Globo Esportes

O atacante Rodrigão ignorou o fair play, dominou uma bola frente a frente com o goleiro e balançou as redes no jogo do Coritiba contra o Guarani. O árbitro Leo Simão Holanda (CE) chegou a validar o lance, mas, depois de seis minutos de muita discussão, voltou atrás e deu bola ao chão para o Bugre.

O jogo tinha sido paralisado para que o goleiro Wilson, do Coritiba, recebesse atendimento médico no campo. Quando o árbitro parou o jogo, a bola estava com um jogador do Guarani.

O árbitro, porém, deu bola ao chão para o Coritiba. Sávio deu o chutão que virou assistência para Rodrigão. Com a ajuda do quarto árbitro, Daniel Bernardes Serrano (SP), Leo Simão anulou o gol.

As novas regras determinam que, quando o jogo é paralisado com a bola em campo, o árbitro só devolve a bola para o time que tinha a posse – ou seja, o árbitro errou ao dar a bola ao Coxa inicialmente.