Futebol Bahiano

O volante Júnior Gaúcho foi nunciado no dia 29 de dezembro como reforço do Atlético de Alagoinhas para o Campeonato Baiano de 2019, no entanto, sequer chegou a ser apresentado e após receber uma proposta mais vantajosa da Juazeirense, anunciou à diretoria do Carcará que voltaria ao Cancão de Fogo, clube que defendeu de 2016 até meados de 2018. Porém, a permanência do jogador em Juazeiro também é incerta.

Segundo informações do canal de notícias no Twitter, JuazeirenseNet, o volante que também atua como zagueiro, pode se transferir para o futebol boliviano. Ele, inclusive, não foi relacionado para o amistoso deste domingo contra a Seleção de Itiúba. O clube que teria feito a proposta pelo jogador de 30 anos ainda não foi divulgado, mas possivelmente será The Strongest ou Club Destroyers. Buscamos mais informações e tudo indica que o jogador já tem tudo acertado com o clube boliviano.

Júnior Gaúcho começou no Vitória da Conquista, onde atuou de 2008 até o início de 2014. Deixou o futebol baiano no mesmo ano e acumulou passagens por Campinense, Treze, Hercílio Luz. Voltou ao ECPP em 2016 e na mesma temporada partiu rumo à Juazeiro para defender a Juazeirense, fazendo parte do elenco que conquistou o acesso à Série C em 2017. Deixou o Cancão de Fogo em agosto para vestir as camisas de São Luiz e depois Hercílio Luz no segundo semestre de 2018.

Em 2019, a Juazeirense irá disputar o Campeonato Baiano, a Copa do Brasil, a Série D do Brasileiro e a seletiva para a Copa do Nordeste 2020. A estreia na temporada acontecer no próximo dia 20 de janeiro, contra o Atlético-BA, às 15h, pela primeira rodada do Baianão.