 16 horas, no Mineirão. Isso porque, em três rodadas da competição nacional, os clubes somaram apenas um ponto e integram a zona de rebaixamento. O time americano leva vantagem no saldo de gols, -3 a -4, e por isso é o 18º colocado, enquanto os celestes aparecem em penúltimos.

Na última rodada, a Raposa foi humilhada pelo Santa Cruz. O único ponto do clube foi conquistado na segunda rodada, em um 2 a 2 com o Figueirense. O Coelho, por sua vez, obteve seu primeiro ponto na última rodada. Porém, o empate teve um gosto amargo. Isso porque o clube ganhava do Vitória, em casa, e tinha um jogador a mais. Entretanto, pouco atento, acabou tomando o gol de empate.

Tudo bem, é começo de campeonato. Porém, os torcedores de Atlético-PR e Figueirense, que se enfrentam em Curitiba, às 18h30, já começam a ficar preocupados. Isso porque o Furacão soma apenas um ponto e é o lanterna da competição. Já o Figueira tem três e é a primeira equipe fora da zona de descenso.

O Atlético-PR vem de derrota para o Botafogo, em Juiz de Fora, por 2 a 1. O único ponto da equipe foi conquistado na segunda rodada, quando empatou em um gol com o xará mineiro na Arena da Baixada. A equipe catarinense está invicta na competição, mas também ainda não venceu – em três jogos, foram três empates, quatro gols feitos e quatro tentos sofridos.

A rodada terá sequência no domingo com mais sete grandes jogos. Os destaques ficam por conta dos clássicos paulista e carioca. Em meio à sua intertemporada para as semifinais da Libertadores, o São Paulo encara o motivado Palmeiras, no Morumbi. Já Fluminense e Botafogo tentam encostar nos primeiros, em Volta Redonda.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia