WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

novembro 2018
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  



drupal counter

:: 24/nov/2018 . 18:55

Confiante, elenco do Conquista embarca para enfrentar o Lusaca

Da Redação

O elenco do Conquista viajou na tarde deste sábado (24), para Camaçari onde neste domingo (25), enfrenta o Luxação, às 15 horas, no estádio Armando Oliveira, pelas quartas de final do Campeonato Baiano Feminino.

Apesar dos vários desfalques, o treinador Nilson Paulista está confiante em um bom resultado.

Caso a partida termine empatada a decisão da vaga será nas cobranças de pênaltis.

SÉRIE B: CSA e Avaí confirmam o acesso ao lado de Fortaleza e Avaí

Futebol Interior

Encerrada a edição 2018 da Série B do Campeonato Brasileiro. Após os acessos do campeão Fortaleza e do Goiás, CSA e Avaí também garantiram presenças na Série A de 2019. O Paysandu, por outro lado, se juntou a Sampaio Corrêa, Juventude e Boa Esporte na Série C.

O CSA fez muito bem a sua parte, ao golear o Juventude, por 4 a 0, em Caxias do Sul (RS), terminando com 62 pontos, como vice-campeão. O Avaí segurou o empate sem gols no confronto direto ante a Ponte Preta, na Ressacada, em Florianópolis (SC), terminando com 61 pontos, em terceiro lugar.
O Goiás, por sua vez, encerrou sua participação no quarto lugar, com 60 pontos, mesma pontuação da Ponte Preta que sobrou na disputa. A Macaca terminou em quinto por ter menos vitórias do que o time goiano: 18 a 16.

O Fortaleza, de Rogério Ceni, foi o primeiro time a garantir o acesso. Depois sagrou-se campeão. Voltará à elite em 2019, 13 anos após sua última participação. O tricolor cearense teve uma campanha regular, ficando no G4 em 37 rodadas. Fez a melhor campanha, com 21 vitórias, com 62,3% de aproveitamento.

Fora da elite desde 1987, quando participou do Módulo Amarelo, o CSA fez uma boa campanha, ficando 34 rodadas no G4. Mas saiu, justamente, na penúltima rodada, dando um susto em sua torcida. O seu técnico, Marcelo Cabo, já tinha subido com o Atlético-GO, em 2016.

Sob o comando de Geninho, de 70 anos, o Avaí fez uma campanha regular em busca do acesso. Esteve 27 rodadas no G4, sendo que depois da 28.ª rodada só ficou entre os primeiros colocados. A sua última participação no Brasileirão ocorreu em 2015.

O Goiás teve um começo irregular. Ficou nove rodadas no Z4, zona de rebaixamento, mas depois reagiu na troca de técnicos. Saiu Hélio dos Anjos e entrou Ney Franco. No total, ficou 15 rodadas no G4, desde a 24.ª rodada. Volta à elite após quatro anos – caiu em 2015.

Festa de alguns, tristeza de outros. O quarto time rebaixado à Série C em 2019 é o Paysandu que perdeu em casa, na Curuzu, para o Atlético-GO, por 5 a 2. Ficou com 43 pontos, em 17.º lugar. Oeste e Figueirense, com 46 pontos, se livraram da queda.

Antes da última rodada, já tinham seus destinos traçados o Boa Esporte, Juventude e Sampaio Corrêa.

Ypiranga e Country Club ficam no empate na abertura do Campeonato de Master

Da Redação

As equipes do Ypiranga e Country Club empataram pelo placar de 0 a 0, na noite desta sexta (23), na abertura do Campeonato de Master.

O Ypiranga volta a campo no próximo dia 07, às 19 horas contra o Grêmio. Já o Country Club enfrenta o Santos no dia 08, às 16 horas.

A rodada segue neste sábado (24), às 17h30, com o jogo entre União de Belo Campo e Grêmio.

Outros jogos
Quarta
19:00
Santos x Flamaster
Sexta
19:00
Periquito x Valência
Sábado
17:30
Adami Bariri x Flamengo (Lagoa das Flores)
Quarta
19:00
Barra x Portuguesa

Rodada do Brasileirão pode ter campeão e outros rebaixados

Atarde

A 37ª rodada do Brasileirão, que será aberta neste sábado com o jogo isolado entre Santos e Atlético-MG, às 20h, na Vila Belmiro, poderá definir todas as peças do tabuleiro do campeonato, do campeão aos classificados para a Copa Libertadores, além dos três outros times que se unirão ao já rebaixado Paraná na turma que disputará a Série B em 2019.

Começando pela parte de cima da tabela, o décimo título brasileiro do Palmeiras poderá vir de duas formas: se o clube derrotar o Vasco em São Januário, no domingo, às 17h, não dependerá de mais ninguém. Mas mesmo que perca dos vascaínos e o Flamengo, no máximo, empate com o Cruzeiro, no Mineirão, no mesmo horário, a taça estará garantida. Isto porque a distância entre líder e vice ficaria em quatro pontos, com apenas mais um jogo a ser realizado.

As duas outras vagas do G4 estão em disputa entre três times: Internacional (65 pontos), Grêmio (62) e São Paulo (62). A única forma de se definir o grupo já nesta rodada é se o Inter ao menos empatar com o Fluminense, em casa, o Grêmio derrotar o Vitória, em Salvador, e o São Paulo não ganhar do Sport, no Morumbi, no duelo que fecha a jornada, segunda, às 20h. Neste cenário, os paulistas não conseguiriam mais alcançar os gaúchos. O único que depende apenas de si para se garantir na fase de grupos da próxima Libertadores é o Inter, caso some três pontos no Beira-Rio.

A última vaga no G6 também pode ser sacramentada caso o Atlético-MG, com 56 pontos, vença o Santos, e o Atlético-PR, que tem 53, não ganhe do Ceará. Ou se os mineiros empatarem e os paranaenses perderem.

REBAIXAMENTO – Na parte inferior da tabela, uma vitória da Chapecoense (40 pontos) sobre o Corinthians, em Itaquera, somada a tropeços de Sport (38), América-MG (37) e Vitória (36), que poderiam no máximo empatar com São Paulo, Bahia e Grêmio, respectivamente, decretaria de uma vez só a queda do trio para a Segundona.

O Corinthians está quase salvo. O site Infobola, do matemático Tristão Garcia, dá só 1% de risco de rebaixamento para a equipe de Jair Ventura, que tem 43 pontos. Vitória (97%), América-MG (87%) e Sport (73%) são os mais ameaçados. A Chapecoense tem 31% de risco de cair. Ceará (3%), Vasco (4%) e Fluminense (4%) completam a lista.

Confira os jogos
Sábado
19:00
Santos-SP x Atlético-MG
Domingo
17:00
Cruzeiro-MG x Flamengo-RJ
Atlético-PR x Ceará-CE
Vitória-BA x Grêmio-RS
Vasco da Gama-RJ x Palmeiras-SP
19:00
América-MG x Bahia-BA
Corinthians-SP x Chapecoense-SC
Internacional-RS x Fluminense-RJ
Segunda
19:00
Botafogo-RJ x Paraná-PR
São Paulo-SP x Sport-PE

River e Boca decidem para valer uma Libertadores que marcará gerações

Globo Esportes

Boca Juniors e River Plate encerram neste sábado, às 18h (de Brasília), no Monumental de Núñez, uma final que definirá gerações de jogadores, torcedores, dirigentes… Haverá o antes e o depois deste 24 de novembro de 2018 – e não adianta você achar que se trata um exagero. Nas ruas de Buenos Aires, o sentimento é de que o medo de perder para o arquirrival é maior até mesmo do que a vontade de ganhar a Taça Libertadores da América. Parece coisa de louco, não é? Talvez não seja para entendermos.

É fácil dizer que é a maior final envolvendo clubes argentinos na história. Mas há quem pense que estamos diante da maior final da história do futebol de clubes, levando em consideração que todas as demais concorrentes precisem ser analisadas previamente ao acontecimento, e não depois de algum fato épico ou uma virada heróica.

Donos de uma das maiores rivalidades do mundo, Boca e River somam cerca de 70% de toda a torcida da Argentina e há todo o simbolismo de esta ser a última decisão da Libertadores com partidas de ida e volta e a primeira com clubes da Argentina em 58 edições. A partir de 2019, as finais serão em jogo único: a primeira acontecerá em Santiago, no Chile. Quanta diferença…

O primeiro jogo terminou 2 a 2, na Bombonera, no dia 11. O que significa que novo empate, seja por qualquer placar, levará a decisão para a prorrogação – e, consequentemente, pênaltis. Quem vencer será o campeão.

Série B: CSA precisa vencer o Juventude para colocar Alagoas na Série A após 33 anos

Futebol Interior

Precisando de uma simples vitória para subir à Série A, o CSA, do técnico Marcelo Cabo, encara o Juventude neste sábado (24), às 17 horas (de Brasília), no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, a segunda divisão nacional.

Beneficiado pelo confronto direto entre Avaí e Ponte Preta, que jogam no mesmo dia e horário, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC), o Azulão do Mutange depende apenas de suas próprias forças para conquistar seu regresso à elite nacional após 33 anos. A última vez em que o Alviceleste disputou o Brasileirão foi em 1986. Desde então, o Estado das Alagoas não contou com um de seus representantes na primeira divisão nacional.

Confira os jogos
Sexta
Coritiba-PR 1 x 0 Fortaleza-CE
Sábado
16:00
Guarani-SP x Londrina-PR
São Bento-SP x Vila Nova-GO
Juventude-RS x CSA-AL
Avaí-SC x Ponte Preta-SP
Criciúma-SC x Sampaio Corrêa-MA
Goiás-GO x Brasil-RS
Boa Esporte-MG x Oeste-SP
CRB-AL x Figueirense-SC
Paysandu-PA x Atlético-GO





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia