Bahia Notícias

O Vitória da Conquista abre a semifinal contra o Bahia de Feira jogando em casa, em confronto marcado para esta quarta-feira (20), às 21h30, no Lomanto Júnior. Para o técnico Elias Borges, o Bode entra na reta final como ‘franco-atirador’ e vê o favoritismo com o Tremendão, o Atlético de Alagoinhas e o Bahia. O treinador também comentou sobre o confronto e disse tentará tirar proveito da primeira partida que acontece em seus domínios.

“É um jogo de 180 minutos. Podemos decidir aqui a depender do placar. Precisamos ter uma estratégia de trabalho para saber administrar isso. Sempre preparo meus jogadores para todas as situações. É lógico que queremos tirar proveito nessa primeira partida e vencermos, para depois sabermos administrar a vantagem. Estamos como franco-atirador. Sabemos que o Atlético de Alagoinhas, o Bahia de Feira e o Bahia são favoritos. Ninguém imaginava que chegaríamos às semifinais, então tentaremos chegar à final”, salientou em entrevista ao Bahia Notícias.

Elias não esconde as limitações do Vitória da Conquista. O treinador sempre faz questão de frisar que a classificação veio de forma surpreendente. Ainda assim, ele afirma que o Vitória da Conquista partirá para cima do Bahia de Feira.

“Vamos propor o jogo. A iniciativa será toda nossa. Falamos muito sobre isso em reunião hoje. Gosto que o time seja assim mesmo, corajoso e atirado. O torcedor gosta desse perfil. Faremos isso contra o Bahia de Feira, porque se pudermos fazer um bom resultado, será importante”, finalizou.

Escondendo o jogo, Elias não fala sobre a escalação. No entanto, afirma ter dúvidas em uma das laterais e no meio. A provável escalação do Bode será: Geovane; Tiago Baiano, Val, Silvio e Ruan; Fabio Buru, Fagner, Patuta e Arthur Caculé; Eduardo e Julio Brasilia.

O jogo da volta acontece no próximo dia 31 de Março, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana. O empate no placar agregado do confronto leva a decisão da vaga na final para os pênaltis.