Terra

Com as equipes de futebol paradas em quase todo o mundo, os clubes vêm buscando estratégias para economizar em meio a crise. A equipe do Borussia Dortmund aceitou a proposta de ter redução dos seus salários temporariamente para ajudar o clube. A medida foi apresentada na última segunda-feira (23) e confirmada em comunicado nesta terça (24). Segundo a imprensa alemã, o Bayern de Munique também fará o mesmo e vai reduzir em 20% os pagamentos, sendo toda a equipe voluntária a decisão.

De acordo com o anúncio do Borussia, a ação dos jogadores, comissão e funcionários é de solidariedade. O clube alemão possui 850 profissionais e a redução nas folhas salariais ajudaram com uma economia prevista de 2,3 milhões de euros por mês.

A Liga Alemã, campeonato que o time estava disputando, está suspensa desde o dia 16 de março e tinha previsão para retornar em abril, mas representantes já anunciaram que isso não deve acontecer. Na classificação atual da competição paralisada, o Bayern ocupa a liderança e o Borussia Dortmund está na segunda colocação.