Esporte Total

Em clima de tranquilidade, a Juazeirense encerrou na manhã deste sábado 3 a preparação para o difícil compromisso de domingo 4, contra o Vitória da Conquista. A partida começa às 16 horas, no Estádio Lomanto Jr.

O treino, realizado no estádio Edvaldo Flores, teve a participação de todos os 19 jogadores que compõem a delegação juazeirense.

O técnico Luiz Antonio Zaluar não divulgou a equipe que começa jogando, mas em relação à formação da última partida, dois jogadores estarão de fora: o zagueiro Emílio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e o meia Bruno, em tratamento no departamento médico.

Na conversa que manteve com os jogadores, Zaluar alertou para possíveis armadilhas que cercam a partida contra o Conquista, adversário ferido e em busca de reabilitação diante de sua torcida.

Com sete pontos em três jogos, o Cancão de Fogo divide a liderança do Baianão com Vitória, Bahia de Feira e Jequié, e vai a campo com o propósito de aumentar sua pontuação, credenciado pela boa fase no começo da temporada. Para isso, a equipe precisa saber explorar a fragilidade psicológica que atinge o adversário.

No momento o Bode ocupa a sétima posição no estadual com apenas três pontos. Além disso, a eliminação precoce na Copa do Brasil coloca em risco, inclusive, a permanência do técnico Washington. Segundo o presidente Ederlane Amorim, o fracasso na Copa do Brasil compromete todo o planejamento da equipe.

Para a partida contra a Juazeirense, o técnico Washington poderá não contar com até quatro jogadores: Edimar, com terceiro cartão e Maicon lesionado estão de for e Alan Bahia e Rafamar estão em observação.