Globo Esportes

Você se lembra onde estava em 17 de junho de 2015? Dunga estava no banco da seleção brasileira. Marcelo estava de férias, preterido pelo técnico. Alisson no Internacional, sem qualquer previsão de ser convocado rapidamente. Muita coisa mudou. Para melhor.

Foi também em 17 de junho de 2015, exatos três anos antes da estreia na Copa do Mundo da Rússia, que o Brasil perdeu pela última vez com Neymar em campo. A derrota de 1 a 0 para a Colômbia foi traumática. A expulsão do craque, após o apito final, gerou tentativa de agressão ao árbitro chileno Enrique Osses e uma suspensão de quatro jogos em torneios oficiais.

De lá para cá, a Seleção disputou 35 jogos e só perdeu três, para Chile (0x2), Peru (0x1) e Argentina (0x1), todos sem Neymar em campo.

Veja o retrospecto do Brasil desde 17 de junho de 2015:

Com Neymar:
20 jogos
15 vitórias
5 empates
83,3% de aproveitamento
Sem Neymar:
15 jogos
9 vitórias
3 empates
3 derrotas
66,6% de aproveitamento