Globo Esportes

Vinte e três crianças e adolescentes, o equivalente a uma convocação inteira de uma seleção para a Copa do Mundo. Esta é a média de menores desaparecidos por dia no estado de São Paulo. No mundo, são cerca de um milhão de casos a cada ano. O futebol que une famílias na paixão por um time agora quer unir torcedores de diferentes bandeiras para conscientizar a população para este drama cotidiano.

Na próxima segunda-feira, Dia Internacional das Crianças Desaparecidas, pelo menos 161 clubes de 60 países – nove deles do Brasil – vão usar suas contas no Twitter e outras redes sociais para apoiar a campanha de solidariedade global Football Cares (o futebol se importa, em português).

– Nossa missão é garantir que cada criança tenha um lugar seguro para crescer. Futebol é um esporte global que está nos ajudando a atacar um problema global. Temos orgulho dessa parceria com os clubes para ajudar a unir crianças desaparecidas às suas famílias – afirmou Bob Cunningham, CEO do Centro Internacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas (ICMEC na sigla em inglês).

Alguns dos mais populares clubes do mundo, como Barcelona, Bayern de Munique, Chelsea, Juventus, Liverpool e Milan, se juntaram à Roma, pioneira na parceria com o ICMEC e articuladora da campanha conjunta deste ano. Nove brasileiros também confirmaram presença na campanha, segundo o escritório do ICMEC para a América Latina: Corinthians, Coritiba, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Paysandu, Santos e Vasco. O ICMEC ainda aguarda a confirmação de outros times do país e do exterior para se juntar à iniciativa ao longo do fim de semana.

O impacto esperado da ação é proporcional à paixão que essas equipes despertam pelo mundo. Juntos, os dez times europeus com mais seguidores no Twitter entre os participantes da iniciativa alcançam 83,6 milhões de pessoas. Eles se somam aos mais de 26,2 milhões de seguidores dos nove times brasileiros em conjunto.

Os dez clubes estrangeiros participantes com mais seguidores no Twitter:

Barcelona – 15,1 milhões
Liverpool – 14,5 milhões
Chelsea – 14,3 milhões
Juventus – 8 milhões
Fenerbahçe – 7,3 milhões
Milan – 7,3 milhões
Bayern de Munique – 4,8 milhões
Atlético de Madrid – 4,6 milhões
Tottenham – 4,2 milhões
Borussia Dortmund – 3,5 milhões
Segunda-feira, todos os clubes participantes vão retuitar vídeos e outras peças da campanha do ICMEC para o Dia Internacional das Crianças Desaparecidas, com as hashtags #FootballCares e #InternationalMissingChildrensDay. Alguns deles já anunciaram em suas redes sociais a adesão à iniciativa.