WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

junho 2020
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  



drupal counter

:: 6/jun/2020 . 12:29

Técnico do Bahia de Feira, Barbosinha recebe alta e deixa hospital

Bahia Notícias

O técnico do Bahia de Feira, Quintino Barbosa, conhecido popularmente como Barbosinha, teve alta hospitalar na noite desta sexta-feira (5). Ele estava internado em Feira de Santana e chegou a ficar na UTI.

“Já estou em casa. O susto foi grande e agora estou descansando. Eu tive uma labirintite emocional forte. Agradeço a todo o apoio e carinho que recebi”, disse o treinador, em contato com o Bahia Notícias.

Barbosinha é o treinador do Bahia de Feira desde 2018. Ele comandou o time na conquista do vice-campeonato baiano no ano passado, quando o Tremendão perdeu para o Bahia por 1 a 0, no jogo de volta da final, na Arena Fonte Nova. Na edição deste ano do estadual, a equipe feirense ocupa a terceira colocação na tabela de classificação até a paralisação por causa da pandemia do coronavírus. Faltavam apenas duas rodadas para o encerramento da primeira fase da competição.

Quintino Barbosa foi melhor técnico do Campeonato Baiano em duas edições. Em 2013, quando treinava a Juazeirense e em 2019 no comando do Bahia de Feira. Ele também já passou pelo Jacobina, Atlético de Alagoinhas, entre outros.

Fifa diz que plano financeiro para “beneficiar todo o futebol” está em fase final

Futebol Interior

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, fez um longo comunicado oficial em que abordou alguns pontos sobre os efeitos da pandemia do coronavírus no futebol. Infantino assegurou que o plano de ajuda financeira que vai “beneficiar todos o futebol” está em sua fase final de elaboração.

O dirigente ítalo-suíço afirmou que a ideia é apresentar o projeto na próxima reunião do Conselho da Fifa e pontuou que os debates sobre o calendário internacional estão mais perto de “uma solução equilibrada”.

A Fifa informou que vai organizar uma série de discussões pela internet com todas as 211 federações-membro e outras partes envolvidas a fim de debater e avaliar propostas que possam contribuir “para moldar um futebol melhor para o futuro”.

Entre os assuntos discutidos virtualmente estão: o número de partidas a serem disputadas após a pandemia, como devem ser organizados os campeonatos no futuro e de que maneira será possível harmonizar o calendário e as competições entre os diferentes continentes.

Infantino voltou a reiterar “a necessidade de colocar a saúde em primeiro lugar, num momento em que o futebol procura recomeçar em todo o mundo diante da pandemia de Covid-19”. No entanto, o mandatário da entidade máxima do futebol reconheceu que um projeto de retorno dos torcedores aos estádios precisará ser administrado “porque o futebol não é o mesmo sem as torcidas”. Segundo o dirigente, esse plano deverá ser feito “de modo seguro e responsável e que siga as diretrizes e instruções dos governos e das autoridades de saúde”.

O Campeonato Alemão foi a primeira das grandes ligas europeias a ser reiniciada e as outras principais – Espanha, Grã-Bretanha, Itália – com exceção da França, já anunciaram as datas de retorno. Todas as partidas dos principais torneios não terão torcida.
“O futebol está de volta, ou prestes a retornar, em vários países. Isso traz esperança com relação ao futuro para todos nós e para os torcedores mundo afora. No entanto, é preciso entender e respeitar as diferentes decisões, particularmente aquelas tomadas por quem ainda necessita de mais tempo para assegurar-se de que o retorno às competições será feito de um modo seguro para todos”, avaliou Infantino na mensagem enviada às federações-membro.

Ainda que as principais competições de clubes seja a prioridade, Infantino garantiu que a Fifa não vai esquecer das seleções, do futebol feminino, dos campeonatos nacionais de divisões inferiores, além das competições juvenis e de base. A afirmação vale tanto para a organização do calendário quanto para o repasse financeiro.

“Devemos mostrar união em todos os aspectos do futebol e assegurar-nos de que o futebol possa ser retomado em sua globalidade. Esta é nossa prioridade, e nosso plano de assistência financeira também seguirá este princípio”, disse. “Queremos que o plano de assistência financeira tenha um amplo alcance e inclua também o futebol feminino, enquanto possa operar de forma moderna, eficiente e transparente”, completou o dirigente.

Brasileiro questiona retirada de ‘spray do juiz’ de regras do futebol

R7

Tido como um dos itens básicos no futebol profissional nos últimos anos, o spray para demarcação de barreira continua causando polêmicas. O brasileiro Heine Allemagne, inventor do utensílio, entrou com um novo processo contra a Fifa nesta sexta-feira (5), cobrando reconhecimento.

Segundo seus advogados, o spray, que chegou a ser incluído no livro de regras do futebol de 2016/2017 com equipamento do árbitro. No entanto, “as versões de 2018/2019 e 2020/2021 do mesmo documento suprimiram silenciosamente tal previsão”, informa o documento emitido pelos advogados de Heine.

O empresário, por meio da Spuni (nome da empresa que detém a patente do spray), questiona a atitude da Fifa: “Tal situação ainda mostra que o regramento máximo do futebol está sendo alterado de maneira silenciosa e estranha ao comportamento histórico e protocolar do IFAB/FIFA, sem qualquer publicidade, tendo como norte somente os seus próprios interesses, causando prejuízos a terceiros, como a SPUNI, e também à integridade e à reputação do esporte.”

Heine Allemagne detém a patente do spray no Brasil desde 2000, mas nunca obteve o reconhecimento da entidade: “A Fifa não reconheceu até hoje seu direito fundamental de ser reconhecido o inventor dessa ferramenta que revolucionou o futebol e tampouco respeitou os direitos decorrentes dessa patente. A Fifa também descumpriu os compromissos que assumiu com a SPUNI sobre o spray. Não bastasse, com claro intuito de retaliação, a Fifa ingressou na Justiça para impugnar a patente que foi concedida pelo INPI à SPUNI há quase 20 anos – a qual foi confirmada em outras duas oportunidades por aquele escritório oficial de patentes e por diversos outros países.”

Ele busca na Justiça o reconhecimento de seus direitos desde 2017.

Premier League pode ter jogos com público em setembro

Ig Esportes

A bola voltará a rolar na Inglaterra a partir do dia 17, com a retomada da Premier League. Por enquanto, as partidas acontecerão em estádios vazios. Mas os clubes da primeira divisão já estudam medidas para receber os torcedores, mesmo que em capacidade reduzida, no mês de setembro.

De acordo com o “Daily Mirror”, é certo que as nove rodadas restantes da temporada 2019/2020 acontecerão sem público, mas a ideia dos cartolas é programar o início da temporada seguinte para o fim de semana dos dias 12 e 13 de setembro, com algum espaço da arquibancada reservado para os fãs.

Fontes dos clubes ouvidas pelo jornal dizem que estão “cada vez mais confiantes” de que poderão receber torcedores nos jogos da temporada seguinte, embora esse tema ainda não tenha sido levado de maneira oficial às reuniões para o retorno dos jogos.

— Ninguém sabe quando os jogos mudarão do formato de portões fechados para o tradicional. Mas há otimismo de que a Premier League e os clubes verão os torcedores de volta aos estádios na próxima temporada, o que deve acontecer em fases — explicou Richard Masters, chefe da Premier League.

Enquanto isso, na Alemanha, o governo já alertou os fãs de que eles talvez só retornem às arquibancadas após o desenvolvimento de uma vacina contra o coronavírus. Na Espanha, por sua vez, há discussões para tentar viabilizar a presença de público nos jogos.

Confira a tabela primeira rodada da Premier League após a paralisação
17 de junho — quarta-feira:
Aston Villa x Sheffield — 14h
Manchester City x Arsenal — 16h15

Futebol na Bulgária retorna com público e gol de jogador brasileiro

Terra

O futebol voltou na Bulgária depois de três meses por causa da pandemia do coronavírus. Os dois jogos disputados, nesta sexta-feira, do Campeonato Búlgaro tiveram público nos estádios e gol de jogador brasileiro.

Os torcedores tiveram a orientação de praticarem o distanciamento social, respeitando uma distância mínima de dois metros nos estádios. Em alguns locais, os locais permitidos para os fãs eram intercalados por mosaicos com fotos de torcedores.

Em campo, as duas equipes que lideram a competição venceram. O Ludogorets, primeiro colocado, visitou o Levski Sofia e venceu por 1 a 0, gol do brasileiro Cauly Oliveira, no primeiro minuto da etapa final. No outro jogo, o Lokomotiv Plovdiv, em casa, derrotou bateu o Etar por 2 a 0.

Após 24 jogos disputados, o Ludogorets soma 58, contra 49 do Lokomotiv Plovdiv, que disputou um jogo a mais na competição.

Governo do Rio de Janeiro autoriza volta do futebol sem público a partir deste sábado

Globo Esportes

O governo do Rio de Janeiro autorizou a volta do futebol no estado a partir deste sábado. O decreto assinado pelo governador Wilson Witzel e publicado no fim da noite de sexta no Diário Oficial libera a reabertura gradual da economia, incluindo alguns setores do comércio e da indústria, assim como também a prática de esportes em alto rendimento.

A decisão do governo foi o passo que faltava para a retomada do Campeonato Carioca. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) já convocara os clubes da Série A do Estadual para a reunião do Conselho Arbitral, que acontecerá virtualmente neste sábado, às 15h (pelo horário de Brasília).

Na segunda-feira, a prefeitura do Rio anunciou medidas de flexibilização do isolamento social que preveem a permissão de jogos de futebol com 1/3 do público a partir de julho, e a utilização dos estádio do Maracanã (1/3 da capacidade, corresponde a 22 mil pessoas), São Januário (7 mil torcedores) e Nilton Santos (14 mil)..

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia