WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



drupal counter

:: 8/jan/2019 . 17:25

Coleguinhas e CIENB complementam a 1ª rodada da Copa Irma Lemos de Futebol Feminino

Da Redação

Começou na tarde do último sábado (5), no estádio Edvaldo Flores, a Copa Irma Lemos de Futebol Feminino.

Na abertura da competição, a equipe do Migs não teve pena do time do Real Madrid e aplicou uma goleada pelo placar de 10 a 0.

A rodada será complementada neste sábado (12), às 14:30 horas, com o confronto entre as Coleguinhas (foto) e CIENB.

As partidas acontecem sempre na preliminar dos jogos do Campeonato de Máster que está sendo disputado no mesmo local.

São apenas quatro equipes que jogarão entre si, classificando as três primeiras colocadas. Quem terminar no primeiro lugar irá diretamente para a final.

Confira a classificação, artilharia e próximos jogos do Campeonato de Master

Da Redação

Após dezoito partidas já realizadas a equipe do Ypiranga (foto) é o líder do Campeonato de Máster, que está sendo disputado nos finais de semana no estádio Edvaldo Flores. As oito melhores colocadas passam a próxima fase que será no sistema de mata-mata.

Confira a classificação geral:
1º-Ypiranga 10
2º-União de Belo Campo 8
3º-Bahia da Lagoa das Flores 6 saldo +7
4º-Adami Bariri 6 saldo +3
5º-Periquito 6 saldo 0
6º-Country Club 5
7º-Portuguesa 4
8º-Barra 3 saldo +3
9º-Santos 3 saldo -7
10º-Flamaster 0 saldo -2
11º-Grêmio 0 saldo -8
12º-Valência 0 saldo -11

Principais artilheiros
Com 05 gols
Zenildo de Jesus (Ypiranga)
Com 04 gols
Marcelo Bacelar (Barra)
Com 03
Edvaldo Dias (Ypiranga) e Jordanio Nascimento (Portuguesa)
Com 02
Eliude Souza (Adami Barri), Ednei Alves (Ypiranga), Jessé Correia e Denílson Pereira (Bahia Da Lagoa das Flores).

Próximos jogos:
Sábado (12/01)
Flamaster x Barra
Domingo (13/01)
08:45
Grêmio x Adami Bariri (Itambé)
10:30
Santos x Portuguesa
Sábado (19/01)
16:00
Ypiranga x Bahia (L. Das Flores)
17:30
Country Club x Periquito
Domingo (20/01)
09:00
União (Belo Campo) x Valência

Definidos os confrontos das oitavas de final do Campeonato de Futebol da Zona Rural

Da Redação

Foram definidos os confrontos das Oitavas de Final do Campeonato de Futebol da Zona Rural promovido pela Coordenação de Esportes da PMVC.

Os jogos de ida acontecerão no próximo domingo (13) Confira

Aspirantes
14:00
Lazio x Unidos
Boca Junior x Cachoeira das Araras
14:30
São Joaquim x Barcinha
Cabeceira x Boa Vista
Grêmio x Roseira
Ribeirão x Internacional
Portuguesa x Itapirema
Titulares
15:30
Itaipu x Cachoeira das Araras
Lazio x Baixa do Cedro – Estádio Edvaldo Flores
Boa Vista x Internacional
Palmeiras x Unidos
Real Paraiso x Itapirema
São Sebastião x Lagoinhas
Boca Junior x Portuguesa Vereda

Os jogos de volta acontecem no outro domingo (20).

Enquanto aguarda amistoso, elenco do Vitória da Conquista segue rotina de treinamentos

Da Redação

O elenco do Vitória da Conquista segue treinando visando a estreia no Campeonato Baiano diante do Vitória.

Na manhã de ontem (7), os atletas folgaram e na parte da tarde o treinador Everton Goiano (foto) comandou um treino técnico no estádio Edvaldo Flores. Já na manhã de hoje (8), aconteceu u trabalho físico na academia e a tarde terá mais um treino técnico no estádio Edvaldo Flores.

Na quarta (9), só haverá treino na parte da tarde na AABB.

Segundo o presidente Ederlane Amorim já está confirmado um amistoso contra a seleção de Itambé, no próximo domingo (13), às 15 horas, no estádio Osório Ferraz. Também tem a possibilidade de fazer outro contra Jequié. Caso não seja possível, a diretoria vai tentar outra equipe para o dia 20, antes da estreia.

COPA SP: Corinthians decide liderança e Botafogo tenta evitar eliminação

Futebol Interior

A última rodada da primeira fase de da Copa São Paulo de Futebol Júnior começa nesta terça-feira, com partidas válidas por cinco grupos. Enquanto o Corinthians faz um confronto direto para terminar na liderança, o Botafogo busca a primeira vitória com a missão de evitar uma eliminação precoce, e o Cruzeiro joga por um empate para avançar.

Confira os jogos:

Terça-feira
12:45
Porto-PE x Red Bull Brasil-SP
Babaçu-MA x Linense-SP
15:00
Paulista-SP x Vila Nova-GO
17:00
Horizonte-CE x Cuiabá-MT
Marília-AC x Cruzeiro-MG
Atlântico-BA x Criciúma-SC
19:15
Capital-DF x Sinop-MT
Francana-SP x Botafogo-RJ
20:00
São Carlos-SP x América-MG
21:30
Ituano x Corinthians

A rodada segue na quarta (9) e quinta (10).

Visando a Copa do Mundo, Seleção Feminina é convocada para treinos

Gazeta Esportiva

Nesta segunda-feira, o técnico Vadão anunciou a primeira lista de jogadoras convocadas do Brasil em 2019. As 34 atletas irão se apresentar no dia 14, na Granja Comary, para um período de testes físicos e treinamentos. As atividades têm como intuito deixar o time bem preparado para a disputa da Copa do Mundo deste ano, que ocorre de 7 de junho a 7 de julho deste ano.

O treinador vê o período pré-Mundial como uma peneira. Assim, poderá definir quais jogadoras serão convocadas e quem ficará de fora do torneio. Além disso, o comandante pretende dar uma preparação física ideal para todas as atletas.

Na Copa, a Seleção Brasileira está no Grupo C com Austrália, Itália e Jamaica. O primeiro jogo será diante das jamaicanas, no dia 9 de junho em Grenoble.

Confira as jogadoras convocadas:

Goleiras: Aline (Tenerife-ESP), Bárbara (Kindermann), Letícia e Tainá (Corinthians)

Defensoras: Érika (Corinthians), Daiane (PSG), Fabiana (Wuhuan Chedu-CHI), Joyce (Tenerife-ESP), Jucinara (Valencia-ESP), Kathellen (Bordeaux-FRA), Letícia (Sportclub Sand-EUA), Poliana e Mônica (Orlando Pride-EUA), Rilany (Benfica-POR), Tamires (Fortuna Hjorring-DIN) e Tayla (Benfica-POR)

Meio-campistas: Andressa Alves (Barcelona-ESP), Andressinha e Camila (Iranduba), Formiga (PSG), Juliana (Flamengo), Luana (KSPO-COR), Thaísa (Milan-ITA), Marta (Orlando Pride-EUA)

Atacantes: Adriana (Corinthians), Beatriz Zeneratto (Incheon Hyundai-COR), Cristiane, Darlene (Benfica-POR), Debinha (North Carolina-EUA), Geyse (Benfica-POR), Kerolin Nicoli (Ponte Preta), Ludmila (Atlético de Madrid-ESP), Raquel (Sporting-ESP) e Thaís Guedes (Incheon Hyundai-COR)

Impasse com renovação do patrocínio da Caixa coloca em alerta clubes das séries A e B

Globo Esportes

Patrocinadora de 25 times que disputaram as séries A e B do Campeonato Brasileiro em 2018, a Caixa Econômica Federal ainda não definiu se vai manter o investimento no futebol em 2019. O impasse tem deixado dirigentes preocupados, principalmente os de clubes menores, que têm no valor a sua principal fonte de renda.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou em dezembro, por sua conta no Twitter, que vai rever os contratos de publicidade do banco estatal, o que inclui os acordos com clubes de futebol. O novo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, tomou posse nesta segunda-feira.

Ao GloboEsporte.com, a Caixa informou que “a estratégia sobre a renovação dos patrocínios está em fase de definição”.

Em 2018, o banco investiu R$ 127,8 milhões em patrocínios aos 25 times. O maior valor foi destinado ao Flamengo, R$ 25 milhões, seguido por Cruzeiro, que teve R$ 10 milhões mais R$ 800 mil pelo título da Copa do Brasil, e Santos, Botafogo e Atlético-MG, com R$ 10 milhões cada. Os dados foram enviados pela Caixa após pedido do GloboEsporte.com (confira na tabela abaixo).

Segundo a Caixa, atualmente, apenas dois clubes têm contrato em vigor com o banco: Botafogo (até fevereiro) e Sport (maio). Os demais clubes receberam nos últimos dias um e-mail da estatal informando que não está autorizada a utilização do uso da marca da empresa até que a nova política de contratos seja definida.

Essa indefinição preocupa alguns clubes, principalmente os que têm no patrocínio da Caixa sua principal fonte de receita.

Em outros esportes, a Caixa patrocina a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) e a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT), além do Comite Paralímpico Brasileiro (CPB), todos com contrato que começaram em 2017 e vão até 2020.

Em 2019, decisões da Fifa podem mudar o futuro do futebol mundial

Tribuna da Bahia

O ano de 2019 pode entrar para a história como o que mudou para sempre o futebol mundial. A partir das próximas semanas, a Fifa, clubes, patrocinadores e federações, um batalhão de lobistas, advogados e investidores multibilionários tomarão decisões que determinarão o futuro da modalidade e, para observadores, a organização do futebol como se conhece hoje pode desaparecer para sempre. Para o atual presidente da Fifa, Gianni Infantino, há algo mais em jogo que a estrutura do futebol mundial: sua própria reeleição.

No centro do debate está a proposta de vender a Copa do Mundo para investigadores privados, liderados por um consórcio obscuro que propôs um retorno para os dirigentes de US$ 25 bilhões (aproximadamente R$ 93 bilhões), cinco vezes a receita atual do Mundial. O plano prevê abrir o monopólio hoje mantido pela Fifa para abrir a Copa para fundos de investimentos, com 50% das ações não mãos de bancos e outras entidades. A suspeita é de que o projeto conte, acima de tudo, com recursos do fundo soberano saudita. Apenas em 2018, Infantino se reuniu três vezes com a realeza do país árabe.

Diante da resistência de dirigentes europeus à possibilidade de um controle saudita no futebol, Infantino foi obrigado a dar garantias de que o dinheiro não viria do fundo de Riad e adiou o debate sobre sua aprovação.

Ainda assim, cartolas mantêm a suspeita de que as várias camadas de investidores apresentados estejam servindo para camuflar a verdadeira origem dos recursos sauditas. A decisão ocorre em um momento em que o príncipe herdeiro saudita, Mohamed Bin Salman, tem sua imagem no exterior duramente afetada por conta da morte de um jornalista crítico ao regime.

Além da Copa do Mundo, o pacote marcado pela pouca transparência incluiria a criação de um Mundial de Clubes a cada quatro anos, substituindo ao atual modelo falido do torneio no final de cada ano e substituindo a Copa das Confederações. :: LEIA MAIS »

Em dia de treino em dois períodos, Chamusca realiza trabalho tático e testa escalações

Galáticos Online

Depois de trabalhos intensos durante o final de semana, a segunda-feira (07) foi novamente de muito suor no CT Manoel Pontes Tanajura. O elenco rubro-negro voltou aos trabalhos, em dois períodos, e já iniciou o regime de concentração na Chácara Vidigal Guimarães, dentro do clube, onde ficarão até domingo pela manhã.

No período da manhã, os atletas iniciaram os trabalhos na academia do Centro de Fisiologia onde realizaram sessões de musculação. Na sequência, foram para o campo participaram de um treino físico-técnico.

No período da tarde, depois dos trabalhos de aquecimento sob o comando do preparador físico Daniel Azambuja, os atletas participaram de um treino tático comandado pelo técnico Marcelo Chamusca, onde ele começou a testar formações para a equipe. Nessa atividade houve revezamento constante de atletas nos três setores. Nessa atividade, o experiente zagueiro Edcarlos, que ainda não foi anunciado oficialmente, já estava integrado ao elenco.

O centroavante Cléber, que pertence ao elenco sub-23 rubro-negro, foi requisitado pelo comandante do Leão e também participou da atividade.

Os atletas retornam aos trabalhos nesta terça-feira (08), onde as atividades acontecem novamente em dois períodos.

Jacobina faz mais um jogo amistoso de pré-temporada nesta terça

Bahia Notícias

O Jacobina volta ao gramado na noite desta terça-feira (8), para mais um jogo amistoso da pré-temporada 2019. O Jegue da Chapada vai encarar a seleção de Caldeirão Grande no Estádio José Rocha, em Jacobina, a partir das 19h30. O ingresso custa R$ 5.

Na última partida amistosa, o Jacobina ficou no empate de 1 a 1 com o Bahia de Feira, na Arena Cajueiro. Comandado pelo técnico Paulo Sales, o Jegue da Chapada se preparara para a disputa do Campeonato Baiano.

A equipe estreia na competição estadual no domingo do dia 20 de janeiro, contra o Jequié, no Estádio Waldomiro Borges, casa do adversário.

Diretor do Bahia confirma e explica utilização do time B no Baianão

Futebol Bahiano

Este ano, assim como já aconteceu em alguns outros Estados no passado, os principais clubes da Bahia prometem utilizar times baseados na categoria Sub-23 buscando abrandar os custos e combater o desgaste físico já que o Campeonato Baiano é realizado simultaneamente com a Copa do Nordeste, que, aliás, continua relegada ao um plano secundário com jogos no meio da semana e nunca aos domingos, privilégio completamente sem sentido e descabido oferecido ao Baianão, mantendo e evidenciando a força que Federações Estaduais no Futebol do Brasil tem, notadamente no Nordeste.

Sobre a utilização do time B que seria uma mistura dos jogadores não utilizados em respectivos jogos Copa do Nordeste somados aos jovens figurantes do time Sub-23 no ano passado, o diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri, explicou a estratégia. Diga-se, alguns reforços contratados por empréstimo vêm justamente para compor o elenco Sub-23, caso do lateral/atacante Caíque, do São Paulo.

“A gente adotou a estratégia de continuar o projeto de time B, que tínhamos o ano passado. Nós vamos desenvolver em paralelo a equipe B e a equipe A. Já começamos a desenvolver, hoje tivemos a oportunidade de observar um pouco o treino, uma equipe vai estar trabalhando no campo, junto com Cláudio Prates, que vai dirigir como treinador dessa equipe B, e no outro campo vai estar o Enderson Moreira com a equipe A. Os atletas da equipe B, em sua maioria, são atletas que participaram do projeto do Sub-23 do ano passado, com mais uma ou outra contratação pontual, como por exemplo o Caíque, que é um lateral que joga também na frente, que está vindo do São Paulo para participar do Campeonato Baiano, ir ganhando espaço aos poucos, num empréstimo de seis meses, quase que totalmente custeado pelo São Paulo, com opção de compra do Bahia. Então são jovens atletas que nós estamos trabalhando para que a gente tenha casos como foi o do Ramires que teve uma aceleração na carreira e acabou, por mérito dele, se consolidando indiscutivelmente como a nova revelação aqui do Bahia”

“Aproveite para explicar que o Campeonato Baiano, esse time B vai servir de suporte para duas coisas: primeiro, dar oportunidade para os atletas de disputar um campeonato profissional, não exclusivamente os atletas da equipe B, mas mesclado com atletas da equipe A também, mostrar o seu valor e, aos poucos, podem chegar à equipe A e ganhar espaço. Claro que virtualmente alguns não vão conseguir esse espaço, vão continuar na equipe e disputar campeonatos da categoria sub-23, ou até podem ser emprestados para outras equipes dentro do Brasil, do exterior, para ganhar experiência e talvez voltar ao Bahia no futuro próximo”

Aroldo Moreira fala sobre formação do elenco e objetivos da Juazeirense em 2019

Galáticos Online

No dia 20 de janeiro, a equipe da Juazeirense estreia no Campeonato Baiano enfrentando o Atlético de Alagoinhas, às 16h, no Estádio Adauto Moraes. Mas como será que o Cancão de fogo chega para a disputa deste estadual de 2019? A equipe do Galácticos Online bateu um papo com o treinador da equipe, o experiente Aroldo Moreira, que começou falando sobre a formação do elenco para a temporada.

“Para a construção do elenco, existe uma reformulação do clube, poucos remanescentes, as contratações passam muito por Sérgio Fernandes, que o gerente de futebol. Logicamente que vim aqui antes, discutimos alguns nomes, alguns não puderam vir por questões financeiras, a Juazeirense está fazendo um investimento um pouco menor, mas eu pude indicar meus jogadores, como o goleiro Deijair, que jogou comigo no Bahia, Hugo Freitas e Jacó, e outros… Logicamente que existe um banco de dados aqui e alguns jogadores também estão por chegar. Precisamos ainda de um zagueiro, um volante, um jogador de lado e um camisa 10. Não é fácil conseguir, mas estamos nesse processo aí”, afirmou.

Aroldo também falou sobre o desafio de voltar a comandar uma equipe profissional, já que havia passado muito tempo treinando o time Sub-20 do Bahia, de onde foi desligado no início de 2018.

“Passei cinco anos no Bahia, na base. Tive oportunidade de dirigir algumas vezes a equipe profissional, na verdade eu sempre tive muitos convites para sair, mas a equipe me dava tranquilidade, carteira assinada, trabalhar no clube grande como Bahia, sempre fazendo boas campanhas em nível nacional, então preferi não sair. Mas houve uma mudança, eles preferiram trocar, mesmo assim, logo quando eu sai, eu tive duas propostas, não quis assumir porque eu estava fazendo o curso da CBF, também queria descansar um pouquinho, mas agora voltando aí com todo o gás, muita motivação para voltar a fazer boas campanhas como sempre fiz”, declarou.

Como o grupo ainda está no período de pré-temporada, é difícil antecipar, mas o comandante também falou sobre como o torcedor pode esperar a sua equipe atuando.

“O torcedor pode esperar uma equipe como as equipes que eu sempre fiz. Que jogam para frente, que tentam vencer os jogos… Logicamente eu tenho que saber o que eu tenho em mãos também para ver o modelo de jogo, sistema e o adversário também. Mas certamente vamos sempre buscar vencer os jogos, jogar com a equipe que marque na frente e que busca uma boa construção de jogo. É mais ou menos por aí”, explicou.

Aroldo também explicou quais são os objetivos do Cancão de Fogo neste ano de 2019, principalmente após a queda da Série C na última temporada.

“Nosso objetivo é classificar, primeiro, e depois buscar alguma coisa a mais no campeonato. Quem sabe chegar na final, até ser campeão, o futebol tem seus mistérios. Na temporada, vamos buscar voltar à Série C, e na Copa do Brasil vamos buscar surpreender também. Pensamos sempre no melhor, mas o futebol é planejamento e condições também. Não basta somente planejar e não ter condições, ou seja, a estrutura elenco, essas coisas… Mas nós estamos animados, o trabalho aqui é um trabalho bacana e com fé em Deus vai dar tudo certo”, afirmou.

pmvc




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia