Globo Esportes

Foram 22 jogos em 21 dias. A comissão técnica de Tite se dividiu por seis países diferentes, quatro deles pela Europa, nas últimas semanas para observar jogadores com potencial para a primeira lista das Eliminatórias de 2022. O técnico da Seleção divulga a lista nesta sexta, às 11h, seguido por André Jardine, na preparação para os jogos da Olimpíada de Tóquio.

Entre os já convocados (como Marcelo, do Real Madrid, nunca mais chamado depois da Copa do Mundo de 2018) e outros, com potencial, mas nunca lembrados (caso de Diego Carlos, do Sevilla), foram mais de 30 jogadores observados pela equipe da CBF no último giro antes da primeira lista.

No fim das observações, os auxiliares Cleber Xavier e Thomas Koerich, no estádio Santiago Bernabeu, viram o gol de Vinicius Junior, no clássico com o Barcelona (2 a 0 para os merengues, com o ex-rubro-negro abrindo o placar). No confronto anterior do Real, também em Madri, a dupla viu Gabriel Jesus ser decisivo para o time de Pep Guardiola, na virada do Manchester City (2 a 1), pela Liga dos Campeões.

Talento de trajetória por todas as categorias de base da seleção brasileira, Vinicius mostrou evolução defensiva – o que rendeu elogios do técnico Zinedine Zidane – em nova fase dentro do time de Real. Ele é um desejo da diretoria da CBF para a Olimpíada de Tóquio. Na convocação de sexta, a expectativa é de aparecer na lista de Jardine, devido a forte concorrência no ataque de Tite.

Novo “europeu”, Bruno Guimarães, que já chama a atenção da comissão técnica desde o ano passado pelo Athletico, foi acompanhado de perto na fase final do Pré-Olímpico. Eleito melhor jogador do torneio classificatório, ele jogou como meia central – primeiro volante – nas três primeiras partidas pelo Lyon, sempre como destaque do time francês.

Cotado para ser convocado pela primeira vez na próxima sexta-feira, Bruno foi observado por Cesar Sampaio e Bruno Baquete, outros dois membros da equipe de Tite. A concorrência é grande, já que o setor ainda tem Gerson, do Flamengo – com dois jogos acompanhados pela comissão nestas últimas semanas -, Matheus Henrique, do Grêmio, e Douglas Luiz, do Aston Villa. Os dois últimos foram convocados uma vez cada por Tite.

Houve destaque também para jogadores que ainda não devem ter espaço no grupo de Tite neste início de trajetória das Eliminatórias. No Brasil, por exemplo, Taffarel viu Ivan brilhar na derrota da Ponte Preta para o São Paulo (2 a 1), com grandes defesas no Morumbi. Ivan foi titular de Jardine no Pré-Olímpico.