WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov   jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  



drupal counter

:: 9/dez/2019 . 11:08

Vitória da Conquista segue com a rotina de treinamentos visando o Baianão 2020

Da Redação
Foto: Luciana Flores

O elenco do Vitória da Conquista segue intensificando a preparação visando à disputa do Campeonato Baiano 2020.

Na manhã desta segunda (9), os jogadores participaram de um treino físico na Toca do Bode e a tarde acontece será realizado um treino técnico no mesmo local.

Na manhã desta terça (10), será realizado um trabalho físico na Academia Fama e a tarde um treino técnico no estádio Edvaldo Flores.

Na quarta (11), os trabalhos serão realizados nos dois períodos na AABB.

O Vitória da Conquista estreia contra a Jacuipense, no dia 15 de janeiro, as 20h30, no estádio Lomanto Junior.

Veredinha e Cachoeira das Araras saem na frente na semi do Campeonato de Futebol da Zona Rural

Da Redação

As equipes de Veredinha e Cachoeira das Araras (foto) saíram na frente nas semifinais das categorias de titulares do Campeonato de Futebol da Zona da Rural.

Jogando na Baixa do Cedro, Veredinha bateu a Dona da Casa, pelo placar de 1 a 0. Com o resultado a equipe poderá até perder pelo mesmo placar no jogo de volta que ficará com a vaga.

Na outra partida atuando em casa, Cachoeira das Araras derrotou o Flamengo da Lagoa das Flores, pelo escore de 1 a 0. No confronto de volta que acontece na Lagoa das Flores, a Cachoeira precisará apenas de um empate para ir a final.

Pela categoria de aspirantes, Itapirema e Cruzeiro da Gameleira ficaram no empate pelo placar de 2 a 2. Enquanto Estrela e Paraguai empataram por 0 a 0. Cruzeiro e Paraguai precisam de um novo empate para ficarem com as vagas na final.

Jogos de volta
Domingo (15)
Aspirantes
14:30
Cruzeiro x Itapirema
Paraguai x Estrela
Titular
15:30
Veredinha x Baixa do Cedro
Flamengo x Cachoeira das Araras

É tetra! Itamaraju conquista mais um título Intermunicipal

FBF

A história se repetiu no Intermunicipal. Pelo segundo ano consecutivo, Itamaraju bateu Itapetinga nos pênaltis para faturar o título da maior competição de futebol amador do país.

O tetracampeonato veio neste domingo (8). No tempo regulamentar, o confronto de volta da final, em Itapetinga, terminou empatado em 1 a 1, mesmo placar do jogo de ida.

Na disputa de pênaltis, brilhou a estrela do goleiro Alisson, que defendeu duas cobranças e garantiu o triunfo por 4 a 1..

Em 2018, Itamaraju também conquistou o título sobre Itapetinga nos pênaltis, mas por 5 a 4.

Após a decisão, a Federação Bahiana de Futebol realizou a cerimônia de premiação. Participaram da festa o presidente da FBF, Ricardo Lima, o vice-presidente, Manfredo Lessa, o subdiretor administrativo e financeiro, Marcelo Araújo, o presidente da CEAF-BA, Jailson Macêdo, o diretor geral do Irdeb, Flávio Gonçalves, e o coordenador da Sudesb, Sinval Vieira.

Homenageado do dia, o ex-presidente da FBF e atual vice-presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, que cedeu seu nome aos troféus, marcou presença e entregou as taças de campeã e vice-campeã às seleções finalistas.

Também foram premiados o artilheiro da competição, Naian, de Itapetinga, que marcou 17 gols, e o goleiro menos vazado, Alisson, de Itamaraju.

Nos pênaltis, Brasil bate a Argentina e conquista o Sul-Americano sub-15

CBF

Solta o grito de pentacampeão! Após empatar em 1 a 1 no tempo regulamentar, o Brasil foi 100% na disputa por pênaltis e despachou a Argentina por 5 a 3, ficando com a taça de campeão do Sul-Americano Sub-15, na noite deste domingo (8), no Defensores Del Chaco, em Assunção (PAR). O resultado demonstra a força da base canarinho, que faturou o quinto título da competição (2005, 2007, 2011, 2015 e 2019).

Os garotos do Brasil foram superiores na etapa inicial, indo para o intervalo no Defensores Del Chaco com maior posse de bola, mais tentativas de gol e vencendo por 1 a 0. Após quase abrir o placar logo aos seis minutos, em finalização de Matheus Nascimento, e depois aos 15, quando Ângelo arrancou pela esquerda e chutou tirando tinta da trave, a Seleção teve pênalti a seu favor aos 34. Na cobrança, Vinicius bateu com categoria e colocou a Canarinho na frente. Antes do fim, na marca dos 40, a Seleção fez bela trama ofensiva: Matheus Nascimento ajeitou de calcanhar para Sávio, que tentou a finalização mas chutou para fora.

A Canarinho voltou para o segundo tempo e, em um breve cochilo da defesa, o camisa 11 Jaime entrou costurando, invadiu a área e empatou para a Argentina. Mais tarde, o time brasileiro ainda perdeu o zagueiro Rômulo, expulso direto pela arbitragem peruana. Na marca dos 19, a Seleção por pouco não desempatou: Daniel roubou a bola no meio, puxou contra-ataque e tocou para Sávio. O camisa sete, ao tentar tirar do goleiro, acabou chutando rente à trave. Aos 39, Andrey pegou sobra dentro da área, mas o chute – que tinha endereço certo – desviou na defesa e foi para escanteio. Mesmo com a pressão verde e amarela, o duelo decisivo acabou indo para os pênaltis.

E só deu Brasil nas cobranças, fechando a disputa com 100% de aproveitamento: Vinicius, Daniel, Kauê, Andrey e Kaiky Fernandes garantiram os cinco gols brasileiros. De forma brilhante, o goleiro Mycael defendeu a batida de Lucas Romero e o Brasil soltou o grito de pentacampeão!

Brasil: Mycael; Vinicius, Rômulo, Kaiky Fernandes e Biro; Kauê, Robinho (Matheus França) e Arthur (Daniel); Sávio (Leonardo Ataide), Ângelo (Andrey) e Matheus Nascimento (Matheus Lima) – Técnico: Paulo Victor Gomes

Dois rebaixamentos inéditos e outros dois retornam para a Série B

Futebol Interior

Avaí, Chapecoense e CSA chegaram na 38ª rodada do Campeonato Brasileiro já rebaixados para a Série B. A última vaga foi preenchida na tarde deste domingo pelo Cruzeiro. Melhor para o Ceará, que continua na elite.

Dos quatro, dois amargaram pela primeira vez o rebaixamento: Chapecoense e Cruzeiro. Já Avaí e CSA retornam para a divisão que estavam em 2018.
Principal surpresa entre os quatro rebaixados, o Cruzeiro teve o rebaixamento decretado ao perder para o Palmeiras, por 2 a 0, em pleno Mineirão. A Raposa ficou na 17ª colocação, com 36 pontos. Foram apenas sete vitórias.

Quem também amargou a primeira queda na sua história foi a Chapecoense, que ficou na penúltima colocação, com os mesmos 32 pontos do CSA. O Azulão do Mutange ficou em 18º lugar por causa do número de vitórias (8 contra 7).

O dono da pior campanha do Brasileirão foi o Avaí, que durou apenas um ano na elite. O time catarinense teve apenas três vitórias ao longo de todo campeonato e somou 20 pontos. São 18 jogos seguidos sem ganhar.

Confira os resultados da 38ª rodada
Internacional 2 x 1 Atlético-MG
Cruzeiro 0 x 2 Palmeiras
Fortaleza 2 x 1 Bahia
Corinthians 1 x 2 Fluminense
Santos 4 x 0 Flamengo
Vasco 1 x 1 Chapecoense
Botafogo 1 x 1 Ceará
Avaí 0 x 0 Athletico-PR
Goiás 3 x 2 Grêmio
CSA 1 x 2 São Paulo

pmvc




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia