Globo Esportes

Além da experiência de atletas já rodados, como Thiago Neves e Diego, Cruzeiro e Flamengo depositam esperança, no Mineirão, também nos pés de jovens jogadores. Xodós das torcidas e peças quase que imprescindíveis nos esquemas de Mano Menezes e Maurício Barbieri, Arrascaeta (24 anos) e Lucas Paquetá (20) vão medir forças, nesta quarta-feira, pela Libertadores, em uma prévia do que pode ser, no futuro, duelo entre as seleções uruguaia e brasileira.

Arrascaeta e Lucas Paquetá fazem parte do projeto Catar 2022 de Uruguai e Brasil, respectivamente. O meia estrangeiro até participou da última Copa do Mundo, mas não conseguiu ter tanto destaque, atuando em duas partidas, uma como titular. Para o amistoso com o México, em setembro, Arrascaeta foi mantido na lista dos convocados uruguaios. Na volta ao Brasil, vem sendo um dos mais decisivos do Cruzeiro, com quatro gols marcados no pós-Copa. Um deles no primeiro confronto vencido pela Raposa por 2 a 0 sobre o Flamengo, no Maracanã.

Assim como Arrascaeta, Paquetá está nos planos da Seleção. Ele esteve na lista de suplentes para a Copa e, agora, foi uma das novidades na lista de Tite para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador, em setembro, na primeira convocação brasileira após o Mundial da Rússia. Desde o ano passado, o jogador rubro-negro vem se destacando e chamando a atenção. Atualmente, é titular absoluto no esquema de Maurício Barbieri

Por enquanto, os dois seguem brilhando nos gramados brasileiros e sul-americanos com as camisas de Cruzeiro e Flamengo. E no Mineirão, quem vai ser decisivo para a classificação da sua equipe?