Futebol Interior

A 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B começou nesta terça-feira com dois jogos e já colocou fogo na briga pelo G4. Enquanto o Avaí tropeçou e deu brecha para ser alcançado, a Ponte Preta ultrapassou o Atlético-GO e vai dormir na zona de classificação. Na parte debaixo da tabela, o Brasil de Pelotas se colocou em situação de risco e pode termina a rodada no Z4.

Depois da goleada por 4 a 0 sobre o Paysandu, em plena Curuzu, a Ponte Preta voltou ao Moisés Lucarelli e venceu o Criciúma por 3 a 1. Com o resultado, chegou aos 32 pontos e agora está na quarta colocação, ganhando quatro posições na tabela.

Até o final da rodada, a Macaca ainda pode ser ultrapassada tanto pelo quinto colocado Atlético-GO, que tem 31 pontos quanto por Goiás, Figueirenese ou Vila Nova, todos com 30 pontos.

Existe uma remota possibilidade do rival Guarani também ultrapassar, desde que tire uma diferença de 7 a 3 no saldo de gols.

O Criciúma, por sua vez, se complica na tabela e fica com 14ª colocação, com 24 pontos, a três do Londrina, primeiro time dentro da zona de rebaixamento, com 21. Um ponto atrás do time catarinense está o Brasil de Pelotas, que também foi a campo nesta terça-feira e empatou por 1 a 1 com o Avaí.

A equipe gaúcha está em 16º lugar, com 23 pontos, sob o risco de entrar na zona de rebaixamento, podendo ser ultrapassada por Londrina e CRB. O Avaí, por sal vez, mantém a terceira colocação, com 33 pontos, mas pode terminar a rodada fora do G4.