Globo Esportes

A Fifa divulgou nesta quinta-feira o trio de arbitragem responsável pela decisão da Copa do Mundo. Se a Argentina não chegou à final, o país sul-americano será representado por Néstor Pitana, Hernan Maidana e Juan Pablo Belatti. O quarto árbitro será um holandês: Bjorn Kuipers. A equipe do VAR será composta por Massimiliano Irrati (Itália), Mauro Vigliano (Argentina), Carlos Astroza (Chile) e Danny Makkelie (Holanda).

Pitana já teve outra grande responsabilidade neste Mundial. Ele apitou o jogo de abertura entre Rússia e Árabia Saudita. Na ocasião, a anfitriã estreou com o pé direito, com uma goleada de 5 a 0. O duelo não teve nenhum problema de arbitragem. No seu jogo seguinte, outra partida com muitas gols: Suécia 3 x 0 no México.

Sem nenhuma grande polêmica em suas partidas na Rússia, o árbitro de 43 anos distribuiu 12 cartões amarelos nos quatros jogos no Mundial. Finalistas da Copa, França e Croácia já tiveram Pitana como árbitro na competição. Ele apitou a vitória dos croatas nos pênaltis sobre a Dinamarca, nas oitavas, e o 2 a 0 dos franceses nos uruguaios, nas quartas.
A partida decisiva acontecerá no próximo domingo, no Estádio Lujniki, em Moscou. O confronto está marcado para às 12h (de Brasília).