WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pmvc abrinq vitoria da sorte


vitoria da sorte

julho 2020
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  



drupal counter

:: 16/jul/2020 . 19:00

Globo vê rescisão no Carioca como oportunidade de alterar o calendário brasileiro, diz site

Uol

A briga entre Globo, Flamengo, Ferj, que resultou no rompimento da emissora com o Campeonato Carioca, pode resultar numa mudança no calendário brasileiro. De acordo com uma reportagem do UOL Esporte, a brecha deve iniciar discussões para a redução dos Campeonatos Estaduais, pauta que agrada a emissora há algum tempo.

Apesar de pagar uma quantia milionária pelos Estaduais, os torneios não dão mais tanto retorno quanto a Globo gostaria. Nem financeiro, nem de audiência. Principalmente com as grandes equipes deixando a competição em segundo plano para focarem na Libertadores ou Copa do Brasil, que se iniciam também no início do ano.

Durante dezembro e abril, período que acontece os regionais, a venda de pacotes de pay-per-view cai em larga escala. Isso reflete o desinteresse não só dos clubes, mas também dos torcedores. E o PPV é justamente onde a emissora angaria maior parte dos lucros.

Segundo a publicação do UOL, há dentro da Globo uma corrente que defende a ampliação do Campeonato Brasileiro para dez meses. Sendo assim, o principal torneio do país ocuparia todo o calendário, sendo disputado simultaneamente com os Estaduais, que consequentemente seriam realizados em datas menos importantes. A intenção é que os times de Série A e B só entrassem nas fases decisivas.

O vínculo da Globo com a Ferj pelo Campeonato Carioca tinha duração até 2024 e obrigava um número mínimo de 17 datas. Já o acordo com o Paulistão e com o Gaúcho vai até 2021 apenas. Portanto, a emissora planeja uma revisão dos acordos e uma possível revisão das fórmulas de disputa de ambas as competições.

Nos últimos 25 anos, Flamengo vence mais estaduais do que os rivais juntos

MSN

Se o futebol do Rio de Janeiro tem um dono nos últimos 25 anos ele é o Flamengo. O Estadual de 2020 foi o 13º vencido pelo clube da Gávea nos últimos 25 anos, enquanto Fluminense (3), Vasco (4) e Botafogo (5), juntos, somam 12 no mesmo período. Assim, o Rubro-Negro continua abrindo vantagem como o maior campeão da história do Rio: são 36 títulos do Carioca.

O Flamengo assumiu este posto com a conquista do Estadual de 2009. Na época, foi a 31ª taça do Carioca do Rubro-Negro, que deixou para trás o Fluminense, com 30. Até então, o Tricolor sempre havia ocupado o primeiro lugar deste ranking, desde a primeira edição do campeonato em 1906.

Publicidade
A hegemonia rubro-negra no futebol do Rio de Janeiro começou a ser desenhada em 1996, um ano após a fatídica decisão do Carioca do gol de Barriga de Renato Gaúcho, que garantiu o título do Fluminense diante do Fla.

1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011, 2014, 2017, 2019 e 2020: estes foram os anos que o troféu do Carioca foi para a Gávea desde então.

FPF anuncia datas e horários dos jogos do reinício do Campeonato Paulista

Terra

A Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou nesta quinta-feira a tabela da primeira rodada da competição a ser realizada depois da paralisação de quatro meses causada pelo novo coronavírus. O jogo inaugural do Campeonato Paulista será no estádio do Canindé, no dia 22, às 16h30, entre Ituano e Ferroviária. No mesmo dia, às 21h30, o clássico entre Corinthians e Palmeiras será disputado na arena corintiana.

O torneio ficará concentrado principalmente na capital e região metropolitana, para atender a determinação do governo estadual de só realizar partidas em cidades consideradas na zona amarela do plano de retomada das atividades. Os 12 jogos restantes da primeira fase serão distribuídos por São Paulo, São Bernardo, Barueri, Diadema, Osasco e Santos. Por isso, muitas equipes do interior não vão atuar dentro dos próprios estádios.

Um exemplo disso é o jogo que marca a retomada do Estadual. Na quarta-feira, às 16h30, o Ituano recebe a Ferroviária no estádio do Canindé, às 16h30. Horas depois, às 19h15, será a vez de o Santos receber na Vila Belmiro o Santo André. Já às 21h30, a rodada terá o clássico entre Corinthians e Palmeiras. O São Paulo joga só na quinta, ao enfrentar no Morumbi o Red Bull Bragantino.

Todas as partidas do Campeonato Paulista serão disputadas com os portões fechados, como medida de prevenção. Os jogadores têm sido testados com frequência e monitorados para evitar riscos de contaminação. O Estadual terá o encerramento no dia 8 de agosto, um dia antes do início do Campeonato Brasileiro. Assim, caso algum finalista esteja na Série A, terá a data da estreia no Nacional transferida para outro dia.

Confira os primeiros jogos do Campeonato Paulista
Quarta-feira, dia 22
16h30
Ituano x Ferroviária – Canindé
19h15
Ponte Preta x Novorizontino – Arena Barueri
Santos x Santo André – Vila Belmiro
21h30
Corinthians x Palmeiras – Arena Corinthians
Quinta-feira, dia 23
15h
Água Santa x Mirassol – Arena Inamar, em Diadema
17h30
Inter de Limeira x Oeste – Arena Corinthians
20h
Botafogo x Guarani – Primeiro de Maio, São Bernardo do Campo
São Paulo x Red Bull Bragantino – Morumbi

Grupo de 16 clubes da Série A faz manifesto de apoio à MP de direitos de TV

Uol

Um grupo de 16 clubes da Série A divulgará um manifesto de apoio à MP 984 que dá os direitos de transmissão ao clube mandante. No total, o grupo de times soma cerca de 40 times de todas as Séries do Brasileiro. A MP foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro após articulação do Flamengo. Pela Lei Pelé, os direitos de transmissão eram divididos entre os dois times. Com a MP, passaram a ser apenas do mandante. Isso já gerou uma disputa entre o Flamengo e a Globo no Carioca.

Entre os clubes que assinaram, Bahia, Palmeiras, Ceará, Fortaleza, Sport, Athletico, Coritiba, Reb Bull Bragantino, Atlético-MG, Atlético-GO, Flamengo, Corinthians, Goiás, Vasco, Santos e Internacional. Isso aumento o grupo de apoio à MP que já tinha o Flamengo e os oito times da Turner que já tinham ido a Bolsonaro e ao Congresso para manifestar apoio à medida.

Pelo texto do manifesto, pelo que o blog apurou, os clubes afirmam que os torcedores terão ganhos porque acabarão os apagões de jogos e aumentarão as receitas pelas transmissão. Assim, de acordo com os clubes, haverá mais geração de empregos e crescimento de impostos.

Não apoiaram o manifesto, portanto, quatro times da Série A: Grêmio, Fluminense, Botafogo e São Paulo.

Na campanha, os clubes vão divulgar em suas redes sociais o apoio ao manifesto. Há ainda uma estratégia de fazer lobby no Congresso para conseguir a aprovação da MP junto a deputados. Por enquanto, a lei está valendo como provisória e cairá se não houver aprovação.

COI confirma futebol masculino sub-24 nas Olimpíadas de Tóquio

Globo Esportes

O que já era esperado e foi muito ventilado nos últimos meses teve a confirmação oficial do Comitê Olímpico Internacional: o futebol masculino das Olimpíadas de Tóquio, agendadas para o ano que vem, poderá contar com atletas até 24 anos, esticando o tradicional limite de idade, fixado em 23 desde 1992.

Dessa maneira, o COI confirma que todos os jogadores de futebol que teriam a possibilidade de ser convocados para os Jogos Olímpicos em 2020 possam também em 2021. Para os brasileiros, notícia importante, já que onze atletas que estiveram no pré-olímpico, realizado em fevereiro deste ano, terão 24 anos em 2021.

Lucas Paquetá e Matheus Henrique foram os principais nomes daquela seleção, que foi vice-campeã da competição. Outros nomes, como atacante Gabriel Jesus e o volante Bruno Guimarães farão 24 anos em 2021 e também estão elegíveis.

É importante lembrar que a regra de convocar três atletas acima de 23 anos, algo liberado desde as Olimpíadas de 1996, segue vigente. Assim, Neymar pode, por exemplo, participar de sua terceira Olimpíada, já que foi vice-campeão em Londres 2012 e ouro na Rio 2016.

Goleiros: Cleiton e Lucas Perri
Zagueiros: Gabriel , Luiz Felipe e Lyanco
Laterais: Caio Henrique e Ayrton Lucas
Meio-campistas: Lucas Paquetá, Matheus Henrique, Maycon e Wendel

FBF cogita mudar formato do Campeonato Intermunicipal revela presidente

Bahia Notícias

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) estuda mudar o formato da disputa do Campeonato Intermunicipal. A revelação foi feita pelo presidente da entidade, Ricardo Lima, durante participação na live do Bahia Notícias desta quinta-feira (16). Devido a pandemia do coronavírus, a maior competição de futebol amador do Brasil deverá ser alterada para se adequar ao calendário, paralisado desde meados de março.

“Temos tranquilidade para ver como faremos o Intermunicipal num novo formato, pois o que vínhamos utilizando talvez não comporte no calendário que temos agora. Como vai até fevereiro de 2021, podemos aguardar mais um pouco para discutir um novo modelo lá na frente. Algumas ligas já informaram que não vão poder participar, por conta da pandemia que não terão ajuda das prefeituras, pois o dinheiro está sendo empregado na saúde. Vamos estudar todas as medidas possíveis. Acho que lá na frente poderemos fazer alguma coisa nova em breve. Vamos chamá-los para ouvi-los. Nossa intenção é dialogar com todos. Se acharmos que é viável, vamos fazer. Caso contrário optaremos pelo cancelamento. É um passo de cada dia com muita cautelo e segurança para fazer as coisas acontecerem no novo normal”, afirmou ao BN.

De acordo com Ricardo Lima, as atenções da FBF estão voltadas para o reinício do Campeonato Baiano, marcado para a próxima quinta (23) com a disputa da oitava rodada. A competição está suspensa há cerca de quatro meses e foi interrompida faltando duas jornadas para a definição da primeira fase.

“Nós temos hoje como meta a conclusão do Baiano, que se iniciou. Estamos dando um passo de cada vez para retomar as nossas atividades de forma normal. Nossa prioridade agora é a Série A do Baiano”, destacou.

Flamengo, Vasco, Atlético-GO e Goiás organizam torneio amistoso em Brasília

Globo Esportes

Flamengo, Vasco, Atlético-GO e Goiás planejam disputar um torneio amistoso em Brasília como forma de preparação para o Campeonato Brasileiro. A informação foi divulgada pela Rádio Sagres e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Adson Batista, presidente do Atlético-GO, e Marcelo Almeida, presidente do Goiás, confirmaram que foram convidados pelo Flamengo. Os dois clubes goianos aceitaram participar da competição.

As duas equipes cariocas ainda não confirmam a realização do torneio.

A competição seria disputada em uma semana entre os dias 26 de julho e 2 de agosto, logo antes do fim de semana de estreia da Série A. A ideia dos clubes é que todas as partidas sejam disputadas no estádio Mané Garrincha com portões fechados.

Se o Mané Garrincha não for liberado, outra opção é o Bezerrão, no Gama, que recebeu a Copa do Mundo sub-17 no ano passado.

Tanto Atlético-GO quanto Goiás têm amistosos agendados até o início do Campeonato Brasileiro. Se o torneio amistoso em Brasília for confirmado, os dois clubes farão alterações em suas agendas.

‘Streaming chegou para ficar, mas por enquanto é apenas um complemento da TV’, diz diretor do Ibope

MSN

A transmissão do futebol brasileiro deve passar por uma grande transformação nos próximos anos, é o que garantem os especialistas no assunto. Resta saber o que terá de positivo e de negativo nessas mudanças, principalmente quando o assunto for streaming, a transmissão de jogos ao vivo pela internet. O diretor-executivo IBOPE Repucom, José Colagrossi, acredita que é uma tendência que chega para ficar no Brasil, mas é preciso olhar para ela com cautela.

Em entrevista ao Estadão, o especialista em audiência e marketing esportivo afirmou que acha pouco provável que os jogos pela internet substituam as exibições pela TV. Qualidade do sinal, velocidade de internet e até o fato do usuário usar o celular como multitarefas estão entre os pontos que ele destacou. Colagrossi também projeta que haverá uma diminuição no valor dos direitos de transmissão com a “popularização” das transmissões para vários canais e mídias. Ele ainda destacou que se os clubes quiserem maior visibilidade, não podem jamais abandonar a televisão.

CBF doa carros zero km para ajudar clubes da Série C do Brasileiro em crise financeira

Globo Esportes

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) irá doar um carro zero quilômetro para cada um dos 20 clubes participantes da Série C do Campeonato Brasileiro. Sem liberar nova ajuda financeira como os clubes requisitaram, a entidade resolveu destinar os veículos fabricados por um dos patrocinadores para amenizar a crise enfrentada pela maioria dos times.

No documento enviado nesta quarta-feira, a CBF deixa cada clube livre para definir o destino do veículo, que pode ser utilizado para atividades do dia a dia ou ser vendido para o pagamento de contas. Cada veículo custa R$ 78.490,00.

Em abril a CBF havia destinado R$ 200 mil para cada um dos participantes da Série C do Brasileiro. Na última reunião com a entidade, os clubes tiveram o pedido de nova ajuda financeira negada, mas a promessa do presidente Rogério Caboclo de uma alternativa para amenizar a crise enfrentada pela paralisação do calendário.

Na última semana, a Série C do Brasileiro teve o início confirmado. De acordo com a CBF, serão 26 rodadas entre 8 de agosto e 31 de janeiro, atendendo ao pedido dos clubes. “Esta temporada marca a estreia do novo sistema de disputa da competição, aprovado por todos os 20 clubes participantes no Conselho Técnico de março deste ano”, destacou o texto do site da CBF.

FBF segue protocolo da CBF e abre credenciamento de imprensa para o Baianão

FBF

Está aberto o credenciamento de imprensa para os jogos da retomada do Baianão 2020. Como anunciado anteriormente, a Federação Bahiana de Futebol seguirá, integralmente, o protocolo divulgado pela CBF para a Copa do Nordeste.

Como determinado pela entidade nacional, só poderão trabalhar no gramado os cinegrafistas e profissionais da área técnica das empresas detentoras dos direitos de transmissão da competição. A intenção é evitar aglomeração e possibilitar segurança e controle.

O narrador e o comentarista da TV ficarão na arquibancada, nível superior central. Já os repórteres da TV serão posicionados na arquibancada, nível do gramado. No intervalo e após os jogos, eles poderão acessar o gramado para entrevistas com o microfone à distância.

Os fotógrafos serão limitados em dez profissionais por partida. Eles serão posicionados na arquibancada, nível do gramado. Para profissionais de jornais, sites e TVs não detentoras dos direitos de transmissão será reservada a arquibancada, nível superior à esquerda, também com limite de dez pessoas por jogo.

Já para os profissionais de rádio foi reservada a arquibancada nível superior à direita. Das rádios serão aceitos até dez profissionais, no total, sendo um de cada emissora.

As entrevistas coletivas pós-jogos só serão permitidas por videoconferência, com início em até 30 minutos após o encerramento da partida.

Todos os profissionais credenciados e aprovados passarão por teste de temperatura e, uma vez indicada a situação adequada, receberão a credencial para trabalhar no estádio. Eles serão conduzidos pelo supervisor de imprensa até o setor indicado para cada função.

A página de credenciamento do BAIANÃO fica localizada no portal fbf.org.br, logo abaixo do FALE CONOSCO. Basta clicar em “CREDENCIAMENTO” e em seguida escolher a competição, rodada e a partida. Para dúvidas, entrar em contato por meio do e-mail comunicacao@fbf.org.br.

CREDENCIAMENTOS FEITOS ANTES DA PARALISAÇÃO DO BAIANÃO NÃO SERÃO ACEITOS. OS PROFISSIONAIS DEVERÃO REALIZAR UM NOVO CADASTRO. :: LEIA MAIS »

Rabello fala sobre o que espera da Juazeirense no retorno ao Baianão

Bahia Esportiva

O treinador Carlos Rabello deu uma declaração exclusiva ao Bahia Esportiva comentando sobre o retorno da Juazeirense ao Campeonato Baiano após a pausa devido a Covid-19, ele destacou: “A dificuldade de se preparar com apenas 10 dias para o reinício do campeonato, além da falta de ritmo e do tempo curto, que faz com que seja necessário pular etapas, uma grande preocupação são as lesões musculares.

O atleta que tiver uma lesão, mesmo de grau menor, dificilmente terá condições de retornar à competição”. Ele destacou também que o clube fez exames nos atletas e membros da comissão técnica para controle da doença dentro do grupo.

Faltam duas rodadas e o Cancão de Fogo está há um ponto do 4° colocado, o Vitória. Para finalizar a primeira fase a Juazeirense receberá o Vitória da Conquista na quinta, dia 23, às 16h e visitará o Bahia de Feira no domingo 26 de julho.

Em apenas seis dias, estádios baianos receberão 17 jogos

Correios

A bola vai voltar a rolar na Bahia a partir do próximo dia 21 e os gramados do estado serão palco de uma intensa maratona. Em apenas seis dias, 17 jogos serão disputados em oito praças esportivas da capital e do interior, válidos pelas fases classificatórias do Campeonato Baiano e da Copa do Nordeste. As fases finais dos torneios ainda reservam outros 14 duelos em estádios baianos.

A princípio, o Joia da Princesa e a Arena Cajueiro vão abrigar três disputas cada, em Feira de Santana. O estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, o Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista, e o Valfredão, em Riachão do Jacuípe, sediarão um jogo cada, assim como o Centro Esportivo Praia do Forte, em Mata de São João. A Fonte Nova funciona atualmente como hospital de campanha no combate à covid-19 e não será utilizada.

Em Salvador, as partidas acontecerão em Pituaçu e no Barradão. Como são as principais praças esportivas disponíveis no estado, é certo que sediarão não apenas os jogos das fases classificatórias dos torneios, mas também das decisivas e estão cotadas para serem cenário do desfile das taças. Para aguentar o cronograma intenso, precisam estar com os gramados em perfeitas condições.

O estádio rubro-negro é o que vai receber o maior número de jogos nesse primeiro momento. Serão quatro, dois pela Copa do Nordeste e dois pelo Campeonato Baiano. Além disso, é o único que vai ser usado por três dias seguidos: 21, 22 e 23 de julho.

Após manutenção feita durante a pandemia, quando as atividades na Toca do Leão foram paralisadas por três meses, o gramado do Barradão está pronto para o desafio. “O gramado passou nesse período por um processo de revitalização e está perfeito, com total condições de atender todos os jogos”, garante o gerente de manutenção do Vitória, Sérgio Roberto de Souza.

Diretor geral da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), Vicente Neto diz o mesmo sobre o gramado de Pituaçu. “Foi feita adubação em algumas áreas que precisavam ser feitas, nada fora do normal, e hoje o gramado está em perfeita condição. A gente fez uma vistoria hoje (quarta-feira, 15) pela manhã. O novo corte foi feito da grama, choveu muito nesse período, então ficou bom em termos de resultado. Teremos uma competição com um gramado que é um tapete”, afirmou.

O dirigente garante que Pituaçu está apto para receber outros jogos além dos três que estão agendados para esse primeiro momento – um do Nordestão e dois do estadual – e conta que, para além do gramado, outras áreas do estádio ganharam manutenção.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia