Futebol INterior

A tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B deve sofrer mudanças após a 22ª rodada, que será realizada de forma completa nesta terça-feira. São quatro times que estão de olho nas vagas de Atlético-GO e Goiás no G4. O mesmo número vale para quem corre o risco de entrar na zona de rebaixamento nos lugares de Brasil de Pelotas e CRB.

Empatados com 32 pontos, Ponte Preta e Guarani fazem o tradicional dérbi campineiro no próximo sábado, mas antes enfrentam Londrina e Atlético-GO, respectivamente. Na sexta colocação e sem perder há quatro jogos, o time alvinegro vai até o interior paranaense encarar um adversário que não está em 15º lugar, com 24, e tenta ficar fora do Z4.
No Brinco de Ouro da Princesa, o alviverde paulista faz um confronto direto contra o Atlético-GO, que é o terceiro colocado, com 32.

Embalado por duas vitórias seguidas, na quarta colocação, com 33 pontos, o Goiás recebe no Olímpico Pedro Ludovico o São Bento – 13º colocado, com 25. Quem torce por um tropeço esmeraldino é o Avaí, que defende uma invencibilidade de sete jogos diante do Juventude, na Ressacada. Os catarinenses estão em quinto lugar, com os mesmos 33 pontos que o Goiás, mas atrás no número de vitórias (10 contra 8). Já os gaúchos têm 26, na 12º colocação.

Em oitavo lugar, com 31, o Vila Nova precisa de uma combinação improvável de resultados para entrar no G4, além de vencer o desesperado Sampaio Corrêa, em São Luis. Sem ganhar há 11 jogos na Série B, o time maranhense é o penúltimo colocado, com os mesmos 17 pontos do lanterna Boa Esporte, que recebe o Figueirense, em Varginha. Com Milton Cruz pressionado, os catarinenses estão na nona colocação, com 30 pontos.

Na liderança isolada, com 43 pontos, o Fortaleza vai até Maceió buscar a quinta vitória seguida contra o CRB, que não ganha há seis jogos e está na zona de rebaixamento, em 18º lugar, com 22. Em um confronto direto, o Brasil de Pelotas recebe o Paysandu no Bento Freitas. Os gaúchos abrem a degola, na 17ª posição, com 23 pontos, um a menos que o time paraense, que tem três derrotas seguidas.

Tentando não perder o Fortaleza de vista, o vice-líder CSA – 37 pontos – encara o Oeste na Arena Barueri. O time rubronegro tem 27 e é o 11º colocado. Sem ganhar há quatro jogos e em décimo lugar, com 29, o Coritiba busca a primeira vitória sob o comando de Tcheco contra o Criciúma, que tem 24 pontos e está na 14ª colocação. A partida será no Heriberto Hülse.