Globo Esportes

O Atlético-MG lutou. Mas só luta não foi suficiente para classificar o time para a segunda fase da Copa Sul-Americana. Com um time formado praticamente por reservas, o Galo ficou no 0 a 0 com o San Lorenzo. Boas chances foram criadas. Porém, Erik, Elias, Alerrandro e Otero não converteram em gol.

O clube chegou a reclamar de um pênalti claro cometido por Coloccini, no segundo tempo, mas o árbitro não deu. A torcida ficou muito irritada pelo fato de os titulares não terem atuado. No fim, a diretoria foi vaiada por conta da decisão de poupar quase todo o time.

O Atlético-MG volta agora as atenções para o Campeonato Brasileiro. No domingo, às 16h, o time enfrenta o xará paranaense na Arena da Baixada, pela quinta rodada da competição.