WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  



drupal counter

:: ago/2020

Com gol no clássico, Dodi, do Fluminense, é eleito o Cara da Rodada do Brasileirão

CBF

Pela primeira vez no Brasileirão Assaí 2020, o Cara da Rodada é do Fluminense. Em votação realizada nas redes sociais oficiais do Brasileirão, o meia Dodi foi eleito o maior destaque da sexta rodada do campeonato. Ele foi o autor do gol que abriu a vitória do Flu por 2 a 1 sobre o Vasco, no sábado, no Maracanã.

O responsável pelo segundo gol tricolor na noite de sábado também entrou na Seleção do Torcedor. Após marcar pela primeira vez desde que retornou ao Fluminense, o atacante Fred é um dos dois homens de frente da equipe, que também tem Gabriel Barbosa, do Flamengo.

O Rubro-negro, aliás, foi o clube com mais representantes na escalação: foram quatro. Além de Gabigol, também foram selecionados o goleiro Diego Alves, o volante Thiago Maia e o lateral esquerdo Renê, que jogou improvisado e ganhou a vaga na direita do time.

A escalação foi completa com jogadores de Internacional e São Paulo e com o técnico Rogério Ceni, do Fortaleza. Confira como ficou a Seleção do Torcedor na 6ª rodada: Diego Alves; Renê, Cuesta, Diego Costa e Moisés; Dodi, Thiago Maia, Hernanes e Thiago Galhardo; Gabriel Barbosa e Fred. Téc: Ceni.

A escalação foi definida com os votos dos torcedores no Twitter oficial do @brasileirao. A sétima rodada já será neste meio de semana. Acompanhe de perto e fique ligado para deixar seu voto na próxima Seleção do Torcedor!

Globo cobra CBF e exige o fim da lentidão do VAR

R7

Rodam pelo mundo as imagens do goleiro do Botafogo, Gatito, chutando o VAR, após a derrota do Botafogo para o Internacional, no sábado.

Os árbitros de vídeo no Brasil estão conseguindo desmoralizar o VAR.

As principais reclamações são as demoras excessivas, inexplicáveis, já que o método de análise é igual no mundo todo.

Para piorar as coisas, por aqui, os árbitros estão repassando decisões que seriam suas no gramado, para o vídeo.

A cúpula da Globo já estava incomodada com a situação. As reclamações já eram muitas.

O chute de Gatito na aparelhagem, que deverá custar seis jogos de suspensão, foi um alerta.

Mas a gota d’água foi ontem.

Na partida entre Santos e Flamengo.

Foram quase dez minutos para duas análises do VAR sobre dois gols ilegais do Santos.

A partida estava sendo mostrada para quase todo o Brasil, pela emissora carioca.

Com exceção de Pernambuco, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

O vexame comandado pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio, esperando, pateticamente, a decisão do VAR não passou em branco.

E teve consequências, além da invasão do gramado por parte dos dirigentes do Santos, Pedro Doria e Matheus Rodrigues, membros do Comitê de Gestão do Peixe, e Jorge Andrade, gerente de futebol.

“Tiraram dois gols nossos.” “O VAR está tomando conta dessa merda.”” Eles querem mandar no jogo.” Foram frases que o árbitro relatou que ter ouvido, aos gritos.

Vitória do Flamengo sobre o Santos bate recorde de audiência na Globo

Isto É

A “TV Globo” registrou a maior audiência com futebol aos domingos, em 2020, durante a vitória do Flamengo sobre o Santos, na Vila Belmiro, por 1 a 0. A emissora do Rio de Janeiro registrou 24 pontos de audiência e 47% de participação entre os telespectadores.

A partida ainda foi a maior audiência do Brasileirão 2020, em comparação com jogos em outros dias da semana e recorde aos domingos desde 24/11/2019, com Palmeiras x Grêmio pelo Campeonato Brasileiro (25 pontos e 44% de participação).

Durante a partida, o Flamengo venceu o Santos por 1 a 0 neste domingo (30), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, na Vila Belmiro. O gol da vitória rubro-negra foi marcado pelo atacante Gabriel, aos 53 minutos de um primeiro tempo marcado por uma arbitragem polêmica, que anulou dois gols do Peixe.

Brasileirão 2020 tem 68% mais paradas para uso do VAR em comparação com a edição de 2019

Globo Esportes

Considerados os primeiros 54 jogos disputados no Brasileirão, houve em 2020 um acréscimo de 68% no número de vezes em que as partidas foram paralisadas para consulta do VAR na comparação com o ano passado (de 84 paralisações de jogo em 2019 para 141 paralisações em 2020). O tempo médio consumido por essas paralisações cresceu apenas 3% (de 1min40s para 1min43s), mas o crescimento das intervenções, houve um crescimento de 74% no total de tempo parado para consulta ao videoárbitro (de 139 minutos no ano passado para 242 minutos neste ano).

Com uma lupa maior sobre a arbitragem, no Brasileirão 2020 houve também um crescimento no número de vezes em que os árbitros mudaram as decisões iniciais de campo. No ano passado, em 54 jogos foram mudadas 26 decisões e neste ano, foram alteradas 32 decisões, alta de 23%. O maior crescimento está nos lances em que a decisão inicial do árbitro foi mantida após a paralisação do VAR (de 58 paralisações passou para 109, alta de 88%).

– Está muito claro para mim que o árbitro de campo não está bem preparado, ele está dependente da ferramenta do VAR. O árbitro brasileiro perdeu o conceito do que é falta. O mesmo árbitro que apitava os jogos sem o VAR e tinha um ótimo conceito sobre o que era e não era falta, hoje não tem mais. O posicionamento, a mecânica de arbitragem, a forma de apitar o jogo… A cartilha foi abandonada em detrimento da ferramenta. Me parece que a CBF capacitou e treinou muito mais só para o VAR. Vale destacar que a CBF não forma árbitro. Quem forma árbitro são as federações. A CBF só aperfeiçoa. E as horas de treinamento para o vídeo foram muito maiores do que as horas para treinamento de campo de jogo. Na Série B vejo árbitros apitando bem. Na Série A deixam de marcar faltas. Neste fim de semana teve uma entrada do Nino Paraíba no Lucas Luma que não tem como o árbitro não ver. Não marcou falta, não deu amarelo, mas era uma jogada para cartão vermelho. É um erro muito grave de um árbitro Fifa (Bruno Arleu de Araújo) – afirmou o comentarista de arbitragem do esporte da Globo Sálvio Spinola.

– O número de mudanças de decisão por erros claros é uma das formas para avaliar o desempenho da arbitragem. Este ano, temos seis mudanças de decisão por rodada (ano passado, eram cinco). É um número alto quando comparado a padrões internacionais (três mudanças a cada dez jogos). A paralisação por conta da pandemia atrapalhou bastante o ritmo dos árbitros e também dos jogadores, que estão fazendo mais faltas, por exemplo. O VAR precisa ainda de alguns ajustes no que diz respeito a critério de chamada do árbitro. Mas isso não é só no Brasil, mas no mundo inteiro. A origem dos erros no Brasileirão não está no VAR, mas na falta de treinamento contínuo para os árbitros. Afinal, o VAR ganha outra dimensão quando o árbitro erra no campo. Não se pode exigir excelência de quem não treina diariamente no campo de jogo. Enquanto essa realidade da arbitragem brasileira não mudar, as consequências serão sentidas em campo. Reclamar quando acontece o erro é jogar para a torcida – afirmou o comentarista de arbitragem do esporte da Globo Sandro Meira Ricci.

Confira os duelos da terceira fase eliminatória da Champions League 2020/21

Super Buzz

A semana já começou agitada para os amantes do mundo do futebol! Na manhã desta segunda-feira, 31, a UEFA sorteou a terceira fase eliminatória da Champions League.

Ao todo, serão oito jogos, divididos em dois ‘caminhos’. O caminho dos clubes, que são os que venceram ligas domésticas e o caminho das ligas, que são os vencedores dos torneios nacionais.

Os jogos acontecerão entre os dias 15 e 16 de setembro, no esquema de partida única. Não se foi detalhado o horário e a data de cada partida, mas, sabe-se que seguirão os mesmos moldes da mais recente Champions League.

Os vencedores desta fase encaminharão passagem para os playoffs da competição, que é a última fase antes de iniciar a fase de grupos oficial. Os que cairem neste momento, terão as vagas reservadas nos playoffs da Liga Europa.

Confira as partidas:

Caminho dos campeões
Ferencváros (HUN) x Dínamo de Zagreb (CRO)
Qarabag (AZE) x Molde (NOR)
Omonia (CYP) x Estrela Vermelha (SER)
Midtjylland (DIN) x Young Boys (SUI)
Maccabi Tel-Aviv (ISR) x Dinamo Brest (BLR)

Caminho das ligas

Dínamo de Kiev (UCR) x AZ Alkmaar (HOL)
Gent (BEL) x Rapid Viena (AUT)
PAOK (GRE) x Benfica (POR)

Conquistense Marielson Alves comanda Fluminense-RJ e Atlético-GO, pela Serie A

Da Redação

O árbitro conquistense Marielson Alves Silva vai comandar o confronto entre Fluminense e Atlético-GO, que acontece na noite desta quarta (2), as 19h15, no estádio do Maracanã, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Serie A.

Ele será auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira. O quarto árbitro será o carioca Philip Georg Bennett;

O Fluminense-RJ é o quarto colocado com dez pontos. Enquanto o Atlético-GO é o lanterna com apenas quatro pontos.

Treinador do Vitória da Conquista será apresentado ao elenco nesta segunda-feira (31)

Da Redação
Foto Luciana Flores

Desembarcou no final da manhã do último sábado (29), no Aeroporto Glauber Rocha, o novo treinador do Vitória da Conquista, Joaquín Monastério. Ele foi recepcionado pelo presidente Ederlane Amorim, que deu as boas vindas.

Em entrevista ao site do time o novo comandante do Bode diz está motivado para assumir a função: “Estou muito motivado para esse desafio e juntamente com todo o grupo, com o apoio da diretoria, iremos buscar o acesso à próxima divisão do Campeonato Brasileiro”, disse Joaquín.

O treinador será apresentado ao elenco na manhã da próxima segunda-feira, no treino que será realizado no estádio Edvaldo Flores. Após a apresentação, ele dará sequência no trabalho iniciado pelo auxiliar técnico Guilhermino Lima e pelo preparador físico André Borges.

Sorteio da quarta fase da Copa do Brasil 2020 será na terça-feira

Globo Esportes

O sorteio que vai definir os jogos da 4ª fase da Copa do Brasil 2020 vai acontecer na próxima terça-feira (1º), no auditório da CBF, no Rio de Janeiro, às 11h30 (de Brasília), com transmissão em www.cbf.com.br. O CRB é o representante de Alagoas na competição.

O sorteio da quarta fase da Copa do Brasil tem pote único, ou seja, qualquer confronto entre os participantes é possível. Os classificados para esta fase são: América-MG, Atlético-GO, Botafogo, Brusque, Ceará, CRB, Fluminense, Juventude, Ponte Preta e Vasco.

Logo em seguida ao sorteio das partidas, serão sorteados os mandos de campo dos confrontos. Esta é a última fase antes da entrada dos times que participam da Libertadores e dos campeões da Copa do Nordeste, da Série B e da Copa Verde.

Países europeus permitem abertura de arenas para torcedores e já avaliam expansão

Isto É

Por enquanto distante da realidade brasileira, a presença de público nos jogos na Europa já é realidade. A Bielorrússia, por exemplo, não chegou a fechar os portões em nenhum momento e no fim do próximo mês a Uefa vai realizar a primeira partida internacional com espectadores. A disputa da Supercopa da Europa entre Bayern de Munique e Sevilla, em Budapeste, terá torcedores até no máximo 30% da capacidade do estádio.

No fim de semana anterior o governo inglês autorizou a presença de um público de 2,5 mil pessoas no amistoso entre Chelsea e Brighton como um teste. As pessoas precisaram sentar em locais previamente marcados e usar máscaras o tempo todo. Na França, a autorização é para ter no máximo cinco mil torcedores por vez. O Campeonato Alemão debate com autoridades locais voltar a abrir os estádios em novembro.

Em ligas menores, a autorização para reabrir os estádios veio há alguns meses. A Hungria liberou o público em maio, com a restrição de espaço de três assentos entre uma pessoa e outra. A Eslováquia teve o aval do governo em junho para receber somente 500 pessoas por jogo, número que a cada mês poderá ser ampliado de acordo com avaliação das autoridades médicas.

Na Rússia a torcida também se faz presente. O país permite que cada estádio receba 10% da capacidade. O atacante brasileiro Allef Andrade defende o Baltika Kaliningrad, da segunda divisão, e diz ser melhor jogar para poucas pessoas do que para cadeiras vazias. “Para quem joga é bem melhor ter os torcedores no estádio. É uma força a mais, um apoio a mais. Para mim é muito agradável ter torcida, nem que seja só 10%. Isso tem sido muito importante para nós”, contou ao Estadão.

O time de Allef manda os jogos na moderna Arena Kaliningrado, construída para a Copa do Mundo de 2018. Ele é um dos artilheiros do time e afirma que, mesmo com os portões abertos, as pessoas têm conseguido frequentar o local com a devida segurança. “Tem funcionado de uma forma bem positiva. Os torcedores têm seguido os protocolos, como máscara, álcool em gel e distanciamento social. As pessoas respeitam bastante, porque querem ir ao estádio ver os jogos.”

CBF e médicos pedem cautela no estudo da volta do público aos estádios

MSN

Depois da longa paralisação do calendário pela pandemia e do retorno das competições com os portões fechados, o futebol brasileiro vive a expectativa do próximo passo da retomada gradual das atividades. O retorno da torcida aos estádios já é tema debatido entre os clubes, porém ainda distante quando se trata da liberação das autoridades. Tanto médicos como a própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF) consideram prematuro estabelecer prazos para a reabertura dos portões.

“Todas as atitudes da CBF em relação à pandemia têm como base a proteção da saúde, tanto dos profissionais do esporte, quanto da população em geral. A entidade agiu sempre em consonância com as autoridades de saúde, seja na suspensão das competições, seja na retomada obedecendo a um rígido protocolo. A volta do público aos estádios será tratada da mesma forma”, disse ao Estadão o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

O Estadão apurou que a discussão sobre o retorno do público já está em pauta entre alguns clubes. A ideia é avaliar o impacto de uma presença reduzida de torcedores, com cerca de 25% da carga de ingressos, para garantir o distanciamento social. O modelo de abertura do estádio, com limite de pessoas, já foi aplicado em alguns países europeus. No Brasil, o assunto tem sido debatido de forma discreta, até porque qualquer avanço nessa área depende de aval médico.

O retorno do público aos estádios interessa aos clubes para diminuir os gigantescos prejuízos que vieram com a pandemia. Em alguns jogos da Série A, as equipes chegam a ter gastos de até R$ 100 mil com taxas de arbitragem, impostos, funcionários ou aluguéis dos estádios. O dinheiro movimentado pelas partidas representa em períodos normais uma fatia importante do orçamento. :: LEIA MAIS »

Jornal coloca jogador do Flamengo como substituto ideal de Messi

IG Esportes

Com a provável saída de Lionel Messi do Barcelona , o jornal espanhol “Marca” fez uma lista de jogadores considerados pela publicação como “ideais” para substituir o jogador argentino.

O atleta do Flamengo , Arrascaeta foi lembrado pela publicação como um possível substituto para o craque.

Além do uruguaio, nomes como Neymar (PSG), Paulo Dybala (Juventus), Bruno Fernandes (Manchester United), Timo Werner (Chelsea) e Jadon Sancho (Borussia Dortmund) também estão presentes.

O jogador uruguaio tem 26 anos e chegou ao Flamengo no ano passado.

Ao lado de Bruno Henrique e Gabigol , Arrascaeta formou um trio de ataque extremamento poderoso na equipe comandada por Jorge Jesus , que conquistou o Brasileiro e a Libertadores .

Neymar diz à revista do PSG que fica para ir à final da Champions de novo e ganhar

Globo Esportes

Se aumentam as informações sobre a saída de Messi do Barcelona no início da janela de mercado de verão na Europa, Neymar trata de fechar qualquer ventilação de novos ares para si. Em entrevista exclusiva para a revista mensal do Paris Saint-Germain, publicada nesta segunda-feira, o atacante brasileiro reafirma à torcida do seu clube que fica na próxima temporada.

– Vou ficar no PSG na próxima temporada. Fico com a ambição de chegar à final da Liga dos Campeões novamente, e desta vez ganhá-la. Gosto da ideia de fazer tudo ao meu alcance para colocar meu nome nos livros de história do clube – disse Neymar.

Para promover a entrevista nas redes sociais, a revista destacou e usou a expressão em espanhol que entrou para a história em 2017, quando o zagueiro espanhol Piqué compartilhou foto ao lado de Neymar e botou na legenda que o craque ficaria no Barcelona, a despeito dos rumores da negociação que o levou para o PSG. Agora, é o brasileiro que mostra a diferença entre o clube espanhol e francês, de força econômica, organização e, sobretudo, suporte à pressão:

“Hoje nós temos um clube forte”
– Cheguei a um estágio em que acho normal ter que viver sob toda essa pressão, não só é normal, mas eu amo isso também! – disse Neymar, complementando:

“Gosto de desafios, tempos complicados, adversidades, realmente me sinto muito confortável com tudo isso”

De folga desde a derrota para o Bayern de Munique na final na Liga dos Campeões, no domingo retrasado, Neymar postou no último fim de semana registros do passeio que faz em Ibiza com seus amigos. A reapresentação do PSG está marcada para quarta-feira que vem. A estreia do time no Campeonato Francês é só no dia 10 de setembro, diante do Lens, depois da interrupção do calendário para os jogos de seleções europeias pela Liga das Nações.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia