Globo Esportes

Carneirão, Arena Fonte Nova, Arena Cajueiro, Joia da Princesa, José Rocha, Valfredão, Waldomirão, Adauto Moraes, Barradão e Lomanto Júnior. Ao todo, o Baianão 2019 conta com 10 estádios para receber seus jogos, mas não é tão simples assim. O GloboEsporte.com fez um levantamento sobre a capacidade das praças esportivas e suas respectivas condições para sediar as partidas da competição.

Para a liberação dos estádios, os times precisam cumprir laudos da Polícia Militar, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiro e Engenharia; neste último caso, o profissional responsável pela inspeção necessita do credenciamento no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia). A documentação deve atestar garantia de segurança, boas condições para saúde pública e estrutura para acomodação dos torcedores nos ambientes internos e externos (entorno) dos estádios.

O prazo final para a entrega de todos os laudos foi no último dia 15, sem oportunidade de prorrogação, de acordo com o regulamento da competição. Posteriormente, a partir desta segunda-feira, a Federação Bahiana de Futebol realiza vistoria em todos os estádios para analisar as condições dos gramados e iluminação.

Ao final de todas as análises, se algum dos estádios não estiver dentro das normas de exigência, a equipe mandará os seus jogos no Estádio Metropolitano de Pituaçu, como também prevê o regulamento.

Segundo o levantamento, Jacuipense, Jequié e Juazeirense possuem documentos pendentes